• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 5 dicas na hora de preparar suas refeições

    Aprenda algumas dicas que irão lhe ajudar a preparar a suas refeições de forma mais fácil e de acordo com as suas necessidades!

    Dentro da musculação, para se chegar ao objetivo final, é impossível se a alimentação não estiver muito bem estruturada para seus objetivos e necessidades. E para isso, necessitamos de cozinhar os alimentos e prepará-los, para que possamos seguir adequadamente a dieta.

    dicas-para-preparar-refeicoes

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Porém, muitas pessoas possuem duvidas na hora da preparação dos alimentos… Quanto comer de cada alimento, como preparar os alimentos, que tipo de tempero usar e etc. E para sanar as dúvidas da maioria, resolvemos escrever um artigo com 5 boas dicas na hora de preparar as suas refeições. Portanto neste artigo, conheceremos dicas fundamentais na hora de preparar suas refeições, tornando todo esse processo muito mais produtivo e minimizando o trabalho, estresse e cansaço. Vamos lá?

    1- Organize um dia para preparar e montar suas refeições

    Assim como segunda-feira parece ser o “dia mundial de treinar peitoral”, para a maioria das pessoas, o domingo poderia ser uma boa opção para se tornar o “dia mundial para preparo das refeições”… Brincadeiras a parte, não necessita ser exatamente no domingo, mas no dia que melhor lhe convir. O que realmente importa é que você reserve um período de tempo para preparar suas refeições.

    preparar-refeicoes-com-antecedencia

    A vantagem disso é que nem todo dia temos tempo suficiente para preparar, pesar e montar nossas refeições diárias, imagine que uma pessoa faça 6 refeições ao dia, fica totalmente inviável que ela pare a cada 2 ou 3 horas para cozinhar, depois ainda reserve tempo para comer. Além disso, preparando as refeições com antecedência conseguimos mensurar de maneira mais exata os alimentos, conseguimos criar algumas coisas diversificadas para não cair na “rotina de dieta”, economizamos financeiramente (gás, energia elétrica, água etc) e conseguimos ficar tranquilos no restante da semana, pois sabemos que tudo estará lá, prontinho e nos aguardando para nos nutrir adequadamente.

    2- Saiba como calcular números

    Não é necessário ser Pitágoras, Thomas Simpson ou Newton para calcular números de uma dieta. Na realidade, sabendo fazer contas de adição, subtração, multiplicação e algumas regrinhas de três, conseguimos facilmente fazer isso.

    Saber calcular números é essencial para adequar a sua dieta com a distribuição dos macronutrientes. Saber conhecer os números dos alimentos, também. Para você ter uma noção, vamos utilizar um exemplo muito simples, digamos que sua dieta deva ter 40% de carboidratos em um total de 2000Kcal/dia. Isso significa que cerca de 800Kcal deverão advir de moléculas de carboidrato. Então, sabemos que cada 1g de carboidrato tem 4Kcal. Assim, isso nos resume a consumir 200g de carboidratos nessa dieta.

    Agora, como distribuir? Suponhamos ainda que você esteja em uma dieta com distribuição igual de macronutrientes (o que não é indicado) entre as refeições. Dessa forma se você faz 6 refeições por dia deverá consumir aproximadamente 33,3g de carboidratos por refeição. Agora vem a parte de conhecer os alimentos… Sabemos que, segundo a tabela TACO 4, cada 100g de arroz pesado cru tem 80g de carboidratos. Então, devemos entender que cada refeição deverá ter cerca de 41g de arroz cru.

    Entendeu, mais ou menos, como funcionam as contas para elaborar as refeições? Parece um pouco complicado, mas com o tempo você vai pegando o jeito e tudo vai ficando mais fácil e automático. Aqui você encontra a tabela TACO 4, ampliada e revisada, para facilitar as suas contas, clique aqui para acessá-la.

    3- Faça o básico em cada preparação

    Um dos maiores motivos de desistências de dieta é se alimentar sempre da mesma forma e com as mesmas coisas. Porém, para quem vai deixar as refeições preparadas em um só dia, podemos usar estratégias, por exemplo, grelhe o frango com arroz (caso seja sua refeição) para os 5 dias da semana. Porém não tempere com muitos molhos ou temperos fortes, deixe para fazer isso no dia que for comer. Assim você consegue variar a dieta e comer algo que tenha vontade naquele dia. Além disso, não colocando muitos temperos você preserva um pouco mais o alimento. Você pode adicionar em um dia Ketchup, no outro umas fatias de turkey bacon, no outro dia um molho de framboesa na salada, mostarda, se estiver em bulking, um pouquinho de algo mais gorduroso como a maionese ou os próprios queijos, entre outras inúmeras formas. Você, inclusive, pode fazer isso antes de sair da sua casa, para facilitar o processo.

