• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    10 motivos para não fazer a dieta metabólica – Pt3

    A dieta metabólica é uma dieta voltada a pessoas que querem perder gordura. Porém será que compensa utilizar este tipo de dieta? Saiba aqui – Pt3

    O artigo de ontem listou diversos motivos que vários de nós desconhecíamos sobre a dieta metabólica. O de hoje é uma continuação do mesmo, portanto termine de ler.

    Continue lendo os motivos de não fazer uma dieta metabólica!

    [ad#2]7 – Efeito rebote

    O corpo humano realmente é muito inteligente e, por mais que muitas vezes o subestimemos, ele sabe o que está fazendo. E não seria diferente com uma restrição a carboidratos.

    Veja: Seu corpo é adaptado para trabalhar com glicose e, assim, em sua falta (principalmente por questões que o cérebro funciona unicamente com glicose) a tendência será armazenar energia o mais rápido possível, pois, o corpo ente que a carência pode trazer algum dando ou prejuízo. Ok, então, comecemos a dizer que o metabolismo torna-se um tanto quando mais lento para realizar essa função. Mas, como se não fosse suficiente, qualquer estímulo de glicose, será rapidamente transformado em estoque (o que não for utilizado, claro), porém, com uma velocidade muito maior e muito mais eficaz. Logo, o sujeito realmente perde 1, 2 ou 10kg no primeiro mês (grande parte por conta da água, afinal, a proporção de ligação de 1g de glicogênio, faz-se com 3g de água). O grande problema é que ao voltar a uma dieta (mesmo que equilibrada) a tendência seja reter muita água e, principalmente ganhar peso muito rapidamente. Então, porque não tentar uma reeducação alimentar coerente?

    8 – Músculo também se volumiza com glicogênio

    Quando comemos carboidratos, o corpo os utiliza para conversão em energia livre e, claro, armazenamento em forma de glicogênio e, quando em excesso, em forma de tecido adiposo. O glicogênio garante as reservas energéticas de curto prazo do corpo, enquanto o tecido adiposo, as de longo prazo.

    Como sabemos, o músculo é composto por proteína e água. Então, seria lógico que músculo poderia ser formado se ingeríssemos apenas estes dois grupos. Ok, não é assim que acontece! Músculo necessita da retenção e da presença de outros nutrientes extremamente importantes, como o glicogênio. Na verdade, ele é o grande responsável pelo tamanho do músculo, sendo o músculo responsável apenas por armazená-lo para seu consumo. Quanto mais glicogênio o músculo puder armazenar para satisfazer suas necessidades, maior significa seu tamanho. E… Como aprendemos, glicogênio vem de onde mesmo?

    9 – Rendimento no treino

    Será mesmo que proteínas e lipídios são responsáveis por um aumento de performance no treino? Certamente não!

    Bem, podemos citar, por exemplo, o grande mito do MCT (fácil digestão e absorção), no qual comprovadamente, mesmo fornecendo energia em kcal ao corpo, não expressa benefícios no desempenho atlético. Quem dirá então os outros lipídios Mesmo fornecendo mais do que o dobro de energia por grama do que carboidratos, os lipídios não possuem boas vias metabólicas para essa finalidade em nosso corpo, fazendo com que seu uso não seja extremamente eficaz. Gordura, na verdade, é armazenada como energia pelas características moleculares mais estáveis do que quando comparada ao glicogênio, seja muscular ou hepático.

    Proteína então, muito menos servirá como energia, pois suas vias metabólicas para energia em si são extremamente complexas e resultam em compostos prejudiciais como a já citada amônia.

    Aliás, alguém já viu algum fisiculturista de elite restringir carboidratos antes do treino? Certamente não, pois eles são os reais geradores de energia.
    O ideal é que sejam consumidos carboidratos coerentemente, afim de aumentar a o desempenho com os pesos.

    10 – Restrição de micro-nutrientes

    Além, é claro, de restringir o macro-nutriente carboidratos, acabamos, quando fazemos a DM, restringindo alguns micro-nutrientes extremamente importantes como o potássio e o cálcio. Estes íons, por exemplo, participam de maneira importante e eficaz na contração muscular, na medida em que para a despolarização do neurônio (no caso do A-M-Neurônio) que participa da sinapse, necessitará que íons de potássio sejam carreados para dentro da célula. Assim como o cálcio, grande responsável pela ligação com a troponina (que encontra-se com a tropomiosina) fazendo assim com que o sítio de ligação da actina fique exposto, afim de permitir o acoplamento da cabeça de miosina na mesmas. ATPs são quebrados e aí está a contração muscular.

    Mas, onde mesmo encontramos fontes eficazes de cálcio? Em derivados de leite, também proibidos na dieta metabólica. Aliás, devemos saber que este não é o principal problema, pois, o íon é tão importante que o corpo consegue ter armazenamento do mesmo… Aonde mesmo? Nos ossos!! E para que esse cálcio seja utilizado, é necessário a liberação de um hormônio chamado paratormônio, produzido pela paratireóide que, simplesmente, descalcifica (ou retira íons de cálcio) dos ossos… O resultado, não precisa nem ser comentado, não é mesmo?

    Por fim, quero dizer que dieta significa hábito. Fazer dieta é ser equilibrado e não simplesmente optar por não comer mais isso ou aquilo. Seu hábito necessariamente é bom? Não! Pois bem, fazer dieta vai além do que ter “qualquer hábito”, mas sim, ter o hábito correto. Por isso, fuja dessas balelas e milagres de dietas.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    10 Comentários

    1. Betão Marcatto 2 semanas atrás
    2. Richard Rodrigues Chaves 2 semanas atrás
    3. Gilson 3 anos atrás
    4. gustavo 3 anos atrás
    5. Rodrigo 4 anos atrás
    6. Elias Reis 4 anos atrás
    7. Rodrigo 4 anos atrás
    8. Bruno 5 anos atrás
    9. Alex Coimbra 5 anos atrás
    10. Marcos Velten 5 anos atrás


    /* */