• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    9 Passos para desenvolver um treinamento de força muscular

    Aprenda a fazer um treinamento de força:

    dicas para um bom treinamento de força muscular

    Comprar Whey Protein Feminino

    Nesse artigo, vamos conhecer 09 passos básicos para começar um treinamento de força muscular, afim de evitar lesões e obter melhores resultados.

    Vamos conhecer princípios e dicas básicas para iniciar um treinamento de força. Neste artigo, dicas básicas são dadas a você leitor…

    [ad#2]1 – Desenvolva flexibilidade primeiramente;

    2 – Fortaleça os tendões e ligamentos para prevenir lesões no futuro.

    3 – Antes de desenvolver os membros, dê maior atenção ao tronco para gerar melhor estabilidade e fixação.

    4 – Varie entre pesos livres e máquinas, para gerar mais estímulos. Se é iniciante, é preventivo que começe com máquinas, pela segurança que oferecem.

    Cupom de Desconto DDM

    5 – Multiarticular X monoarticular – Neste caso, multiarticular gera uma divisão entre o trabalho das aritculações na execução do exercício, promovento maior intensidade e carga. Nos exercícios monoarticulares, não há divisão e o estímulo torna-se específico. O primeiro caso, geralmente é usado para músculos grandes e exercícios compostos e o segundo para músculos pequenos e exercicios isoladores.

    6 – Variabilidade é importante, pois o músculo adapta-se a apenas um estímulo. É inteligente mudar o treino a cada 45 dias em média.

    7 – De maneira geral, devemos realizar os exercícios primeiramente para os grupos grandes grupos musculares, seguidos por grupos médios. Em dias que ambos os tipos musculares são trabalhados, 3-4 exercícios para músculos grandes e 1-3 para músculos pequenos.

    8 – Descanso entre as sessões de treinamento são muito importantes, dando atenção para músculos que solicitam outros. Por exemplo, o peito que solicita o tríceps em um supino, por exemplo.

    9 – Dieta balanceada, perseverança e consciência são importantes para prevenir, melhorar e chegar ao objetivo final.

    Conclusão:

    Seguindo passos curtos, você consegue obter bons resultados e, de maneira satisfatória em seu treinamento de força.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon



    /* */