• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    O crossfit e a musculação são esportes que podem andar juntos?

    Descubra se o Crossfit e a musculação são dois esportes que podem andar juntos ou não.

    Nos últimos tempos, uma das modalidades esportivas as quais mais vem crescendo no cenário mundial é a do crossfit, sendo esta, praticada nos diferentes cantos do mundo e pelos mais diferentes tipos de indivíduo em nível amador ou profissional. Apesar dessa crescente tanto em prática, quanto em divulgação, desenvolvimento de estudos e métodos de treinamento, algumas pessoas ainda questionam o quão pode ou não ser produtivo ao praticante de musculação executar exercícios de crossfit ou mesmo inseri-los em sua rotina, a fim de complementar seus treinamentos básicos com pesos.

    exercicios-de-crossfit

    Como recebo muitas perguntas como estas, resolvi escrever um artigo para tentar sanar todas as dúvidas. Neste artigo vamos entender o que é o crossfit, como ele vem se comportando nas academias de musculação e que tipos de pessoas podem se beneficiar deste exercício junto da musculação. Se você gosta do esporte, quer praticá-lo, mas leva a musculação como opção principal, vale a pena a leitura.

    O CrossFit

    Nadar, pedalar, correr, saltar… Essas são algumas práticas conhecidas dentro do CrossFit, mas ele ainda envolve pulos em cordas, levantamentos básicos e auxiliares de peso, transporte de peso, movimentações específicas corporais, entre outros tantos exercícios, buscando a necessidade de um trabalho físico, corpóreo e neuromotor ímpares e propondo trabalhos extremamente completos.

    exercicio-cabeca-para-baixo

    O CrossFit, que por muito é utilizado em academias policiais de elite, como a de operações táticas, especiais ou mesmo por forças militares, trata-se de uma sistematização de treinamentos de força e de condicionamento físico que visa melhora em aspectos relacionados a força, velocidade, flexibilidade, habilidade/destreza corporal e manual, potência, precisão, agilidade, resistência, coordenação e controle muscular, equilíbrio e estabilidade, entre outros.

    Buscando a especialização através da não especialização, ou seja, buscando tornar-se amplamente apto a executar os mais diferentes tipos de exercícios físicos e não somente um tipo deles (por exemplo, visando combinar velocidade, explosão, força, resistência etc e não somente força explosiva), o CrossFit vem sendo indicado aos mais diferentes objetivos por não apresentar melhoras e benefícios em apenas um termo, mas de maneira bastante geral no corpo, o que contribui para uma íntegra estruturação de seus praticantes. Desta forma, com diferentes objetivos, pessoas vem buscando alternativamente a prática do CrossFit a fim de melhorar um ou mais aspectos, sejam eles relacionados ao físico e a estética, a qualidade de visa e a saúde ou mesmo a reabilitação.

    Basicamente, podemos resumir o CrossFit em seus pontos fundamentais:

    •  Os movimentos funcionais: Movimentos que através de ampla solicitação corpórea, buscam trazer movimentos que sejam úteis a realidade do dia-a-dia;
    • Estímulos variados e com mudanças constantes: Através da prática diversificada de exercícios, estimula-se o corpo cada vez de uma maneira diferente, fugindo de aspectos como a adaptação corpórea, muscular e neuromuscular;
    • Alta intensidade: Não somente quando falamos de um tipo de treino ou modalidade é que empregamos o termo “alta intensidade”. Esse, também pode ser aplicado com uma combinação de submodalidades. Através do máximo de intensidade em cada umadelas praticada no CrossFit, conseguimos estimular o corpo cada vez mais intensamente, melhorando aspectos visíveis e invisíveis. A grosso modo, passa-se a ter benefícios não somente nos quesitos relacionados a estética corpórea, mas ainda, melhoras em níveis de produção hormonal, sensibilidade a hormônios, desenvolvimentos de capacidades neurológicas etc.

    O CrossFit auxiliando na musculação para ALGUNS indivíduos

    Quando falamos no CrossFit auxiliando os trabalhos de musculação clássica, devemos ter em mente o tipo de pessoa com a qual estamos lidando. Isso porque, algumas se beneficiarão com essa prática e outras não. Para alguém que busca uma melhor qualidade física e de vida, um desenvolvimento amplo do corpo e melhor saúde, por exemplo, sem sombra de dúvidas, haverão ótimos benefícios. Por outro lado, uma pessoa que busque máximos resultados na academia, que visa um trabalho e um objetivo específico, certamente não se beneficiará, visto já seu volume necessário de treino básico e objetivo.

    Diferente de alguém que busca uma melhora no corpo como um todo, a estética de um bodybuilder frente ao seu esporte é o que lhe importará realmente. Já para uma pessoa que pretende melhorar suas condições físicas, respeitando suas limitações (por exemplo, não passaríamos treinos com saltos e afins para uma pessoa com condromalácia patelar ou com algum problema articular nas pernas mais restritivo), pessoas as quais desejam uma melhoria nos quesitos sociais e psicológicos, pessoas as quais desejam uma mescla de atividades em sua rotina de treinamentos entre outras, certamente o CrossFit possui certa aplicabilidade.

    Muitos são os bodybuilders e atletas de força que criticam a prática do crossfit. Porém, da mesma maneira que estas modalidades buscam respeito e tem sua eficácia para certos públicos, o cossfit também merece respeito e tem sua aplicabilidade (apesar de ele ser uma forma adaptada de muitos exercícios da musculação clássica).

    exercicio-carregando-outra-pessoa

    É importante sabermos que a musculação clássica já pode suprir praticamente tudo que o crossfit realiza, e com a vantagem de poder ser aplicada com segurança a um público bem maior e que possua restrições. Porém, o CrossFit é uma maneira interessante de inserir novos métodos e tonar aulas mais interessantes e motivantes. Portanto, ambos terão grandes aplicações, desde que respeitados seus limites e avaliados os públicos os quais serão destinados.

    Conclusão:

    Sendo ambas as modalidades bastante benéficas, o crossfit é uma derivação de várias pequenas modalidades e técnicas implementadas simultaneamente as quais são possíveis de fornecer benefícios diversos a uma boa gama de indivíduos (porém, menor que a musculação).

    Já a musculação tradicional, esporte mais antigo da humanidade, é um esporte o qual visa muitas melhorias ao corpo e à mente e pode suprir uma gama muito superior de indivíduos os quais serão propiciados de benefícios.

    Ao escolher uma modalidade e outra, deve o profissional ter em mente o público e o objetivo específico que serão trabalhados a fim de elaborar aulas as quais aliem ou não as modalidades em questão. Portanto, a busca por um profissional qualificado, adequado e que esteja apto para ambos os casos é mais do que fundamental.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */