• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 7 dicas para escolher um bom suplemento pré-treino

    Conheça algumas dicas para que você possa escolher bem o seu suplemento pré-treino e evite jogar dinheiro fora com suplementos que não servirão para você.


    Uma das classes de suplementos ergogênicos as quais mais cresceu no mercado nos últimos anos é a de pré-treinos, ou em inglês de pre-workouts, que são suplementos os quais através de diversos compostos estimulantes, ou não, visam o aumento do rendimento ou da performance não só na musculação, mas em diversos outros esportes (inclusive de resistência cardiovascular).

    Conheça algumas dicas para que você possa escolher bem o seu suplemento pré-treino.

    Banner_336x280_Jack3d

    Porém, o que muitos não sabem é que esses suplementos podem não ser indicados para todos os praticantes de musculação, por isso que muitas pessoas usam esses suplementos e não obtém nenhum tipo de resultado, fazendo com que muitos gastem dinheiro atoa. Então vamos conhecer um pouco mais sobre estes suplementos antes de investir o seu dinheiro?

    Seria fácil dizer que para escolher o seu suplemento pré-treino você necessite avaliar suas condições individuais. Mas isso não seria o bastante para então situar quais são essas principais necessidades de individualização, não é mesmo? Para isso conheçamos então algumas dicas na hora de optar por qual produto usar referente aos pre-workouts:

    Vídeo: Entenda o que significa o pré-treino

    No vídeo abaixo, gravado pelo nosso canal no Youtube, o Marcelo Sendon fala sobre o pré-treino e o seu conceito, explicando de forma correta o que significa essa expressão e sobre como podemos fazer um bom pré-treino. É muito importante que você assista ao vídeo para entender melhor o artigo a seguir.

    E não deixe de ler o artigo abaixo, pois ele completa o que foi dito no vídeo, fazendo com que você possa entender melhor se os suplementos são os melhores meios para fazer um bom pré-treino.

    1- Avalie suas necessidades nutricionais

    Por serem suplementos ergogênicos, ou seja, por serem suplementos que auxiliarão a promover a performance, esses não visam o principal fornecimento de substratos para a construção muscular nem para o suprimento das necessidades nutricionais. Acima disso, deve vir a dieta (incluindo suplementos nutricionais, caso necessário) a fim de proporcionar ao corpo o que ele necessita para se desenvolver. Somente após isso é que poderemos incrementar ou adicionar algo que seja conveniente. Lembre-se de que não é possível suplementar ou complementar algo que não exista!

    2- Avalie o momento em que você treina

    Como sabemos, a dieta é baseada no horário do treinamento, ou seja, a partir do horário que se treina, traça-se uma alimentação que seja condizente no fornecimento dos nutrientes e nas quantidades ideais nos momentos ideais. Desta forma, alguns indivíduos possuem a disponibilidade de alimentar-se com períodos perfeitos antes do treinamento, possibilitando o uso dos pré-treinos adequadamente também. Entretanto, alguns indivíduos de menor disponibilidade acabam por ter de fazer refeições em momentos oportunos, não sendo necessariamente o melhor horário da refeição pré-treino o melhor disponível. E é aí que deve entrar o bom senso de que, se estamos nos alimentando muito próximo ao treino, utilizar algum tipo de pre-workout é simplesmente não aproveitar os benefícios (em especial os estimulantes) do produto.

    Alguns exemplos de suplementos pré-treino

    Um outro caso frequente é avaliar, caso você treine nos primeiros horários do dia. JAMAIS substitua uma refeição adequada por um simples shot de pré-treinos.

    3- Observe de que é composto o pré-treino

    Seu pré-treino possui basicamente estimulantes? Seu pré-treino possui aminoácidos? Seu pré-treino possui propriedades anabólicas? E anti-catabólicas? Quais são os nutrientes que, de fato ajudam a reduzir a fadiga muscular e que nele são presentes?

