• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Dicas para prevenir lesões – Pt2

    Para quem pratica esportes, o pior pesadelo são as lesões. Aprenda algumas dicas para se prevenir! Pt2

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    Continue entendendo, nesta segunda parte sobre a prevensão de lesões na musculação…

    Dentre os erros mais comuns que ocasionam lesões que podemos assim citar é, em primeiro lugar, sem sombra de dúvidas a execução incorreta de algum tipo de exercício. Por exemplo, é normal vermos pessoas se entortando (formando arcos com a região lombar da coluna vertebral) demais para realizar pulldown. Geralmente essas pessoas, além de formarem os tais arcos enormes, estão acompanhados de trancos por uma carga que pouco agüentam e, claro, a ausência do salve salve cinturão. Além da sobrecarga na coluna, ainda temos fatores que, devido aos trancos, são extremamente prejudiciais às articulações dos ombros. Aliás, o tão amado manguito rotator que diga isso, não é mesmo?

    Cupom de Desconto DDM

    Outros exercícios muito mal executados são os agachamentos (principalmente na porcaria do Smith Machine! Ah… Isso deveria é ser proibido!) e os supinos (principalmente com barra). Seja por tranco, angulação errada, falta de cinturão, falta de controle com as barras ou seja lá o que for. Exercícios multiarticulares, compostos e que, geralmente utilizamos muita carga não só entram nesse patamar de periculosidade a lesões, mas devem receber atenção especial. E, quando digo atenção especial não quero dizer evitá-los, muito pelo contrário. Estes são exercícios extremamente importantes e que DEVEM estar no programa de treinamento, sem qualquer sombra de dúvidas. Na verdade, com a atenção sugerida, refiro-me a forma de execução principalmente, proteções que devem ser utilizadas (faixas, munhequeiras, cinto etc) e fatores complementares de segurança como bons equipamentos e pessoas qualificadas que estejam a sua volta auxiliando-o. Pequenos detalhes importantes, como por exemplo, o posicionamento das mãos perante a barra no agachamento (que devem estar parecidas com a posição das mesmas no supino, semi flexionadas para cima) ou até mesmo os pés de pato no mesmo exercício ou a posição apoiada da região lombar no desenvolvimento com halteres fazem toda a diferença na estabilidade, distribuição da sobrecarga e, posteriormente e consequentemente, na prevenção de lesões.

    Além disso, devemos ficar atentos ao iniciar e finalizar um exercício, em especial para guardar ou para retirar as barras dos hacks, nos exercícios livres. Trancos e tiradas bruscas, assim como na hora de guardar, podem comprometer a estabilidade inicial do exercício e também a parte final do exercício, na qual o músculo além de tudo, já estará fadigado o suficiente para ocasionar uma grande lesão por pura bobagem. Logo, nada de soltar a barra bruscamente no levantamento terra, ou guardar de qualquer jeito no hack ou, quem sabe jogar pesos levando o movimento da coluna vertebral junto.

    Acompanhe a terceira parte sobre as dicas para prevenir lesões!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    Um Comentário

    1. Alex 6 anos atrás


    /* */