• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Aprenda a pensar como um fisiculturista – Pt3

    Aprenda a pensar como um fisiculturista e ache os erros em seu treino e dieta, assim melhorando seus ganhos musculares – Pt3

    Comprar suplemento ZMA da Xcore Nutrition

    Tudo bem, eu não pedi a pizza! Foi só uma brincadeira de momento…

    Mas vamos lá… O que quero dizer é que nos importamos muito com o momento e esquecemos de ter mentes de gigantes. Queremos um corpo no qual nossa mente não consegue acompanhar. E o resultado, acaba sendo frustrante.

    Muitos se preocupam com micro-detalhes e esquecem dos macro. Querem um corpo grande, mas se prendem a pensar como mosquinhas ou modelinhos que não podem ganhar uma gordurinha aqui ou ali. E é aí que mora o grande perigo!

    Aqui vale até salientar a mentalidade que o treinador Hany Rambod colocou na mente de Jay Cutler. Em poucas palavras, ele explica que Jay nos anos antes do Olympia de 2008-2009 estagnou justamente pelo “medo de comer” ou medo de entrar em off gigantesco. Jay se preocupava tanto com qualidade que não visava o macro. Quem assistiu o DVD FST-7, deve lembrar com certo humor das partes em que Hany levava Jay e Phil para comer em redes de Fast Food e os entopia de comida, explicando que era necessário que aquilo fosse feito para o corpo e para a mente também. E, realmente necessário!

    Vemos vídeos e vídeos de profissionais que comem uma coisinha ou outra e treinam por horas e horas… E muitos tentam fazer igual… E que doce ilusão…
    Mas tudo bem, o problema não é seguir ou não vídeos de profissionais, porque a muito tempo eu sabia que esse não era o caminho correto.

    Sempre soube que é necessário comer, comer, comer, comer, descansar, comer, comer, comer, treinar, comer, comer, descansar para atingir um corpo esculturalmente grande. Mas se eu sabia de tudo isso, o que será que faltava então, no meu planejamento, visto que eu estava com uma dieta “adequada” e um treino coerente ao meu objetivo?

    O que faltava, era força de vontade para ir além do que o que eu acreditava ser impossível. E vocês fazem idéia do que estou falando?

    Se não, deixarei mais claro:

    Cupom de Desconto DDM

    Lembram-se que eu expliquei que meu treinamento havia mudado de maneira coerente, que minha dieta estava altamente calórica (inclusive sendo adicionadas porções de hipercalórico durante o dia) e equilibrada e mesmo assim os resultados continuavam relativamente fracos perto do que eu esperava? Pois bem… Então… Sabe qual era o real problema? Eu ainda não conseguia ter um pensamento não de um gigante, mas de um Deus! Pensar como gigante, talvez é o que me motivava a fazer tudo o que estava fazendo, passando mal ao comer, comer e comer… Mas eu precisava pensar como um Deus. Ir além do que era humano. Foi justamente nesse instante que decidi que, se quero atingir um objetivo realmente representável, era necessário abrir mão de muitas coisas: Esquecer o percentual de gordura por um tempo, visar um objetivo a um prazo mais longo, mas com resultados melhores, esquecer que estômago tem limite e, principalmente, começar a agir como um animal. Esquecer até mesmo aquele desconforto infernal que me causa comer demais (sim, eu realmente me sinto péssimo quando estou dilatado após uma refeição)…

    Gordo? Quem está gordo? Estou em construção, estou em progresso! – Falem o que quiserem!

    Quando o estômago estiver dilatado e doendo, que se dane! Logo passa!
    Quando não couber mais frango com batata, como batata com frango e imagino ser um delicioso doce de goiaba! Quando não couber mais água por cima da comida, bebo-a do mesmo jeito!

    Quando parecer que o estômago vai estourar, que se dane! Ele é elástico!
    É… Realmente é preciso esquecer o lado humano, ser animal e pensar como um Deus! Ser gigante é ter, em primeiro lugar, uma mente gigante!

    Coloque a mão na mente quando for reclamar de falta de resultados (assim como eu que acreditava estar realmente em offseason com 5000 calorias) e veja se você está agindo certo ou pensando certo… Veja se realmente você está fazendo por merecer… Isso faz uma grande diferença no final das contas…

    Reflitam!

    Primeira parte do artigo: Aprenda a pensar como um fisiculturista – Pt1

    Segunda Parte do artigo: Aprenda a pensar como um fisiculturista – Pt2

    Artigo escrito por Marcelo Sendon!

    11 Comentários

    1. Betão Marcatto 3 semanas atrás
    2. João Victor 4 semanas atrás
    3. rodrigo 2 anos atrás
    4. Arthur C. 4 anos atrás
    5. Leandro Moribe 5 anos atrás
    6. alexandre barboza 5 anos atrás
    7. Marcelo Naves 5 anos atrás
    8. Marcos Velten 5 anos atrás
    9. e.jR 5 anos atrás
    10. Marcos Velten 5 anos atrás
    11. Marcos Velten 5 anos atrás


    /* */