• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Aprenda 4 dicas fundamentais para se manter em uma dieta

    Conheça algumas dicas para que você possa se manter na dieta e não cair em tentações ou em erros que levarão a ruína de suas conquistas.

    Iniciar uma dieta realmente não é algo fácil e para muitos é um longo processo de adaptação que ocorre gradualmente de acordo com o que a pessoa consegue realizar, ou seja, gradativamente ela vai mudando seus hábitos para que seu corpo e sua mente não entrem em um real “parafuso”. Se por um lado, iniciar uma dieta é algo bastante complicado, mais difícil ainda é manter-se dentro dela. Observamos que não é incomum ver pessoas se propondo e iniciando seus novos protocolos alimentares, entretanto quantos são os que conseguem dar continuidade a ele? Na primeira semana, tudo bem… Na segunda, começa pesar a mente, mas ele se mantem firme… Na terceira, uma escapadinha… Na quarta, o início feito e depois vem um deslize aqui, outro ali… E a pessoa acaba perdendo seu rumo e seu foco.

    dicas-para-manter-dieta

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    Porém, apesar disso ser um fato evidente, devemos nos perguntar: Mas então, como conseguirei me manter dentro de algo que, talvez eu não goste tanto de fazer? Como posso tornar as opções mais viáveis a mim? Acho que o primeiro ponto é torna-se consciente. Ter a noção de que esse algo que não gosta é necessário para se chegar ao objetivo em que quer é o primeiro ponto. Sem ele, de nada adiantará as dicas que iremos dar ao longo deste artigo. E é justamente isso que iremos discutir um pouco neste artigo, quatro importantes dicas preciosas as quais você deve atentar-se para manter-se na dieta e em busca de seus objetivos.

    1- Aceite suas falhas na dieta e procure corrigi-las

    A primeira etapa para corrigir algo é identificar o erro, ou seja, através da identificação do que está havendo de errado, aonde está errado e porque está errado é que torna-se possível prosseguir com a correção dessas falhas.

    Todos nos cometemos erros e deslizes e isso é humano. Porém, identificando o erro ou os erros, você tem a obrigação de corrigi-los e não persistir nos mesmos.

    arruinar-dieta-com-ma-alimentacao

    Por exemplo, se você não consegue ficar longe de uma cervejinha, então evite locais onde possuem muitas pessoas bebendo ou mesmo que estimulem você a consumir a mesma. Se o seu problema é não se controlar na comida, então evite rodízios. Se os problemas são os doces, então evite a gôndola de doces do supermercado! Se os problemas são os refrigerantes, comece a entender a importância e o prazer que há em outras bebidas como chás, a própria água ou algum refresco diet/light.

    É importante elaborar as próprias estratégias a fim de corrigir os próprios erros, afinal estes são individuais e merecem as devidas atenções para não arruinar seu esforço e seus êxitos.

    2- Aceite que a perfeição não é algo realista

    Muitas pessoas querem ser perfeitas e na realidade isso é um grande mérito. Porém, o ser humano NÃO é perfeito e muitas das coisas que o cercam também não.

    Há momentos em que você não poderá manter-se 100% pelas condições locais ou outros fatores. Há momentos em que você talvez tenha que comer um pouco diferente em uma refeição, pois está em uma ocasião especial. Há momentos onde você precise dormir um pouco mais tarde… E assim por diante. Obviamente, isso não é algo que deva acontecer sempre, mas esporadicamente, e é por isso que não há sérios problemas nisso. Na verdade, o problema maior está em tornar isso um hábito.

    dieta-perfeita-frango-grelhado

    Você também deve dar-se ao luxo de puder, de maneira consciente, burlar um pouco protocolos extremos. Se mesmo atletas profissionais fazem isso por conta de aspectos mentais, imagine quem não tem intuitos competitivos? Viver dentro de uma prisão é ter um embate próprio entre o fazer e o não fazer, e isso pode ser muito mais prejudicial (e de fato é) do que o equilíbrio em si.

    Dê-se ao luxo de sair de vez em quando a noite para comer algo diferente, garanta sua vida social, sem abusos, é claro, deixe de treinar naquele dia que você está sem as mínimas condições (treinar sem estar com capacidades físicas e mentais em dia não trará benefício algum), mas ao mesmo tempo mantenha o foco nos seus objetivos para que isso não vire pretextos para o relaxo.

    Cupom de Desconto DDM

    3- Não saia cortando nutrientes da dieta!

