• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Água de coco como um bom repositor de eletrólitos

    A água de coco pode ser um bom aliado na reposição de nutrientes durante a prática da musculação!

    Quando praticamos atividades físicas, em especial, mas também em situações de alta temperatura externa, os fluídos perdidos pelo são resultados de autorregulação térmica do corpo mediante ao estresse em que é submetido. Entretanto, a perda desses fluídos pode resultar em uma fadiga precoce no exercício físico, uma queda de rendimento e, em casos extremos acarretar problemas relacionados ao bem-estar do esportista ou atleta. Desta forma, a hidratação é papel fundamental em qualquer modalidade não só para auxiliar nessa performance, mas, para garantir segurança durante o exercício físico, na medida em que casos de desidratação podem gerar uma real pane no metabolismo, levando, em casos extremos até mesmo a morte.

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Os drinks esportivos e as bebidas repositoras para atletas são uma classe de bebidas direcionadas a praticantes de atividades físicas de diversas modalidades que tem como principal objetivo a reposição rápida de eletrólitos como o sódio, potássio e o cloreto, aliada muitas vezes a reposição energética também por meio de carboidratos de rápida digestibilidade e consequentemente absorção como a glicose, em sua forma pura, a maltodextrina e a frutose. Estes compostos são vendidos em supermercados e podem ser comprados por qualquer indivíduo. Entretanto, me parece um tanto quanto paradoxal vender um “suplemento repositor” livremente, enquanto para se obter “suplementos compensadores” ou “suplementos proteico-compensadores”, “aminoácidos” ou outros é necessário ir em lojas específicas de tal finalidade, ou as famosas “lojas de suplemento”. Mais do que isso, vou além: A creatina é um suplemento que foi durante anos proibido, no entanto, sem o menor respaldo técnico-científico, mas, com o simples argumento de que sua utilização supostamente poderia ocasionar danos renais e hepáticos. Agora, pergunto a vossos amigos: E o excesso de eletrólitos? Não poderá comprometer muito mais a função renal e, além disso, causar retensão hídrica, podendo ocasionar problemas cardiovasculares como a pressão arterial elevada? Mais do que isso: Será que o excesso de glicose e carboidratos simples nessas fórmulas não poderiam a longo prazo induzir problemas relacionados ao aumento de gordura corpórea, sensibilidade à insulina reduzida e consequentemente aumento da prevalência de dislipidemias? É algo a se pensar…

    Essas bebidas normalmente são comercializadas como isotônicos. Entretanto, devemos saber que bebidas isotônicas, na verdade, muitas vezes podem não ser eficazes para uma boa reposição. Isso porque, quando perdemos nutrientes do corpo, simplesmente ingerir uma bebida com a “mesma concentração”, ou “iso” não será suficiente para repor essas perdas, sendo então muitas vezes necessária uma solução hipertônica, ou seja, de maior concentração.

    Além das bebidas convencionalmente conhecidas no mercado e de alguns suplementos alimentares, algumas bebidas naturais também tem sido observadas, na medida em que possuem quantidades significativas de muitos desses nutrientes que necessitam de reposição. Uma delas é a famosa água de coco, extremamente apreciada pelos brasileiros.

    Cupom de Desconto DDM

    A água de coco é uma bebida rica em potássio, sódio, cloreto, além de possuir naturalmente vitaminas que servem como nutrientes antioxidantes. Mas será que a água de coco possui eficácia para a hidratação humana e para esportistas de elite ou será que as melhores opções ainda são as industrializadas, manipuladas ou feitas especificamente para atletas?

    Um estudo realizado nos EUA submeteu 12 homens treinados a 60 minutos de desidratação através do exercício físico. Esse grupo foi dividido em subgrupos que receberam apenas água, água de coco, água de coco concentrada e um Sport drink contendo carboidratos (destes que conhecemos tradicionalmente nos supermercados). Após isso, foram realizados testes através da urina dos voluntários para calcular seus níveis de reposição de eletrólitos e também de hidratação.

    Ao que se tinha em mente, as bebidas repositoras deveriam apresentar um maior índice de eficácia, visto que elas eram tecnologicamente projetadas para essa finalidade. Porém, poucas diferenças foram observadas entre as bebidas, sendo que a água de coco concentrada apresentou maior índice de reeidratação (retensão de fluídos), principalmente na primeira hora após o exercício físico, seguida pela água de coco e, só então pelas bebidas repositoras. A água, como de esperado, realmente foi a que menos repôs fluídos, entretanto, também não ficou muito atrás das outras bebidas.

    Mas então, o que podemos concluir disso tudo? Bem… Creio que em primeiro lugar, a conclusão que podemos tirar disso tudo é a respeito da utilização de suplementos alimentares (pois bebidas repositoras também são suplementos) no lugar de opções naturais e de alimentos, que muitas vezes possuem propriedades muito mais interessantes do que os próprios suplementos. Muitos costumam achar que, simplesmente porque determinado composto possui um rótulo bonito, uma apresentação bacana e um nome extravagante que promete algo, o mesmo terá mais funções ou funções melhoradas do que alimentos sólidos. E, verdade seja dita: Realmente em momentos oportunos, os suplementos alimentares tem papel fundamental e mais vantajoso, mas, ao que vejo é que na maioria dos momentos, o alimento ainda apresenta melhor vantagem, além de ser mais barato, possuir menores riscos de superdosagens e/ou intoxicações e, de quebra trabalhar com os quesitos organolépticos do indivíduo de maneira muito mais natural e primitiva que é o que vem faltando em nossa sociedade e é também o que em muitos casos desencadeia diversos problemas relacionados a aceitabilidade de determinados tipos, grupos (de) ou alimentos específicos.

    Em segundo lugar, podemos tirar de conclusão óbvia que, para os que desejam gastar menos com bebidas repositoras podem optar pela boa e velha água de coco que, dependendo do local em que você se encontrar praticando atividades físicas que necessitem de reposição, como a praia, por exemplo, será muito mais fácil disponibilizar-se deste bem natural.

    Entretanto, vale a pena lembrar e salientar:

    Vejo frequentemente pessoas que consomem bebidas repositoras frequentemente e, muitas delas se quer estão praticando algum tipo de atividade física no momento, ou seja, utilizam esse tipo de bebida como uma espécie de suco ou água.

    São poucos os indivíduos que realmente necessitam de reposição de eletrólitos e de glicose durante o exercício físico. O excesso do consumo desse tipo de bebida pode ocasionar diversos malefícios como retensão hídrica, aumento de gordura corpórea (pela presença dos carboidratos), sobrecarga renal, aumento da pressão arterial, entre outros. Por isso, atente-se a real necessidade que deve ser orientada SEMPRE por um bom profissional.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    4 Comentários

    1. Felipe 4 anos atrás
    2. Alex 4 anos atrás
    3. luciano 5 anos atrás
    4. Gabriel 5 anos atrás


    /* */