• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Busque sempre o caminho da simplicidade na musculação

    Reforço para a mente! Na musculação o simples sempre é mais! Conheça 3 dicas para que você não fuja da simplicidade e obtenha muito mais resultados em seus protocolos.

    Nossa, antes de tudo, que saudade!

    Já tinha um bom tempo que não escrevia aqui para o Dicas de Musculação, mas isto é algo que faço com tanto prazer que sempre arrumo o tempinho para dedicar algumas linhas sobre o nosso bom e velho mundo da musculação. O artigo desta vez traz algo direto, mas que é uma ideia que tenho maturando há algumas semanas, na verdade, há quase dois meses.

    Na musculação sempre opte pelo simples!

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Talvez pelo fato desta época eu tenha mudado meu treino e buscado realizar um treino focado em força (estou falando do sistema Strongflift 5×5) eu abri minha mente e passei a observar boa parte das pessoas que treinam na minha academia e, diante de algumas perguntas que estas me faziam, fiz algumas anotações.

    Estas anotações, após algum tempo se tornaram um pequeno apanhado, ou melhor, uma linha de raciocínio que tenho desenvolvido e desejo partilhar com vocês. Na realidade, é bem verdade que dentro de muitos sites, blogs, páginas, grupos, perfis, vemos um verdadeiro bombardeios de informações. Informações estas que, muitas vezes, se contradizem num grande emaranhado de teorias, teses e correntes conflituosas que geram uma grande confusão àquele que está começando na musculação.

    Esse “boom” de material – que particularmente acho benéfico, pois há muita coisa boa sendo compartilhada – gera certo desespero e extremismo nas pessoas dentro das academias. Esta foi a grande constatação que fiz ao observar pessoas conversando entre um aparelho e outro. Uns dizendo “você está treinando para perder peso, tem que fazer pelo menos 12 repetições ou mais” e outros dizendo “quanto menos repetições você fizer, mas dividida em mais séries, melhor para a perda de peso”. Este é apenas um exemplo esdrúxulo, mas resume bem o que todo esse caos informativo causa ao novo praticante de musculação.

    O que vou falar adiante não é nenhuma novidade. Mas não mesmo! Sério, você provavelmente está CANSADO de ler este tipo de coisa. Porém, é preciso. É preciso porque a maioria das pessoas precisa PARAR de se dizer bodybuilder e cometer os mesmos erros amadores como se fosse um adolescente de 13 anos que resolveu pegar uns músculos.

    1. Esqueça os atalhos

    Sejamos práticos, qual seu objetivo na musculação? Pense por alguém tempo, vai!

    Pensou?! Pois bem, agora reflita sobre como estão os seguintes pontos da sua rotina: 1. Dieta; 2. Treino; 3. Hábitos; 4. Suplementação. Estes quatro pontos estão condizentes com o seu objetivo? Seja sincero… Se você for provavelmente encontrará aí o problema. A grande e real verdade é que nós estamos acostumados a buscar “atalhos” para tudo e a não querer encarar um problema de frente como ele realmente é. Musculação se resume a este quatro pontos, mas as pessoas tendem a subestimar ou superestimar algum destes pontos.

    Cupom de Desconto DDM

    Ou nenhum de vocês nunca escutou coisas como: “o que você está tomando para ficar desse jeito?!” ou “qual treino eu faço para ficar gigante?!” ou “qual anabolizante eu uso para traçar?”. Enfim, atalhos. Todo atalho, na verdade, é uma fuga. É uma fraqueza. Encarar o problema de frente e de forma séria é a única forma de separar o “joio” do “trigo”.

    2. Esqueça “os outros”

    Frequentemente vejo algumas pessoas (não apenas homens, diga-se de passagem) fazendo execuções completamente erradas e puxando mais peso do que o que efetivamente tem capacidade e comprometendo a lombar ou outras partes de seus corpos, correndo o risco de uma lesão. Parece papo de idiota: “nunca vou me lesionar assim na academia, não sou estúpido”. É exatamente aí que mora o perigo, neste excesso de confiança.

    Aliás, atrás disto está uma falta de confiança. Como assim? Simples, muitos destes excessos são devido a uma necessidade IMBECIL de se colocar mais peso na barra para provar a não-sei-quem. Esqueça isto! Pense da seguinte forma: é seu corpo que está em jogo, não o seu ego. Então, seja um pouco mais responsável consigo mesmo e foque-se no seguinte: 1. Execução correta; 2. Foco no músculo; 3. Peso condizente.

    3. Exercícios básicos

    Máquinas são importantes? São, mas nada vai superar os exercícios basilares da musculação. Muita gente fala, mas pouca gente realmente faz um Agachamento Livre ou um Levantamento Terra, inclusive pelos dois outros motivos listados mais acima. É incrível como muitos homens ainda carregam preconceito em “agachar”. Usarei como exemplo a minha academia e eu mesmo: quando comecei a fazer agachamento livre, no meu terceiro mês de musculação, via vários homens me olhando torno – afinal, era um “ex-gordinho” fazendo agachamento na gaiola antes dominada por algumas poucas mulheres hardcore.

    À medida que os meses foram passando e minhas medidas aumentado, fui vendo a curiosidade de alguns que me viam, semana após semana, dando tudo de mim. E, olha que incrível, comecei a ver outros homens fazendo agachamento. O que este pequeno relato mostra é que, embora desconhecidos pela grande maioria, a efetividade destes exercícios provam por si só a sua necessidade. Se você é cético quanto a esta questão, dê-se o benefício da dúvida e comece a executá-lo dentro de seu protocolo de treinos por, pelo menos, três meses e depois você me conta os resultados.

    Conclusão:

    Como falei no início do texto não há nada de novo aqui, há apenas reforço. Um reforço necessário para mostrar a simplicidade. Foque-se naquilo que é realmente essencial para atingir os seus objetivos e afaste-se de coisas mirabolantes e milagrosas. O caminho deve ser longo e tortuoso por um bom motivo: nada que vem fácil vale à pena.

    Não tenha medo da caminhada, pois a glória é para poucos.

    Artigo escrito por um leitor do Dicas de Musculação. Thiago Vieira é jornalista, tem 23 anos e é entusiasta do fisiculturismo como estilo de vida.

    3 Comentários

    1. Pedro Ruiz 3 anos atrás
    2. Danilo 4 anos atrás
    3. Ronaldo 4 anos atrás


    /* */