• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça 3 grandes mitos sobre a musculação para mulheres

    Descubra alguns dos mitos de musculação para mulheres e aprenda o porque são mitos e como você pode fazer para superá-los.

    Cada vez mais o público feminino se insere no meio esportivo amador ou competitivo, com diversos objetivos e obtendo irrefutáveis méritos e conquistas cada vez maiores e mais significativas. Com o decorrer dos anos, a presença das mulheres se tornou tão evidente nos esportes que hoje, dificilmente podemos dizer que existam modalidades oficiais que sejam exclusivas de homens. Aliás, do contrário, é possível dizer que existam modalidades próprias de mulheres, como o nado sincronizado.

    mitos-musculacao-para-mulheres

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    E isso não poderia ser diferente com a musculação, ou seja, cada vez mais observamos mulheres que entram em uma academia de musculação a fim de diversos objetivos, dos mais variados, podendo ser desde melhoras em seu condicionamento físico geral, a modificações corpóreas, a reabilitações de lesões, bem como prevenções e etc. Assim, antes, o que era tido como um esporte promordialmente masculino, hoje já é também um esporte “unissex”.

    Apesar dessa difusão que há entre os esportes para as mulheres, certamente a musculação de um modo geral pode ser considerada uma das que gera maiores quantidades de dúvidas, e frente a essas dúvidas mal esclarecidas começam a surgir mitos dos mais diversos, os quais na maioria das vezes são falácias sem quaisquer fundamentos básicos, mas que causam persuasão a ponto de fazê-las abandonar esse tão maravilhoso esporte.

    Neste artigo, conheceremos três desses grandes mitos e, através disso, esperamos que o espírito crítico seja despertado antes de simplesmente acreditar no que dizem.

    Mito 1: Uma mulher que deseja bons membros inferiores, precisa treiná-los várias vezes na semana

    Assim como muitos homens céticos acreditam que o excesso de treinamento para uma região específica do corpo ou para um músculo específico o farão ter melhores e mais rápidos resultados, muitas mulheres acreditam que treinando os membros inferiores constantemente, conseguirão seus objetivos de melhor e mais rápida maneira. Logicamente, pelas pernas serem o foco da maioria delas, acabam por se esquecer da parte superior do corpo. Mas, o que isso pode resultar, afinal?

    mulher-treino-membros-inferiores

    Em primeira instância, a níveis físicos, os desníveis musculares, o desequilíbrio entre uma parte inferior muito fortalecida e uma superior muito mal desenvolvida pode fazer com que o corpo não só esteticamente fique ruim, mas passe a ser prejudicado em suas funções ortopédicas, em suas funções locomotoras e, principalmente durante os exercícios resistidos com peso, que de uma forma ou de outra necessitam manter o máximo de estabilidade corpórea.

    Em segunda instância, uma mulher ter membros inferiores desenvolvidos é excelente e realmente bonito, pelo menos para a maioria das pessoas. Porém, se o tronco não acompanhar esses membros inferiores, teremos o mesmo problema dos “homens triângulos invertidos”, com ombros largos e pernas finas, porém neste caso teremos um triângulo em sua forma natural.

    Mas, independente desses aspectos, o excesso de treinamento não ajudará em nada no desenvolvimento dos membros especificamente treinados. Para que eles possam se desenvolver de maneira adequada é preciso estimular o corpo inteiro, tanto porque a síntese proteica necessária para ocasionar o crescimento muscular, acontece no corpo inteiro. O excesso de treinamento não possibilitará ao músculo que ele se recupere adequadamente, causando treinamentos cada vez mais submáximos e não dando tempo para o músculo em si se desenvolver adequadamente.

    Assim, uma boa periodização de treinamento de membros inferiores para mulheres varia de 1-2X por semanas, e isso já é mais do que suficiente para estimular o crescimento muscular.

