• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Dicas para prevenir lesões – Pt3

    Para quem pratica esportes, o pior pesadelo são as lesões. Aprenda algumas dicas para se prevenir! Pt3

    Comprar Suplemento BCAA Optimum Nutrition

    Conheça a terceira parte deste interessante artigo que mostra erros que podem ser fatais dentro de uma academia… Previna-se já contra lesões!

    E, essa história de parceiros ou pessoas para auxílio, ainda me leva a reflexão sobre um outro erro freqüente e tão grave quanto o primeiro: Pessoas desqualificadas a sua volta.

    [ad#2]Quem nunca precisou de algum tipo de auxílio que atire a primeira pedra. Porém, é importante que o auxílio seja feito da maneira correta, pois, caso contrário, ele poderá ser muito mais um fator prejudicial e acarretar danos do que ser benéfico e, claro, trazer complementos positivos a um treino com alta intensidade. Além da maneira correta de ajuda, atenção é fundamental. Não precisamos de ninguém que, ao invés de prestar atenção no que estamos fazendo, viram o rosto e conversam com pessoas ao redor, sem observar os mínimos detalhes do que está acontecendo naquele instante, naquele exercício que, em questão de segundos pode se tornar um pesadelo tremendo.

    Em primeiro plano, é importante que haja qualificação do ajudante, ou seja, que ele saiba o que está fazendo e porque está fazendo. E para isso, deve conhecer o esporte, os exercícios e a biomecânica dos mesmos.

    Cupom de Desconto DDM

    Quantas e quantas vezes vi pessoas auxiliando outras no agachamento PELA BARRA! Isso é um absurdo ao meu ver! Ajudando pela barra, por exemplo, neste caso, você tende a desequilibrar quem está executando o exercício (e o pior não é nem quando o desequilíbrio é lateral pois há muito mais chances e reestabilização, mas sim, quando é para frente ou para trás o desnível) e, pasme, em alguns casos até mesmo fazer a barra pesar mais. Ajuda pelo agachamento é PELO TRONCO, CINTURA OU CINTURÃO!

    Eu mesmo já sofri uma queda nos primeiros 6 meses de academia por esse motivo. Estava agachando na terceira série com algo em torno de 120kg para umas 10 repetições. Pedi para que o sujeito me auxiliasse caso precisasse e, antes mesmo de eu começar a falhar ele já estava com a mão na barra e, puxando para trás. Resultado: Queda! Menos mal que consegui jogar a barra pra trás e me atirar na gaiola, evitando um acidente maior.

    Além disso, na maioria dos casos, o ajudante deve ter força suficiente para eventuais emergências e não unicamente para “ajudar”.

    Imagine-se no supino com 150kg. Não é um peso extremamente alto, mas é suficiente para machucar caso caia em determinadas partes do tronco, principalmente porque aí contaríamos com o peso da queda (fisicamente, multiplicando peso * gravidade = massa * gravidade + deslocamento (delta final – inicial) – resistência do ar). E ainda deveríamos levar em consideração a aceleração média. Mas, como física está longe de ser meu foco, vamos prosseguir…

    …E na semana que vem, conheça algumas partes conclusivas deste artigo que deveria ser lido por qualquer praticante de musculação…

    Acompanhe a quarta parte sobre as dicas para prevenir lesões!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    2 Comentários

    1. Michele 4 anos atrás
    2. Nilson Costa 4 anos atrás


    /* */