• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 3 dicas para fugir do transtorno da lotação de academias

    Conheça 3 dicas rápidas e simples para que você possa fugir do transtorno de uma academia lotada e ter um melhor rendimento durante seus treinos.

    Com essa propaganda toda inserida implicitamente e explicitamente pela mídia, a busca por um corpo teoricamente perfeito e esculpido, tem sido o sonho de pré-adolescentes, adolescentes, adultos e até mesmo pelo pessoal de meia-idade. Esse é o principal fator, sem quaisquer sombra de dúvidas para a superlotação que ocorre dentro das academias de musculação nos dias de hoje. Entretanto, ainda devemos contar com pessoas que estão lá buscando saúde, com pessoas que desejam apenas objetivos específicos, como a melhora de flexibilidade, melhora na capacidade cardiovascular, desenvolvimento de estabilidade, entre outros. Por fim, como minoria, ainda existem os atletas. Imagine toda essa população entro de uma sala apertada cheia de aparelhos que podem machucar seriamente (aliás, salas pequenas que comportam, na verdade, metade das pessoas que lá são irresponsavelmente colocadas pela maioria das academias), com a presença de barulhos e índoles e educação de todo tipo imaginável… Realmente uma grande confusão!

    Aprenda algumas dicas para que você possa ir bem em uma academia lotada

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    É por isso que, normalmente ocorrem alguns contratempos e, em casos mais graves desentendimentos e até mesmo brigas nesses ambientes. Além do fato de que a maioria não deseja realmente treinar sério naquele espaço ou, minimamente não encher a paciência de quem deseja, existem aqueles que são os considerados “pavios” curtos, os quais, certamente farão um tumulto ainda maior.

    Pois bem, diante a essa situação, cabe a nós tentar fazer uma amenização diante a tanta confusão, a fim de evitar ao máximo possível prejudicar o seu treinamento ou se comprometer negativamente em um ambiente o qual você frequenta quase que diariamente. Portanto hoje, conheçamos 3 dicas rápidas e básicas que podem ajudar você a fugir do transtorno das lotações das academias.

    1 – Procure levar o seu material de treinamento

    A não ser em casos específicos ou extremos, é de responsabilidade do indivíduo ter seu material de treinamento (com exceção dos pesos, anilhas, halteres e máquinas, claro!). Assim, faixas de punho, joelho, ataduras, cotoveleiras, munhequeiras, joelheiras, cintos (principalmente), tornozeleiras e outros tantos devem ser levados previamente, a fim de não depender dos da academia que são de uso público e, normalmente “alugados” pelo primeiro que os pegar, prejudicando então o restante das pessoas. Quando falamos dos materiais básicos de treinamento, estamos falando de FUNÇÃO, ou seja, eles possuem suas funções e, quando usados adequadamente, podem incrementar benefícios extras ao treino.

    Aliás, isso acontece nas academias que ao menos possuem esse material básico, o que já gera outro contratempo para quem não possui o seu. Desta forma você consegue não perder o foco durante o treino, não perder tempo esperando ou pedindo coisas e também não é obrigado a usar equipamentos os quais podem não ser os ideais para você.

    Leia também: Conheça o uso errado dos acessórios para o treino de musculação e aprenda o seu uso correto!

    Cupom de Desconto DDM

    2 – Tenha educação ao revezar e procure ser claro

    Vou lhes contar uma pequena história que ocorreu não há alguns dias comigo no ginásio: Estava eu, em um treinamento de pernas, o qual exige concentração, disciplina, força de vontade, esforço brutal e tudo que se possa usar para conseguir terminar o treinamento, quando em minha primeira supersérie, estavam envolvidos o Leg Press 45º juntamente com a cadeira flexora. Um desses “instrutores” que já discutiu algumas vezes comigo, decidiu, por mais uma vez me provocar. Colocou uma menina nova, enquanto me ausentava na cadeira flexora pra treinar lá… Quando cheguei, expliquei à menina que estava usando, perguntei se ela queria revezar e, ela não só concordou, como, decidiu deixar a cadeira flexora unicamente pra mim. Ok…

    Realizei a série, voltei para o Leg Press, repousei por alguns segundos, realizei uma serie de altíssima intensidade e, sai mancando para a cadeira flexora, mas, quando chego lá, me deparo novamente com a menininha. Por ela ser nova no ginásio, achei que poderia estar ocorrendo um pequenoc desentendimento de informações e, com todas calma, olhei para ela e, quando terminou sua série, perguntei se poderia fazer a minha (que inclusive já tinha quebrado toda a sinergia pela espera).A menina relatara que o infeliz solicitou que ela ficasse lá e, por conseguinte NÃO saísse nem revezasse comigo…

    Não quero entrar nos méritos do que ocorreu comigo em si, na falta de profissionalismo do “crianção” e tampouco nos resultados disso e o desfecho, mas, quero diretamente ao ponto, alertar-vos sobre alguns pontos interessantes:

    Revezar aparelhos, equipamentos, pesos ou seja lá o que for, de praxe não é o que queremos nunca. Isso realmente dificilmente dá certo. Os motivos principais são, normalmente uma demora excessiva no uso do equipamento, fazendo assim com que a outra pessoa tenha o seu treinamento prejudicado pela demora ou pela espera excessiva, faz com que muitos percam a paciência e deixem de se concentrar em seu treinamento, entre outros tantos resultados.

    Seja sempre claro, ao revezar ou não do que vai ou está fazendo. Isso porque, é importante que a pessoa saiba se dará tempo para que nem você nem ela quebre o ritmo de treino, assim como, não gere esses contratempos. Outro fator a ser observado é que exercícios livres, onde se fica desmontando e montando barras, podem não ser os ideais para se revezar, pela demora em ter de ajustar o equipamento em si de acordo com cada um.

    Bons modos sempre caem bem!

    3 – Garrafa de água

    Outra gafe que costumam cometer nas academias de musculação é não levar sua própria garrafa de água. Isso faz com que você tenha de toda hora buscar água no bebedouro, atrapalhando seu próprio treino, o fluxo, pois, bebedouros sempre estão no canto e, são poucos dentro de um ginásio (isso é, quando eles existem). Além disso, a tendência é que acabemos não nos hidratando adequadamente, também, neste processo todo e nessa demora toda!

    Conclusão:

    As academias de musculação estão cada vez mais superlotados de todo tipo de pessoa. Portanto, cabe a cada um buscar maneiras e objetivos para minimizar esses malefícios. Assim, pequenas atitudes, como estas mostradas acima,  podem significar grandes mudanças.

    Pense nisso e bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    4 Comentários

    1. No Pain No Gain 4 anos atrás
    2. Antonio 4 anos atrás
    3. Wagner 4 anos atrás
    4. Glauco 4 anos atrás


    /* */