    Cupom de Desconto DDM

    Além de molhos e afins, caso necessite adicionar algum tipo de lipídio na refeição, você pode ir variando diferentes óleos (oliva, macadâmia, nozes, linhaça, avelãs, pistache etc), algumas oleaginosas (castanha do Brasil, castanha de caju, nozes, avelãs, pistaches, manteiga dessas oleaginosas), alguns grãos como o amendoim ou a própria manteiga de amendoim, um pouco de abacate ou avocado e etc.

    Isso proporcionará não só uma melhora no consumo das refeições em si, com sabores diferentes, mas irá incrementar diferentes nutrientes, o que é fundamental para o corpo como um todo.

    tempero-para-alimentacao

    4- Compre suas próprias coisas

    Passou a época que você tinha que depender da sua mãe ou do seu pai para escolherem as coisas por você no supermercados, e tenho total certeza que quando você ia ao mercado, e era criança, era você que procurava seus iogurtes, salgadinhos e todas aquelas porcarias de criança, não é mesmo?

    Pois bem… Os tempos mudaram e você até pode ter a mesma atitude de antes, mas ao invés de salgadinhos, comece a escolher suas próprias carnes, seus próprios carboidratos e as gorduras que lhe forem melhor convenientes. É fundamental que você faça isso para que possa saber o que está comendo e para que não tenha a desculpa de que não tem o que precisa em casa para seguir a sua dieta.

    Fazendo isso você poupa as pessoas de terem que te paparicar. Está na hora de ir ao mercado, escolher o que VOCÊ precisa e o que é melhor para a sua dieta/alimentação. Está na hora de você mesmo agir por si!

    fisiculturista-fazendo-compras

    5- Aprenda a cozinhar

    Se você vai ao mercado e compra suas coisas, se você conhece o que está comendo, se você consegue calcular sua dieta então, também deve saber cozinhar, pelo menos o básico. Ninguém está pedindo para você ser o cheff número um do mundo, nem tampouco para se dar bem no MasterChef! Mas é interessante saber fazer pelo menos o básico, pois existem pessoas com 20 ou 25 anos que se quer sabem preparar um arroz branco!!!

    Saber preparar suas refeições, faz com que você as faça do seu gosto, pese os alimentos sem quaisquer erros e faz com que você garanta a qualidade nutricional dos alimentos que estão sendo preparados. Por exemplo, se pedirmos um arroz para nossa avó, ela o fará com o mais bom grado e ficará delicioso. Mas, nutricionalmente, muitas vezes não nos é conveniente, pois ele é preparado com óleos vegetais, pode (ou não) ser usada uma quantidade muito grande de sal, isso é, se toda boa avó não entender o “Arroz” como um belo “risoto” e assim o fizer para te agradar.

    A verdade, não é que as pessoas não saibam fazer os alimentos, mas o costume as faz preparar diferenciadamente do que um bodybuilding necessita.

    cozinhando-proprias-refeicoes

    Além disso, convenhamos que não é nada bonito ter de depender de alguém fazer 6 ou 7 refeições diárias e diferenciadas para você, não é mesmo?

    6- Aprenda como se alimentar corretamente (DICA BÔNUS)

    Nada do que eu falei acima irá adiantar se você não souber como se alimentar corretamente. Entender as suas necessidades, entender sobre alimentos, o que você precisa comer para chegar ao seu objetivo e tudo mais. E essa talvez, seja uma das partes mais difíceis para os praticantes de musculação que possuem vidas comuns, como a maioria dos que acompanham nossas dicas (inclusive você).

    Porém, a internet está ai para ser uma aliada nesse aprendizado. Você pode procurar, procurar e procurar e aprender muito (aqui no site mesmo tem MUITAS dicas, basta procurar e ler todas) ou você pode seguir as dicas de quem já faz a anos e está dando resultados para diversos alunos. A minha amiga, Giovana Guido, montou um curso GRATUITO onde você poderá aprender o passo a passo para uma alimentação fitness. É só CLICAR AQUI, cadastrar o seu e-mail e receber todo esse conteúdo gratuito.

    E ai, vai ficar de bobeira ou vai aprender como se alimentar corretamente e colocar todas essas dicas do artigo em ação?

    Conclusão:

    Podemos seguir dicas simples e fáceis, mas extremamente fundamentais para obter resultados cada vez melhores na musculação. Na medida em que o preparo de refeições, de maneira correta, torna-se um hábito, certamente os progressos serão visíveis!

    Boa alimentação!



    /* */