• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça alguns benefícios não estéticos da musculação

    Descubra neste artigo como a musculação pode promover outros diversos benefícios, além de estéticos e funcionais.

    “Vá para o ginásio, cale sua boca e treine!” (…) Quantas vezes não me deparei ou mesmo disse essa frase? E se você é um atleta ou pratica musculação de maneira levada a sério, muito provavelmente já vivenciou essas palavras ou mesmo já expressou…

    Muito se fala sobre o uso de musculação para melhorar o corpo, seja deixando-o mais ativo e funcional (melhorando o sistema circulatório, cardiorrespiratório, o sistema endócrino, a captação e aproveitamento de energia pelo metabolismo, melhorando a síntese proteica, prevenido a sarcopenia etc) ou melhorando quesitos estéticos (aumentando a massa muscular, reduzindo o percentual de gordura corpórea, delineando a musculatura esquelética etc).

    resultados-sociais-na-academia

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Porém, atuais visões trazem também a musculação como possibilidade para ser aplicada em inúmeros outros fatores com outros objetivos.  E são justamente essas novas finalidades que fazem com que seu crescimento seja cada vez maior no mundo inteiro, deixando-a cada vez mais de longe, como o esporte mais procurado e por hora, praticado no mundo todo.

    Portanto hoje, prepare-se para entender como a musculação pode ajudar você ou ainda, como você pode fazer com que ela ajude alguma pessoa próxima a você, sem considerar apenas melhoras físicas.

    1- Melhora nos relacionamentos sociais

    Existem muitas pessoas as quais fogem de ciclos sociais, pelos mais diferentes motivos possíveis: Depressão, falta de autoestima, decepções na vida ou consigo mesmo(a), características pessoais, crises de identidade entre outros. O fato é que quantas e quantas vezes não se vê por aí pessoas as quais estão rodeadas por infinitas pessoas, mas, se sentem sozinhas ou mesmo estão, de fato sozinhas por não terem pessoas ao seu lado?

    Não quero parecer dramático, mas, as depressões vêm acometendo cada vez mais diferentes pessoas e cada vez mais cedo. Assim, a prática da musculação pode ser  usada para auxiliar alguns desses indivíduos a terem uma socialização melhor… E claro, não estou falando daquela jovem ou daquele garotinho que passam o tempo todo conversando com um ou com outro na academia, portanto, depois de 2h ainda não conseguiram chegar nem na metade de seus treinamentos.

    Porém, estrategicamente, algumas pessoas podem fazer vínculos de amizade ou coleguismo nos ginásios. Podem conhecer pessoas as quais estejam passando por situações próximas ou iguais as dela e ainda, que querem dar seu ouvido amigo e ceder bons conselhos.

    amigos-academia-1

    Pensando nisso, é fácil ver que a musculação pode trazer essa interação social: Qual o problema de conversar com alguém do lado enquanto está em um exercício cardiovascular moderado? E qual o problema em fazer uma brincadeirinha com o seu instrutor quando ele vai te explicar algo novo ou corrigir você? Desde que você não esteja badernando a academia ou mesmo interferindo nos treinamentos dos ouros, não há nada mal em se socializar. Aliás, os benefícios são tão grandes que quantas vezes não conheci pessoas que criaram vínculos tão fortes em ginásios que fizeram amigos eternos ou ainda, conheceram sua cara-metade?

    Pois bem, lembre-se que a musculação não tem como principal foco se socializar, mas, ela pode ser uma estratégia muito útil para esse fim se for, claro, submetida a um bom uso.

    2- Interação de pessoas da mesma idade

    É comum estudarmos que existem alguns grupos de pessoas que se tornam isolados e cada vez mais, do mundo e de si mesmos. Como exemplo disso, podemos citar o público da terceira idade, o qual começa a ser “marginalizado” da sociedade e passa muitas vezes a ser esquecido.

    Essas pessoas já estão sofrendo crises de identidade pela evolução da idade, até que se estabilizem em idades avançadas, mas, juntando toda essa exclusão social, passam a se sentir “lixos” ou deixados de lado.

    E não há ninguém para melhor compreender isso do que pessoas de suas próprias faixa-etárias.

    atividade-fisica-para-idosos-2

    Para o jovem, é fácil ir para um ponto de encontro, um bar, uma balada ou chamar uns amigos para dar uma volta em algum canto… Para o idoso, a locomoção é mais difícil, nem todo lugar convém que ele esteja (e ele nem gosta), entre outros pontos que interferem ainda mais em sua nova inclusão na sociedade (não é por acaso que vulgarmente brinca-se que idosos vão para o banco, hospital e padaria de manhã pra se encontrar)… Sendo assim, os lugares são selecionados com mais cuidado e, eles necessitam de ambientes relativamente plausíveis com o que podem acompanhar em suas diferentes idades.

