• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 3 grandes mitos ao fazer rosca direta

    Um dos melhores exercícios para o bíceps é a rosca direta, porém algumas pessoas sofrem com mitos espalhados por ai. Saiba quais são para você não se preocupar

    Comprar suplemento ZMA da Xcore Nutrition

    A rosca direta talvez seja o exercício mais eficaz e ao mesmo tempo mais utilizado para os bíceps. E, de fato, quando executada de forma correta, solicita grandemente os mesmos.

    Conheça alguns dos grandes mitos que um dos exercícios mais básicos e completos para bíceps sofre!

    [ad#2]Porém, alguns mitos ainda tendem a aparecer durante sua execução e hoje, vamos conhecê-los.

    1 – Rosca direta com barra W não força os pulsos

    Rosca direta com barra W simplesmente não é tão eficaz para os bíceps. Aliás, não solicita todas as porções do bíceps, utilizando muito mais os antebraços, por incrível que pareça.

    Porém, alguns insistem em acreditar que o pulso torto exigido na barra W alivia a tensão na região! Grande mito. Esse tipo de pegada simplesmente faz com que os punhos fiquem em uma posição nada natural, podendo em alguns casos (como na rosca Scott) ocasionar problemas como tendinite. Por isso, opte pela barra reta que, apesar de “mais desconfortável” proporciona uma pegada mais eficaz e, claro, segura.

    Cupom de Desconto DDM

    2 – Inclinar a coluna para trás e roubar é errado

    Outro fator muito condenado são os roubos nessa região com a desculpa de sobrecarga na lombar. Ok, tenho que concordar que é extremamente prejudicial roubos errados. Mas, a meu ver, roubo errado seria apenas trancos na lombar.

    Caso você proporcione um “balanço” leve, você consegue ajuda no roubo e, ao mesmo tempo evita trancos severos que podem lesionar a lombar.

    Outro fator que deve ser levado em consideração é o tempo de experiência do atleta e, claro a carga utilizada. É ridículo ver pessoas iniciando na academia e roubando abundantemente na rosca direta ou em qualquer outro exercício.

    3 – A fase excêntrica deve sempre ser lenta

    Tudo bem que grande parte da hipertrofia deve-se a fase excêntrica dos exercícios, porém, a fase concêntrica também é importante.

    Resumidamente, saber em qual focar ou, focar em ambas, vai depender do tipo de treinamento e do objetivo a ser alcançado. Por isso, executar de maneira mais rápida ou mais lenta somente é questão de tipo de método de treino adequados.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    6 Comentários

    1. Filipe 3 anos atrás
    2. Victor Cedro 3 anos atrás
    3. Cassio 5 anos atrás
    4. André 5 anos atrás
    5. Gustavo 5 anos atrás
    6. MarcosPorto 6 anos atrás


    /* */