• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Conheça melhor o ácido linoléico mais conhecido como CLA

    Descubra os benefícios do ácido linoléico e se realmente ele compensa pelo preço

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    O ácido linoléico conjugado, mais conhecido como CLA é o resultado da mistura entre isômeros do ácido linoléico com duplas ligações conjugadas.

    Conheça um pouco mais sobre o ácido linoléico conjulgado e saiba se seus efeitos realmente valem a pena.

    [ad#2]Ele pode ser formado através da biohidrogenação incompleta de ácidos graxos poliinsaturados no rúmen ou, endogenamente, por uma enzima presente no tecido adiposo que dessatura alguns ácidos graxos.

    Hoje, existem 9 isômeros de ácidos linoléicos naturais.

    Hoje, tem-se como base principal de função do ácido conjugado linoléico, o aumento que ele supostamente tem na atividade da lípase e, consequentemente na lipólise.

    Cupom de Desconto DDM

    Além disso, em algumas pesquisas, mostrou-se que o CLA pode aumentar o gasto energético e a oxidação de lipídios. Outra hipótese, relacionada a isto, é a de mobilização de gordura visceral em resposta às catecolaminas, induzindo a lipólise.

    O CLA supostamente ainda inibe células epiteliais e a redução do número de células de pré-adipócitos.

    Além disso, o CLA possui possível efeito termogênico, relacionado a indução na expressão gênica de proteína desacopladoras no tecido adiposo.

    Alguns isômeros do CLA ainda tem afinidade aos receptores de ativação e proliferação peroxissomal, que controlam a b-oxidação, o transporte de ácidos graxos e a diferenciação de adipócitos.

    Porém, em controversa, o CLA não possui evidências científicas no tratamento de obesidade humana, podendo ajudar homens, apenas, em questões de gordura visceral abdominal e, em alguns casos de obesidade, apenas.

    Conclusão:

    Apesar de pesquisas laboratoriais com alguns animais, mostrarem benefícios com o ácido linoléico conjugado em animais, não foi observado benefício algum no que se diz respeito aos benefícios ao ser humano.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    Um Comentário

    1. Túlio Otal 5 anos atrás


    /* */