    Entenda mais: http://dicasdemusculacao.org/treino-de-pernas-quantas-vezes-por-semana-eu-devo-treinalas/

    Cupom de Desconto DDM

    Mito 2: Mulheres não precisam de suplementos alimentares

    A grosso modo, quanto menos pudermos utilizar suplementos alimentares melhor será, uma vez que a comida sólida variada já possui substratos suficientes para a manutenção corpórea. Entretanto, para esportistas e praticantes árduos de atividades físicas, essas necessidades podem não ser devidamente supridas, fazendo com que haja algum tipo de déficit o qual possa ocasionar prejuízos na performance e na saúde.

    Especificamente no caso das mulheres, pela questão hormonal, é bastante interessante a suplementação com cálcio, pois com o passar dos anos a camada permutável de cálcio dos ossos tende a ser diminuída, fazendo com que haja deficiência do mineral nos ossos, resultando em problemas como a osteoporose, por exemplo. Além disso, justamente para favorecer o metabolismo do cálcio, faz-se conveniente a administração de outras vitaminas e minerais como o Zinco, o Magnésio, o Fósforo e até mesmo a Vitamina D3.

    Além dos micronutrientes, pode ser necessário algum tipo de complemento de macronutrientes, desde os proteicos, aos energéticos.

    Outros suplementos que merecem bastante ênfase são os ácidos graxos essenciais, em especial o ômega-3. Ele auxiliará na diminuição de processos inflamatórios, aumentará a metabolização geral do corpo, auxiliará na constituição das membranas do tecido nervoso, entre outras muitas funções.

    mulher-bebendo-suplemento

    Não há regra geral do que se deva ou não utilizar nesse âmbito por mulheres, entretanto faz-se conveniente que alguns ergogênicos, mesmo que considerados suplementos, não devem ser usados pelo público feminino. Entre esses estão, por exemplo, os PHs ou pró-hormonais.

    Assim, de maneira equilibrada, e havendo necessidades, mulheres também podem fazer uso de suplementos.

    Entenda mais: http://dicasdemusculacao.org/mulheres-os-suplementos-alimentares-e-os-exercicios-como-seus-aliados/

    Mito 3: Gordura as deixará gordas

    Há muitas frequências não compreendidas por ambos os sexos, mas pela preocupação e vaidade, as mulheres são grandemente atingidas por mitos e por mais que estejam com as melhores intenções para si, acabam sendo prejudicadas por essas ilusões.

    Há muitos anos atrás, muito artigos sobre os lipídios diziam que estes eram macronutrientes vilões na dieta. Porém hoje, depois de inúmeros estudos, sabemos que estes são macronutrientes não vilões a saúde, mas sim fundamentais para que diversos processos sejam feitos com exatidão e otimizados.

    Especificamente para mulheres, os lipídios representam fatores relacionados ao metabolismo hormonal geral. Aliás, percebe-se que adolescentes do sexo feminino as quais tem uma dieta inadequada em lipídios acabam resultando em problemas como menarca atrasada, mau desenvolvimento de estruturas sexuais, baixo peso, entre outros.

    mulher-comendo-abacate

    Por isso pare de pensar que comer gorduras irá te deixar mais gorda. Aprenda a comer boas gorduras e você verá que os seus resultados não só na academia, mas na saúde em geral, irão se tornar muito melhores!

    Entenda mais: http://dicasdemusculacao.org/entenda-o-que-sao-lipidios-e-sua-funcao-dentro-do-organismo/

    Conclusão:

    O mundo da musculação é algo com muitos mitos, pois diferente de 2+2 = 4, a musculação é algo que deve ser aplicado ao seu corpo e ver se você vai ter resultados. Neste esporte, nem sempre o que funciona para 90% das pessoas irá funcionar para você, pois isso existem muitos mitos e inverdades.

    Porém mesmo com esta individualidade, existem regras gerais que se aplicam a todas, como ingestão de lipídios, descanso do músculo e etc. Por isso, não se deixe levar por mitos e inverdades. Busque sempre o conhecimento e aplique-o em sua individualidade. Essa é a diferença entre quem tem sucesso e quem busca ele.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */