• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Alguns alimentos quais você deveria evitar em sua dieta

    Conheça os motivos para que você evite na sua dieta certos alimentos.

    Existem muitos alimentos no mundo. Alimentos os quais gostamos, que não gostamos, mas, comemos por necessidade, alimentos que não suportamos nem sentir o cheiro e, claro, alimente que, simplesmente, não vivemos sem.
    Obviamente, tudo isso se deve ao fato de nossas preferências e necessidades individuais, as quais são designadas frente a nossa cultura, nossas condições fisiológicas, nossos hábitos, disponibilidade (especialmente financeira), entre outros. E esses hábitos mudam de pessoas para pessoas, mudam até mesmo na própria pessoa com o decorrer da sua vida e, entre as décadas e gerações, também se modificam.  Muitas das coisas que, por exemplo, eram apreciadas no passado, hoje já não são mais, como, muitas das coisas que eram consideradas relativamente saudáveis, hoje também não são.

    alimentos-evitar-na-dieta

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Ainda, temos que levar em consideração as questões microbiológicas do que estamos ingerindo: A qualidade e procedência dos alimentos, a forma de manipulação (preparo), o armazenamento entre outros. É ineficaz que tenhamos todos os cuidados nutricionais, mas, não tenhamos os cuidados microbiológicos. Para se ter noção de quão sério isso é (inclusive, levar a morte), 99% das pessoas que sofrem algum tipo de intoxicação alimentar, NÃO DÃO BAIXAS em hospitais, simplesmente, por não saber qual o motivo daquela intoxicação.

    ENCONTRE: Os melhores suplementos vendidos no Brasil!

    Diante disso, para otimizar resultados não só na musculação, mas, na saúde, é interessante que conheçamos não só alimentos extremamente benéficos ao corpo, mas ainda, alimentos considerados não tão interessantes para o corpo. Portanto, hoje falaremos a respeito de alguns deles e os porquês deles não serem tão interessantes de serem consumidos.

    BAIXE DE GRAÇA: E-book com 20 Receitas Fitness e Saborosas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura!

    1 – Leite não pasteurizado

    O leite é um ótimo alimento, sem sombra de dúvidas. Ele possui vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas com um dos mais altos valores biológicos para o ser humano entre outras propriedades. No passado era um alimento ainda melhor, ou seja, ainda mais vantajoso de ser consumido. Porém, essa vantagem foi se perdendo ao longo do tempo com a má qualidade da matéria-prima. Para isso, um francês chamado Louis Pasteur, em 1864, criou a Pasteurização, que é um processo usado até hoje para eliminar bactérias de alguns alimentos, como leite, sucos  etc. Esse processo eleva a temperatura do alimento rapidamente e, ao mesmo tempo, abaixa rapidamente essa temperatura, fazendo com que as bactérias em sua grande parte morram e as propriedades dos alimentos continuem próximas as normais.

    leite não pasteurizado

    O leite sem esse processo de pasteurização tem 150 vezes mais chances de infectar pessoas quando comparado ao leite pasteurizado, bem como seus derivados.

    Portanto, sempre verifique se leite, sucos e outros alimentos são pasteurizados.

    2 – Carne mal passada (quaisquer)

    As carnes cruas sempre foram consumidas no passado, pelo homem das pedras entre outras gerações passadas. Porém, vamos convir que as qualidades, os modos de vida e, claro, a disponibilidade eram totalmente diferentes das que temos hoje em dia. O próprio metabolismo humano mudou de tal forma que muitas pessoas se quer conseguiriam comer carne crua, apesar dela estar presente em muitas preparações como o Kibe Cru árabe, o prato francês Beef Tartare entre outros.

    Cupom de Desconto DDM

    Há muitas pessoas que gostam de uma carninha de churrasco sangrando. Outras, nem passam perto. Porém, existem muitas culturas onde a carne é consumida crua ou até mesmo mal passada. A verdade é que, para que ela seja consumida, há uma altíssima necessidade de procedência. Além disso, contaminações cruzadas entre outras, podem ocorrer.

    carne mal passada

    Apesar de quanto mais sangue tiver na carne vermelha, maior ser seu teor de ferro heme e vitaminas do complexo B (especialmente a cianocobalamina), o custo benefício desse consumo, não vale a pena.

    3 – Brotos germinados Crus (soja, feijão etc)

    Brotos crus estão normalmente ligados com contaminação por Salmonela, a mesma bactéria que habita o intestino de aves e, consequentemente infecta o ovo. Especialmente a semente desses brotos apresenta um auto grau de contaminação, portanto, seu bom cozimento, em temperatura e tempos adequados é mais do que indicada e fundamental.

    brotos crus germinados

    Além de todos esses fatores, especificamente a soja fermentada, por exemplo, não é um alimento com um bom teor nutricional, sendo, portanto, não recomendado seu consumo.

    4 – Ovos crus

    Ovos os quais consumimos são típicos de aves que, possuem em seu intestino naturalmente, a bactéria Salmonella, que nos é tóxica e pode nos matar. Assim, quaisquer ovos de aves (sejam quais forem elas) tem salmonela em sua casca. E é por isso que evitar a contaminação da casca para com o ovo o máximo possível é mais do que recomendado.

    ovo_cru

    Talvez ainda existam pessoas que acreditem que ovos crus tem melhor digestão (não tem), que eles tem maior valor biológico (não tem) ou que ainda, são mais práticos de serem consumidos crus. Entretanto, ovos crus deveriam ser considerados CRIMES no consumo alimentar, inclusive, nas orientações da ANVISA, ovos JAMAIS devem ser consumidos crus em estabelecimentos públicos, sendo que, seu processo de cocção deve ser por 15 minutos em água fervente, ou em 7 minutos colocando os ovos antes da água ferver (ainda fria) ou, mais precisamente até atingir 74ºC em seu centro geométrico. Além disso, preparações como maioneses ou que usam ovos crus, devem SEMPRE SER FEITAS COM OVOS PASTEURIZADOS (ressaltando a importância desse processo para garantir uma boa segurança alimentar).

    Assim, se você acha prático consumir ovos crus, lembre-se de sempre usar os pasteurizados.

    5 – Ostras e moluscos crus

    Intoxicações alimentares por pescados são muito vistas, especialmente  frutos do mar. Com o aumento dos micróbios nas águas do mar, é óbvio que esses animais lá presentes também acabam sendo contaminados e, por escala, quando os consumimos sem o devido preparo, também podemos nos contaminar.

    ostra cru

    Portanto, pescados, especialmente os frutos do mar como ostras, moluscos, camarões e outros, devem SEMPRE ter boa procedência e serem bem preparados. Jamais saia comendo os mesmos pelas praias como muitos fazem.

    Aprenda Como Você Pode Destravar a Queima de Gordura Utilizando um Método de Desintoxicação do Corpo. CLIQUE AQUI e Descubra Como Você Pode Emagrecer por Apenas R$ 97,00

    Conclusão:

    Se preocupar apenas com as questões nutricionais dos alimentos torna-se vago visto a importância das questões microbiológicas, que são essenciais para a saúde.

    Portanto, atente-se sempre ao preparo e consumo alimentar, bem como à sua procedência.

    Bons treinos.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    Um Comentário

    1. Jessica 9 meses atrás


    /* */