    Há muitas pessoas que são contraditórias: em prol de uma “nutrição saudável” deixam de garantir a real saúde ao corpo, uma vez que esse requer fontes e nutrientes suficientes para seu funcionamento adequado. Isso quer dizer que essas ondas de não ingerir alimentos com glúten, não ingerir sódio, não ingerir lactose, não ingerir isso ou aquilo só tem a fazer seu corpo perder, seja em resultados, em versatilidade alimentar e em saúde.

    Além de muitos desses cortes serem desnecessários e infundamentados, eles podem representar grandes malefícios para a saúde. A retirada de alimentos com lactose, por exemplo, representará na retirada de leite e da melhor fonte de cálcio para o corpo humano. A retirada de glúten pode tirar a adição de alimentos riquíssimos em fibras e vitaminas do complexo B, como o macarrão (seja tradicional ou integral), alguns pães, alguns cereais a base de trigo, entre outros. Deixar de ingerir sódio, pode ser inconveniente ao balanço hídrico do corpo, à contração muscular, à tonicidade muscular, a síntese de glicogênio, entre outros.

    restrição alimentar, sem glúten e sem lactose

    É ainda mais engraçado ver que muitos desses cortes são tão infundamentados que uma pessoa que NÃO é intolerante à lactose deixa de consumir alimentos “com lactose” e passa a consumir alimentos “sem lactose”, como queijos e leites que tenham adição de lactase. Ora! Na realidade ela só está ingerindo a mais a própria enzima que seu corpo mesmo produz. O mesmo processo que ele faria naturalmente, será feito por essa enzima, ou seja, a lactose em si entrará no corpo e será hidrolisada, por enzimas endógenas ou exógenas em glicose e galactose.

    A ausência de glúten entram em substituições farinhas de arroz, féculas de mandioca, batata e outros tantos alimentos com impacto glicêmico alto e muito pobres em fibras alimentares, vitaminas e sais minerais etc.

    Portanto, seja vasto na alimentação. Dê ao corpo o que ele necessita. Isso lhe ajudará nos resultados, na saúde e no bolso também, afinal manter dieta com “sal do Himalaia” é pedir para gastar dinheiro de bobeira.

    4- Construa hábitos e não momentos passageiros

    Ouro grande erro da maioria das pessoas ao iniciar quaisquer planejamentos em sua vida, é propor algo grande demais para aquele momento sem se importar com as condições de realizações. Isso não quer dizer que você não deva sonhar alto, ou algo dessa natureza, muito pelo contrário. Entretanto, passo a passo você deve propor alcançar esses objetivos e não tudo de uma vez.

    É fundamental que uma pessoa consciente mantenha-se disciplinado para que possa atingi seus objetivos. Entretanto, somos humanos e necessitamos também compreender a nós mesmos.

    dieta-ou-reeducacao-alimentar

    Basicamente, você deve propor sonhos, mas durante esse percurso deve propor pequenas realizações as quais são possíveis naquele momento. Por exemplo, alguém que sonha em construir uma casa, ter uma família, viver bem, ter sua empresa e um carro de luxo, primeiro precisa trabalhar, depois namorar, casar, ter filhos, construir sua família, juntar dinheiro, construir a tão sonhada casa, trabalhar, comprar seu carro, além de manter sua família, depois formar seu próprio negócio, ir se desvinculando de trabalhar para terceiros até ser totalmente independente em sua renda. Da mesma forma, se você sonha com um corpo dos deuses, por exemplo, ou mesmo sonha em emagrecer um pouco, você deve se preocupar, naquele instante com o que deve fazer e não simplesmente focar no objetivo final, pois na maioria das vezes, ele irá requerer tempo, dedicação, esforço e trabalho duro!

    Tipicamente, pessoas que possuem essa vontade gigantesca e apenas sonham com o máximo, caem em protocolos extremistas os quais serão muito prejudiciais pelas restrições inúmeras e na maioria das vezes irão desistir. Assim, criando hábitos diários, com mudanças diárias, você verá que um “todo” será bem mais fácil de ser conseguido, sendo esse muito mais eficaz do que, simplesmente, momentos que passarão muito rápido.

    Conclusão:

    Podemos ter em mente que alguns passos fundamentais podem auxiliar a manter o foco em protocolos dietéticos. Entretanto, é necessário disciplina, dedicação, força de vontade e adequações com o meio o qual você vive. De nada adiantará criar protocolos extremos e que o restrinjam demais sem se importar com sua humanidade, suas vontades e com a criação de hábitos.

    Boa alimentação!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    Um Comentário

    1. André Gerbelli 1 ano atrás


    /* */