• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    A importância de se traçar metas e objetivos na musculação

    Ter metas e objetivos dentro da musculação é bastante importante para que não haja erros e nem frustrações. Conheça algumas metas simples, para que você possa começar a organizar seus objetivos.

    A musculação, enquanto estilo de vida (ou filosofia) é algo igualmente gratificante e frustrante. Gratificante, pois à medida que você segue os protocolos corretos e obtêm gradativamente resultados isto também o impulsiona para frente. E frustrante, pois quando isto não ocorre no suposto “tempo esperado” é imensamente desestimulante. Infelizmente, este não é um esporte grato. Tudo, absolutamente tudo, que você fizer – e aqui se incluem quaisquer desvios, fraquezas e falhas durante o protocolo traçado – terá impacto em seus resultados. Esta é uma grande verdade que muitas pessoas maquiam ou, simplesmente, não querem admitir. É dura, mas é verdade. Contudo, para quem realmente está habituado com o pilar dos três “Fs” (Força, Foco e Fé) sabe como tirar isto de letra. E quem não está? Como fazer para contornar esta frustração com a falta de resultados rápidos e realmente passar a compreender a musculação? Bom, é isto que tentaremos discutir neste artigo, sobre a importância de se traçar objetivos na musculação.

    Conheça a importância de se traçar metas e objetivos dentro da musculação

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Após um ano e três meses de treino sério, os resultados começaram a aparecer – visualmente falando. E, na academia, deparo-me quase todos os dias com novatos que questionam coisas como “o que você está tomando?” ou “há quanto tempo você treina?” ou mesmo “como faz para ficar nesse corpo igual o seu?”. Questões normais, que eu também fazia na época que comecei às pessoas maiores. E partindo do princípio de que se aquele “novato” está ali na academia, buscando um corpo melhor, é o primeiro passo eu normalmente costumo responder com tranquilidade todas estas dúvidas. Basicamente, resultados consistentes na musculação vêm de três pilares básicos: dieta, treino e metas. Esta é outra verdade inconveniente, pois é muito mais fácil falar que veio de um “suplemento x” ou apenas de um “treino y” ou de uma “dieta z” ou do mero uso de esteróides anabolizantes.

    E então chegamos ao ponto central deste artigo: que é discutir a importância do foco e de metas reais (graduais) para que você se firme dentro deste esporte. Como todo “relacionamento” é comum em determinados momentos nos desestimularmos, sobretudo diante de resultados não tão bons. Todavia, para contornar este problema, basta seguir alguns passos. Vejamos…

    1. Crie metas graduais e possíveis

    Isto não é novidade para ninguém, mas as pessoas insistem em negligenciar esta etapa. Se você está começando, não seja drástico ao ponto de querer cortar tudo (no sentido da dieta) do dia para a noite, ou simplesmente começar a curtir páginas no facebook e falar termos como “cutting”, “bulking”, “shape”, “frango”, “pump” para cima e para baixo achando que está abalando. Se o seu objetivo é obter um corpo melhor, comece por coisas simples. Diminua a ingestão de refrigerantes durante a semana, limite as bebidas alcoólicas aos finais de semana, diminua a ingestão de gorduras de doces. Enfim, trace metas que sejam possíveis e não muito drásticas.

    Cupom de Desconto DDM

    Conforme for observando o impacto destas pequenas mudanças em seus resultados, certamente estará apto a avançar em outras metas mais avançadas. O mesmo vale quando de busca um corpo melhor. Não é do dia para noite que você vai perder 10 quilos de gordura, ou ficar “gigante”. Ao menos não em circunstâncias normais. Então, seja sincero consigo mesmo e coloque dentro do seu planejamento perder cerca de 500g por semana.

    Perceba bem, a lógica aqui empregada é fazer com que você vá traçando metas graduais, ou seja, conforme você for evoluindo tende a buscar novos horizontes. É como aquela velha máxima de “coloque 1 kg a mais na barra a cada novo treino”, é mais ou menos isto: evolua lentamente, porém nunca deixe de evoluir!

    2. Monitore seus ganhos

    Outro ponto de negligência e extremamente importante. Muitas pessoas sequer fazem o controle de seus ganhos, medidas, limitando-se a pesar-se na balança, quando esta é uma das medições mais frágeis dentro do bodybuilding. Além de seguir a dica número um, de traçar objetivos, é importante periodicamente fazer medições e verificar as mudanças no seu corpo. Por quê?

    Primeiro para observar quais são os pontos de deficiência e, a partir deles, você poder direcionar seus objetivos. Por exemplo, se você percebe que nos últimos dois meses não teve um ganho satisfatório nas coxas, a despeito do resto do corpo, é sinal que aquele é um ponto que você precisa trabalhar. Segundo, porque através do monitoramento você vai poder ter acesso aos ganhos, mesmo pequenos ou sensíveis, e isto certamente o motivará adiante.

    Exemplos de metas e objetivos durante um ano todo

    Para realizar o monitoramento, trace um intervalo de tempo base – por exemplo, os dois meses que coloquei ali em cima –, compre uma fita métrica e vá marcando em uma agenda ou numa tabela no computador. Desde modo, você sempre poderá ver a sua evolução conforme os meses forem passando.

    3. Compartilhe seus resultados e ouça críticas

    Não é raro vermos dentre dicas para questões semelhantes às apresentadas aqui uma que fala sobre a importância de um diário de treino. Um local para você armazenar e compartilhar o seu dia a dia. E é realmente muito importante e motivador partilhar de seus avanços, suas dúvidas, conquistas e até as coisas ruins. Portanto, a mesma dica vale: crie um diário de treino. Pode ser um arquivo no word, um diário físico (papel e caneta) ou em algum fórum, blog ou site.

    Além disso, publique fotos periodicamente e compartilhe com alguns amigos, pergunte como está, busque críticas (construtivas) e seja autocrítico. Se olhe mais no espelho e avalie os seus pontos fortes e fracos.

    Portanto, pessoal, tenha em mente que o processo de evolução é algo lento e gradual. Mantenha seu foco, monitore seus resultados e compartilhe com seus amigos.

    Bons ganhos!

    Artigo escrito por um leitor do Dicas de Musculação. Thiago Vieira é jornalista, tem 23 anos e é entusiasta do fisiculturismo como estilo de vida.

    2 Comentários

    1. Ísis Rafaela 4 anos atrás
    2. Tel Caetano 4 anos atrás


    /* */