• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Dica rápida: Cuidado com o excesso de alimentos integrais e fibras

    Ao ler o título desta dica, a primeira coisa que você deve ter imaginado é: “Nossa, mais uma descoberta” ou “Lá vem mais alguma dica sensacionalista”, não é mesmo? Tudo bem, eu não devo tirar sua razão em pensar assim… Mas calma, o que quero discutir neste artigo não é mais uma mirabolante descoberta ou tampouco revolução. É apenas uma concepção errônea que muitos fazem sobre os alimentos integrais e, posteriormente sobre as fibras alimentares.

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Mas, será que alimentos integrais são realmente importantes? A resposta é que sem dúvida sim, mas isso, todos nós estamos saturados de saber. Que eles possuem teores consideráveis de vitaminas do complexo B, que possuem fibras solúveis e insolúveis também… E até mesmo que possuem um teor proteico e de lipídios insaturados maior do que alimentos processados ou refinados também já é de nosso conhecimento. Outra coisa que chama muito a atenção e pode ser de extrema valia no controle do apetite e controle glicêmico (principalmente para diabéticos) é o índice glicêmico reduzido que esse tipo de alimento apresenta, fazendo com que a liberação de insulina seja menor ou, pelo menos, gradual e a absorção também seja mais lenta, não disponibilizando de uma só vez energia em excesso ao corpo.

    Cupom de Desconto DDM

    Porém, com o passar dos anos, o que foi observado foi o exagero do consumo desse tipo de alimentos. O sensacionalismo e o marketing em cima deles cresceu tanto que é só olharmos nas prateleiras e vemos torradas, arroz, macarrão, bolachas, pães, salgadinhos e tudo mais feitos ou parcialmente feitos com farinha de trigo integral ou algum composto do gênero. E é justamente esse exagero (como por exemplo altos teores de lignina, um tipo de fibra insolúvel) que comprovadamente pode comprometer a absorção de outros nutrientes importantes para o corpo como o zinco, o ferro e até mesmo alguns lipídios (principalmente quando a dieta já é relativamente baixa em lipídios). O zinco, entre suas diversas funções, está associado na produção hormonal, por exemplo. Já o ferro, no transporte de oxigênio para as células do corpo e os lipídios, para funções não somente energéticas, mas como matéria prima hormonal e de eicosanóides para o corpo.

    As fibras por sua vez, também são carboidratos (que não apresentam valor energético algum) e que podem ser classificadas em:

    Solúveis: Como a pectina, presente na maçã, auxiliando na absorção do LDL;

    Insolúveis: Como a celulose, presente em vegetais, auxiliando no aumento do bolo fecal e consequentemente no trânsito intestinal.

    Todavia, fibras em excesso também fazem com que o trânsito intestinal possa ser prejudicado, na medida em que o mesmo pode aumentar tanto e, principalmente na ausência de água, causar uma real obstrução sendo em alguns casos mais graves até mesmo uma lavagem para a retirada do material ali presente.

    Conclusão:

    Os alimentos integrais e as fibras são extremamente saudáveis para o corpo e devem estar presentes em uma dieta equilibrada e saudável. Todavia, como tudo, seu excesso pode ser extremamente prejudicial, fazendo com que os benefícios sejam trocados por sérios prejuízos. Fique atento.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    4 Comentários

    1. jhennie 10 meses atrás
    2. Leandro 3 anos atrás
    3. geovane 5 anos atrás
    4. geovane 5 anos atrás


    /* */