    Essas são apenas algumas das perguntas que você deve fazer antes de adquirir um pré-treino, pois somente diante de seu objetivo é que será possível selecionar o produto que possua mais ingredientes de acordo com ele. Por exemplo, se você busca estímulos durante o treino, então opte por suplementos que contenham mais estimulantes do que outros ingredientes. Por sua vez, se você busca suplementos que possuam princípios para a queima de gordura, então busque produtos que tenham essas substâncias. O importante, mais do que comprar por nome ou marca é comprar POR NECESSIDADES!

    4- Esqueça o que funciona melhor para seu colega

    Sim, por possuirmos necessidades nutricionais e ergogênicas diferentes, devemos ter protocolos individualizados. Isso quer dizer que, por mais que dois indivíduos busquem um mesmo objetivo, determinada substância ou composto pode ser extremamente eficaz para um e não para outro.

    Portanto, seguir orientações de determinado colega sobre o que é melhor ou pior pode significar uma persuasão, deixando, na maioria dos casos, o fator psicológico falar mais alto que o fator físico, propriamente dito.

    Observe então cada produto. Não há nada de mal em ouvir seu colega sobre alguma opinião dele, mas basear sua escolha apenas nisso será um grande erro!

    5- Opte por pré-treinos com substâncias conhecidas

    Optar por pré-treinos com substâncias conhecidas é fundamental por dois aspectos: O primeiro deles é que não nos daremos ao luxo de utilizar algo que não possua comprovação científica e que pode não ter efetividade alguma, fazendo com que nosso dinheiro seja realmente jogado na lata do lixo. Já o segundo, talvez mais importante, é o fator de que optando por substâncias desconhecidas ou que não possuam estudos científicos, poderemos utilizar algo que nos faça mal, como já aconteceu com vários indivíduos em vários produtos até que o mesmo tivesse de ser reformulado ou que fosse proibido por órgãos como a FDA.

    Banner_600x300_bpi-pump-hd

    Boas substâncias que podemos procurar em pré-treinos são: a Beta-Alanina, a Creatina, a L-Glutamina, a L-Leucina, eletrólitos (sais minerais), a Rhodiola, a Cafeína, a Sinefrina e outros.

    6- Não compre pelo preço

    Muitos indivíduos acham que quanto mais caro for um produto, então melhor ele será. Entretanto, não é bem assim que acontece: Existem inúmeros produtos que custam realmente um absurdo e são puro marketing. Mais do que isso, alguns suplementos caros podem até não ser marketing, mas se não forem substâncias que irão atender as suas individualidades, de nada adiantará, será um marketing para você e dinheiro jogado fora.

    Portanto, avalie-se e opte pelo produto que suprirá suas necessidades físicas, não o ego ou qualquer coisa do gênero.

    7- Procure orientação PROFISSIONAL

    Do contrário de recomendações de colegas, as recomendações profissionais são mais do que indicadas. Quando buscamos profissionais qualificados e competentes os quais possam, através de análises, observar nossas necessidades frente aos nossos objetivos, certamente estamos indo pelo caminho certo. Portando, busque sempre bons profissionais os quais possam te orientar o uso não só dos suplementos, mas de outros quesitos fundamentais como a dieta e o treinamento.

    Conclusão:

    Os suplementos pré-treino tem grandemente crescido no mercado, o que significa um bombardeamento de vendas frente a uma grande procura. Entretanto, procura essa que muitas vezes resulta em protocolos incorretos de utilização destes suplementos.

    Diante dos aspectos mencionados, fica claro perceber que mesmo aqueles suplementos que visam performance e não necessariamente protocolos nutricionais exigem certa especificidade ao seu consumo. Como sabemos, a musculação e todos os aspectos que assim a regem necessitam de muito cuidado a serem passados e utilizados também.

    Portanto, sejamos sempre críticos, avaliativos e busquemos sempre as melhores orientações profissionais as quais possam nos ser úteis para traçar nossas próprias diretrizes e então obter o máximo de ganhos!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */