• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Creatina: Saiba como fazer a saturação

    Você esta em dúvidas de como fazer a saturação de creatina? Este artigo com certeza irá te dar algumas dicas:

    Muito se ouve falar sobre o uso da creatina com ou sem saturação. A grande verdade é que ambos os métodos (com ou sem saturação) irão funcionar.

    A saturação de creatina gera muitas polêmicas. Independente disso, saiba como fazer da maneira correta.

    Porém, quando utilizamos um suplemento, queremos o protocolo mais eficaz e mais rápido, não é mesmo? Afinal, pra que esperar ganhos se você pode obtê-los de maneira mais rápida? Saturar a Creatina não é desperdício JAMAIS e, ainda exibe um resultado mais rápido.

    Mas o que é a saturação, como fazê-la e qual o protocolo após ela?

    Primeiramente, saturar significa dar uma sobrecarga maior ao corpo, afim de fazê-lo encher seus receptores com a substância. Após isto, devemos fazer a chamada fase de manutenção, que é apenas a reposição dos estoques que serão gastos.

    Vídeo: Saturação da creatina

    Uma das duvidas mais comuns hoje em dia em quem usa a creatina é a respeito da saturação da mesma. Deve-se fazer ou esse protocolo não é mais necessário? Pensando nisso, gravamos um vídeo em nosso canal no Youtube que fala exatamente sobre a saturação da creatina e responde todas as duvidas que os praticantes de musculação possuem sobre a mesma. Assista abaixo:

    Abaixo, você poderá entender melhor um exemplo bastante claro sobre a saturação da creatina. E com o exemplo abaixo e a explicação do vídeo você entenderá como fazer a sua saturação, correto?

    Como saturar:

    0,3g/kg de creatina ao dia com 0,5-1g/kg de carboidratos de alto índice glicêmico em cada tomada divididos em 4 tomadas ao dia. Por exemplo, se você pesa 70kg:

    21g de creatina por dia.

    – Ao acordar: 5,25g de creatina + 35g de Maltodextrina

    – Ao meio do dia: 5,25g de creatina + 35g de Maltodextrina

    – Imediatamente após o treino: 5,25g de creatina + 70g de Maltodextrina

    – Antes de dormir: 5,25g de creatina + 35g de Maltodextrina

    Após os 7 dias, devemos manter a fase de manutenção que dá-se por 0,1g/kg de creatina, utilizados no pós-treino com 0,5-1g de carboidratos de alto índice glicêmico.

    Seguindo o protocolo para o atleta de 70kg, teríamos:

    – Imediatamente após o treino: 7g de Creatina + 70g de maltodextrina

    E agora, ainda vê a saturação de creatina como apenas um desperdício?

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    Banner_600x300_ProzisSports_Creatina

    136 Comentários

    1. Betão Marcatto 2 meses atrás
    2. José Manoel Sampaio 3 meses atrás
    3. Toju 4 meses atrás
    4. Ailton Souza 5 meses atrás
    5. Davi Dantas 7 meses atrás
    6. Jackson 9 meses atrás
    7. Amanda 9 meses atrás
    8. Junior 9 meses atrás
    9. raphael santos 10 meses atrás
    10. sheila 10 meses atrás
    11. Ádamo 10 meses atrás
    12. vinicius 12 meses atrás
    13. Jorge Maia 12 meses atrás
    14. Lucas 1 ano atrás
    15. Fernando 1 ano atrás
    16. Gustavo 2 anos atrás


    /* */