    O idoso hoje, apesar de seus inúmeros direitos (os quais, muitas vezes se quer são respeitados) é um público que carece de práticas as quais possam trazê-lo novamente para um mundo social e não é por acaso que cada vez mais vemos pessoas as quais estão se isolando mais e mais.

    A prática da musculação permite com que eles pratiquem exercícios de maneira segura e ainda, possam ter uma interação entre si, conhecendo novas pessoas (e, porque não uma paquera, para os solteiros ou viúvos?), conhecendo novas possibilidades, conversando etc. Portanto, a musculação tem como benefícios inúmeros para esse grupo, tantos nos quesitos estéticos e físicos quando sociais e de autoestima.

    3- Autoconhecimento e autocontrole

    Como citado, a musculação traz inúmeros conhecimentos, mas, não tão somente conhecimentos externos, porém, internos também, o conhecido autoconhecimento. Quando nos conhecemos, fica mais fácil lidarmos com situações difíceis e manter a calma e a concentração.

    Um bom atleta, ou mesmo um bom esportista, passa do pressuposto de que conhecer a si e ter autocontrole em situações que tendem ao descontrole é essencial para o sucesso.

    No entanto, a musculação traz uma junção entre corpo, mente e espirito, fazendo com que a união destes consolide bons atletas e esportistas, além de boas pessoas também.

    4- Ganho de conhecimento

    Sempre que procuramos e de fato fazemos algo bom e que gostamos, nos sentimos motivados a fazer da melhor maneira possível e da maneira mais ágil também.

    Quando conhecemos a musculação e por sinal, passamos a entende-la, passamos a conhecer também suas vertentes, como a alimentação, o descanso, os impactos hormonais, enfim, tudo que a cerca. E quanto mais conhecimento, mais queremos conhecimento e isso faz com que busquemos.

    Ora, aprender e saber nunca, ABSOLUTAMENTE NUNCA é demais, é justamente através desse aprendizado que se consegue não somente resultados melhores, mas, principalmente termos para si mesmo(a).

    Com a prática da musculação, você passa também a ter um autoconhecimento, portanto, isso torna-se fundamental para você manipular tudo que tenha bons resultados ao seu favor.

    5- Aumento da autoestima

    A autoestima tem cada vez mais sido elucidada, tamanha a sua importância que exerce na vida de qualquer um. E claro que isso tem interferido em casos de transtornos de humor, de depressão ou ainda, de próprios transtornos alimentares. Por mais desligado(a) que seja uma pessoa a qual não se importe muito com sua aparência, ou em parecer legal para os outros (socialmente e fisicamente), ele (a) tem algum momento o qual gostaria de estar melhor em determinada situação, seja para inflar seu ego ou qualquer coisa do tipo. Justamente por isso, a segurança em si mesmo é algo incontestavelmente importante e diga-se de passagem, se o indivíduo não está com uma autoestima elevada, dificilmente terá sucesso em sentir-se bem em quaisquer ambientes.

    Ter autoestima, não é ser egocêntrico, muito pelo contrário . É conhecer seus defeitos e saber como lidar com eles, além, claro, de conhecer seu lado bom e valorizá-lo, além de procurar aprimorá-lo.

    A musculação pode auxiliar no aumento da autoestima de uma maneira direta e de uma maneira indireta. No caso da primeira, as modificações estéticas (normalmente para melhor) fazem com que o indivíduo se sinta mais belo, faz com que ele esteja mais apto a se sentir bem nos diversos ambientes, vestir uma boa roupa sem se sentir “gordo(a)” entre outros.

    homem-academia-auto-estima-1

    Porém ainda, a musculação tem a capacidade de auxiliar na secreção de importantes hormônios relacionados com a sensação de bem-estar, tais quais a serotonina (também responsável por regular o apetite) e a dopamina, além, claro, das catecolaminas.

    A musculação também permite que você tenha uma maior concepção corpórea e noção de espaço. Muitos sofrem de serem um pouco “desengonçados”, porém, esse é um problema o qual pode, é reduzido ou até sanado com a musculação.

    Assim toda vez que você estiver pra baixo, sem ânimo ou se sentindo mal consigo(a) mesmo(a), vá para a sala de pesos. Você verá como irá sair renovado(a) de lá!

    Conclusão

    Contudo, pudemos chegar ao ponto de que a musculação pode trazer benefícios os quais não são meramente estéticos. Porque, sem sombra de dúvidas o fator estético (talvez o mais buscado na atualidade) tenha crescido, mas, nada adiantará tê-lo sem estar “completo” e sem pensar na musculação como algo a complementar quaisquer aspectos da vida.

    Manter um bom sistema de treinamentos será essencial na hora de ter mais benefícios psicológicos, sociais entre outros fazendo com que você se surpreenda o quão longe poderá ir com essa prática.

    Orientação adequada é sempre fundamental para complementar tudo isso e diminuir quaisquer chances de erros.

    Bons treinos!

    2 Comentários

    1. Adriana 1 mês atrás
    2. rafael 2 meses atrás


    /* */