• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 6 alimentos capazes de aumentar os níveis de testosterona

    Alguns alimentos que podem aumentar a sua testosterona de forma natural e sem efeitos colaterais ao seu corpo.

    Entre os hormônios mais conhecidos do corpo humano, está a testosterona, uma molécula de um hormônio esteroide, derivado do colesterol, o qual desempenha inúmeras funções fisiológicas no corpo. Responsável pelas características androgênicas no corpo do homem e mesmo da mulher, por estimular a síntese proteica, promover a maturação de algumas estruturas do corpo, auxiliar no crescimento, interferir em níveis de humor, libido, entre outras tantas funções, a testosterona hoje é também um dos hormônios mais bem estudados.

    alimentos-para-aumentar-testosterona

    Comprar Whey Protein Feminino

    Apesar de sua real importância, a supervalorização a qual ocorre desta molécula no mundo esportivo é bastante evidenciada. Ela comprovadamente é capaz de aumentar a performance, melhorar a recuperação, incrementar força, aumentar a massa muscular, reduzir indiretamente os níveis de gordura corpórea, entre outros aspectos. Podemos perceber estes efeitos com usos suprafisiológicos por meio exógeno (externo) e que não visam fins terapêuticos. Entretanto, essas administrações na grande maioria não possuem um ótimo grau de segurança e tampouco são totalmente acessíveis a todos. Ainda, quando feitas inadequadamente, podem apresentar efeitos colaterais diversos os quais, certamente não compensarão os seus benefícios.

    Assim, aumentar os níveis de testosterona de maneira natural no corpo tem sido grande foco de estudos e até mesmo de criação e/ou obtenção de suplementos para essa finalidade. Porém, de maneira mais saborosa e barata, conseguimos um aumento significativo o qual poderá promover inúmeros ganhos e benefícios a você. Tudo isso com a ingestão de alguns alimentos que podem proporcionar esse aumento de forma natural e sem efeitos colaterais. Vamos conhecer alguns desses alimentos abaixo:

    1- Camarão

    Os camarões não são alimentos muito comuns ao brasileiro e nem tampouco apreciados. Porém, a verdade é que muitos desconhecem as deliciosas preparações as quais podem ser feitas com o crustáceo.

    O camarão é uma excelente fonte de vitamina D, que participa não só do metabolismo do cálcio no corpo, mas ainda, participa da síntese de testosterona, sendo inevitável para isso.

    camarao-com-ervas

    Ela basicamente age através da ação do PTH (paratormônio) o qual estimula a testosterona. Com esse aumento na vitamina D, tem-se mostrado um significativo ganho de massa muscular em praticamente todos os estudos realizados atualmente.

    Além disso, o camarão é um alimento fresco e versátil, bastante fácil de ser consumido em quaisquer épocas do ano.

    2- Sementes de abóbora

    As sementes de abóbora são pouco utilizadas também no Brasil, porém, são alimentos riquíssimos em lipídios insaturados.

    sementes-de-abobora

    Elas são fontes de zinco, cofator enzimático indispensável na produção endógena de testosterona. O zinco chega a ser um mineral de tanta importância que, níveis baixos do mesmo no corpo tem apresentado sérios problemas relacionados a baixos níveis de produção de testosterona.

    Você pode adicionar as sementes de abóboras em diversas preparações como o mingau de aveia, em frutas, iogurte, ou mesmo em shakes de proteínas.

    3- Côco

    Bastante conhecido, o côco foi um alimento supervalorizado nos últimos anos, na verdade, seu óleo fora e ainda é muito valorizado pelas propriedades excelentes os quais ele tem.

    Cupom de Desconto DDM

    Basicamente composto por lipídios saturados, o côco é rico em TCMs, ou triglicerídeos de cadeia média, os quais não gerarão problemas de armazenamento de gordura corpórea nem tampouco gerarão problemas cardiovasculares, mesmo sendo saturados.

    coco-tradicional

    O côco tem demonstrado um alto poder lipogênico pela sua termogênese e por fornecer ao corpo energia de maneira rápida e, sem interferir em níveis insulínicos ou no esvaziamento gastrointestinal.

    Por fim, relacionado especificamente à testosterona, o óleo de côco e, claro, o côco em si tem demonstrado em alguns homens um aumento nesse hormônio, resultando em anabolismo, redução de gordura corpórea, aumento de performance entre outros.

    4- Trigo integral

    É difícil vermos benefícios serem associados ao trigo, uma vez que esse alimento tem por muito sido condenado por pensamentos contra o glúten ou mesmo contra dietas com carboidratos (adeptos a cetogênese).

    Entretanto, o trigo é capaz não só de promover benefícios à saúde, mas ainda, é capaz de aumentar os níveis de testosterona.

    trigo-integral

    Além de ser rico em fibras alimentares, o trigo é fonte de zinco e magnésio, importantíssimos cofatores na síntese de testosterona.

    O trigo é muito versátil e também pode ser utilizado em preparações doces, salgadas ou no que sua imaginação permitir. Além disso, não é um alimento caro e que pode ser consumido desde o indivíduo com menores possibilidades financeiras, ao de maiores possibilidades.

    5- Queijos gordos

    A mídia frequentemente condena os queijos gordos ou mesmo os queijos chamados de “amarelos”. Normalmente, isso se deve ao seu maior teor de gordura e seu maior teor de gorduras saturadas.

    Entretanto, há alguns anos já se vem comentando sobre a necessidade da ingestão de boas quantidades de gorduras e, claro, gorduras saturadas.

    queijos-gordos

    É através dessas gorduras que obteremos matéria prima para inúmeras sínteses hormonais as quais são, em especial, relacionadas a hormônios esteroides (derivados do colesterol, que também se encontra em boas quantidades nesses queijos).

    Logicamente, não há necessidade de uma ingestão a todo instante ou tampouco em grandes quantidades. Porém, atente-se a consumi-los com certa frequência. Varie também os tipos de queijos.

    6- Morangos

    É difícil falar de alguém que conheçamos que não goste de morangos, seja em preparações agridoces, em doces (especialmente) ou mesmo para comer puro ou com algum tipo de creme por cima (creme de leite, leite condensado, chatilly, compota etc). Além disso, os morangos ainda podem ser usados em geléias, gelatinas etc.

    Os morangos são frutas riquíssimas em vitamina C, o famoso ácido ascórbico, o qual exerce um poder exorbitantemente antioxidante no corpo e auxilia a regular as taxas hormonais que tendem a promover o catabolismo no corpo.

    morangos

    Procure utilizar os morangos ao menos na primeira refeição. Você verá a diferença dia-a-dia.

    Conclusão:

    Aumentar os níveis de testosterona é fundamental para promover aspectos relacionados à saúde e também, ao desempenho físico, melhora na qualidade muscular, funcionamento do metabolismo, construções e reparos musculares e de outras estruturas etc. Assim, de maneira saborosa, prática e, sem efeitos colaterais, alguns alimentos podem ser usados estrategicamente dentro de uma dieta bem equilibrada, promovendo assim os máximos benefícios ao corpo.

    Boa alimentação!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    4 Comentários

    1. juscelino j santos 5 meses atrás
    2. Aparecida silverio 9 meses atrás
    3. John 1 ano atrás
    4. Leonardo 2 anos atrás


    /* */