• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Selênio: conheça a importância deste mineral na saúde

    O selênio é um importante mineral para bom funcionamento da vida, conheça seus benefícios, recomendações de uso, fontes de ingestão e os malefícios do excesso de ingestão do selênio.

    Considerado como um elemento traço, por ser necessário em quantidades muito pequenas no corpo, o selênio é um mineral que facilmente pode ocasionar toxicidade, apesar de sua essencialidade a alguns processos metabólicos, em especial os que envolvem as selenoproteínas, enzimas dependentes do mineral para sua funcionalidade.

    Conheça os benefícios do selênio para o praticante de musculação

    Comprar suplemento ZMA da Xcore Nutrition

    Entretanto, mais do que isso, o selênio é um mineral que muitas vezes não recebe a devida atenção e é negligenciado desde o indivíduo sedentário até o praticante de atividades físicas. Desta forma, vamos conhecer a importância e relevância desse mineral e saber como fazê-lo sempre presente em nossa dieta nos adequados níveis.

    As selenoproteínas

    Existem cerca de 25 selenoproteínas conhecidas. Elas apresentam várias funções, dentre as quais se destacam:

    • As Glutationas Peroxidases: Enzimas antioxidantes, que interagem em especial com o peróxido de hidrogênio, e os hidroperóxidos de lipídios. Por ser antioxidante, elas protegem danos celulares causadas por essas espécies reativas de oxigênio.
    • Tiorredoxina redutase: Sendo uma conjunção de Tiorredoxina, participa na regeneração de antioxidantes tais quais o ácido ascórbico. Ela é ainda responsável por uma das regulações no crescimento celular.
    • Iodotironina redutase: Devido a glândula Tireóide produzir quantidades baixas de T3, que é seu hormônio ativo e mais potente, liberando assim maiores quantidades de T4, essa é uma das enzimas responsáveis pela catalização da reação intracelular de T4 em T3.
    • Selenoproteína P: Encontrada no plasma, é um antioxidante e está envolvida ainda com as células endoteliais vasculares.
    • Selenoproteína W: Encontrada no músculo, ela ainda não tem definição de função, por apresentar-se diferente em diferentes espécies animais.
    • Selenofosfato sintase: Em incorporação com a selenosisteína participa de reações relacionadas ao código genético.
    • Metionina-R-Sulfóxido redutase: Catalisa reações da metionina oxidada.
    • 15 kDA Selenoproteína: Proteína presente em mamíferos, ela é co-enzima da ligação da UDP-glicose. Também é antioxidante.
    • Selenoproteína V: Participa da espermatogênese.
    • Selenoproteína S: Está envolvida com processos inflamatórios e com o sistema imunológico.

    Em processos hormonais, o selênio faz-se presente na produção de hormônios importantes como a testosterona, também. Isso já explica a importância desse mineral para a o praticante de musculação, que requer bons níveis desse hormônio para a construção de massa muscular, para boas taxas metabólicas etc.

    A deficiência de selênio na dieta

    Apesar de requerido em baixíssimas quantidades, alguns indivíduos podem apresentar déficit nos níveis de selênio no corpo, causando desde má produções hormonais ou utilização dos hormônios, a falta de agentes antioxidantes, o que aumenta os danos celulares naturais.

    Entre algumas outras características das deficiências causadas por selênio, incluem a fraqueza muscular, perda muscular, cardiopatias. Pessoas que tem problemas na absorção de nutrientes ou que tem parte do intestino removido devem atentar-se às maiores chances de deficiência de selênio, que pode vir, inclusive a gerar a doença de Crohn.

    O Selênio na prevenção de inúmeras doenças

    Primeiramente, é importante sabermos que o selênio é um mineral fortemente associado ao sistema imunológico, portanto, é capaz de prevenir algumas tantas doenças. Entre elas, destacam-se alguns fatores os quais veremos a seguir:

    Cupom de Desconto DDM

    Infeções virais: A deficiência de selênio tem se mostrado presente em quadros de algumas infecções virais. O aumento do estresse oxidativo causa mudanças em algumas expressões genéticas que levam a maiores propensões a esse estado de virulência por conta do corpo não conseguir lidar como deveria com o vírus.

    Câncer: Alguns estudos mostram que deficiências de selênio podem causar maiores propensões ao câncer e, seu consumo adequado pode prevenir a mesma propensão.

    Diabetes Millitus Tipo II: A DMT2 está também associada a alguns danos oxidativos, o que pode fazer com que as células tornem-se mais resistentes à insulina. Esse quadro pode levar a problemas estéticos também como o aumento da gordura visceral, sobrepeso, entre outros.

    Duas castanhas do pará são o suficiente para atingir recomendações de selênio

    Excesso de selênio e toxicidade

    Por ser um mineral traço e, portanto ser necessário em baixas quantidades ao corpo, como já citado anteriormente, facilmente podemos causar quadros de toxicidade com doses altas de selênio. Essa toxicidade pode causar problemas como a perda de cabelo, distúrbios gastrointestinais, rachaduras na pele, respiração com “cheiro de alho”, irritabilidade, fadiga, anomalias no sistema nervoso e etc.

    A suplementação com selênio vale a pena?

    Hoje em dia vemos muitas propagandas estimulando o uso de nutrientes dos mais diferentes e, não poderia ser aquém disso com o selênio. Indicado para a “saúde”, para “emagrecer”, para o “aumento de massa muscular”, entre outros, muitos indivíduos são “induzidos” ao uso de selênio de fontes encapsuladas e outras. Isso apresenta um sério risco pelos fatores citados no tópico anterior. Portanto, manter uma alimentação saudável é a melhor forma de manter também níveis equilibrados de selênio.

    Costumo dizer que a ingestão de apenas 2 castanhas do pará já são mais do que suficientes para atingir os níveis diários de selênio do ser humano. Por isso acho totalmente dispensável a suplementação deste mineral.

    Fontes de selênio

    Abaixo, uma tabela simples sobre algumas das principais fontes de selênio:

    Fontes de selênio

    Lembrando que a concentração de selênio encontrada em fontes vegetais, vai depender também do solo ao qual o vegetal foi plantado, por isso pode variar um pouco para cima ou para baixo de acordo com a tabela apresentada. No caso de fonte animal, vai depender também de onde estes animais pastaram, se o solo naquela região do pasto era rico e propicio para melhor o nível de selênio.

    Outra dica sobre a ingestão do selênio é sobre o cozimento do mesmo. Cozinhar algum alimento com mais de 100ºC faz com que o selênio se perca, cuidado.

    Recomendações diárias de selênio

    Recomendações diárias de selênio

    Conclusão:

    Um importante mineral que é negligenciado por muitos, mas, que por sorte é necessário em baixíssimas quantidades no corpo. Entretanto, vale sempre lembrar da importância e DEVER de uma alimentação saudável para uma boa vida e, claro, performance física.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */