• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Divisão de treino de ombros de Dennis James e principais comentários

    Conheça um treino básico e simples de ombros realizado pelo atleta profissional Dennis James!

    Dennis James, atleta IFBB PRO pode ser inserido entre atletas da era das grandes massas. Seu desenvolvimento incrivelmente grande o fizeram e o faz um dos melhores atletas dessa categoria, comprovando que é capaz combinar períodos de off season extremamente “largos” com bons períodos de pre-contest. Hoje, conheceremos um seus treinamentos de ombros e conheceremos os principais exercícios realizados pelo mesmo.

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    Como típico desses atletas e, como não poderia ser diferente com James, treinos básicos e simples favorecem seu desenvolvimento. Os treinos de ombros de DJ normalmente envolviam exercícios simples e adições de técnicas existentes e adaptadas pelo atleta para si.

    # Desenvolvimento na Smith Machine pela frente

    A maioria dos atletas profissionais não costuma contar número de repetições e, algumas vezes nem mesmo as series. Isso porque, normalmente se trabalhamos de maneira máxima, não precisamos contar repetições, mas sim, estabelecer uma média margem para trabalho ou seja, 6-10 ou 4-6, 6-8 ou outra qualquer a depender do objetivo e da individualidade. Assim, James iniciava seu treino com o desenvolvimento pela frente na Smith machine com 2 séries submáximas, ou seja, de aquecimento, uma máxima com um número alto de repetições (em torno de 10), uma máxima ajudada com menos repetições (em torno de 6-8), uma com travamento no Smith, utilizando apenas a fase positiva, com uma última da mesma maneira, mas, auxiliada, também. Essa última técnica, possibilita um aumento de força e, consequentemente das fibras brancas na musculatura, causando aparência sólida e, claro, de densidade.

    # Elevação lateral sentado

    Dennis realizava este exercício com pouco peso (relativo a que alguns atletas usam), mas, com uma técnica diferente: Com as palmas das mãos voltadas para trás. Uma série submáxima, duas máximas sem auxílio e mais uma última com um duplo ou triplo set seguido, sendo o primeiro auxiliado com muito peso e baixas repetições o segundo auxiliado e com repetições mais altas, com menor peso e um último com baixo peso e altas repetições sem auxílio. Essa técnica de exercício com drops ao final, possibilita um melhor bombeamento de sangue ao músculo alvo e uma melhor distribuição de nutrientes, por hora.

    Cupom de Desconto DDM

    Foto do exercício: http://img62.imageshack.us/img62/1731/elevaolateralsentado.jpg

    # Elevação diagonal em pé

    Poucos sabem que estão fazendo, mas, normalmente quando “roubamos” em elevações laterais, as fazemos com uma elevação em sentido diagonal, o que, na verdade é uma combinação entre elevação lateral e frontal. O fato é que atletas diferenciados como DJ realizam propositalmente o exercícios e, sem roubos, causando uma eficácia tremenda entre a parte lateral e posterior dos deltoides.

    Dennis realizava apenas 2 séries máximas de repetições médias, sem grandes segredos.

    Foto do exercício: http://dicasdemusculacao.org/wp-content/uploads/elevacao-diagonal.jpg

    # Crucifixo inverso na máquina

    Para a parte posterior dos ombros, o primeiro e praticamente único exercícios específicos era o crucifico na máquina (inverso), sendo ele realizado em 3 séries. Uma submáxima, uma máxima e uma última máxima ajudada, também, sem grandes segredos ou técnicas mirabolantes.

    Foto do exercício: http://migre.me/cbZ1l

    # Elevação frontal sentado com pegada neutra

    Em 4 drop sets, DJ utilizava pegada neutra no exercício, valorizando a parte superior dos deltoides (e frontal também), além de, com os drop sets nesse último exercício recrutar fibras vermelhas em longa escala e, principalmente um bombeamento final de sangue à musculatura, promovendo um excelente e anabólico final de treino.

    É importante lembrar que Dennis NÃO realizava roubos e, conforme os drops aconteciam e o peso diminuía, o número de repetições aumentava.

    Foto do exercício: http://migre.me/cbZ0i

    Conclusão:

    Em um treinamento básico, utilizando técnicas simples e com uma sinergia excelente, iniciando o trabalho com os deltoides frontais e indo para os laterais e posteriores, Dennis James pôde provar que é possível construir uma densidade muscular incrível de maneira simples, rápida e sem grandes invenções. E então, que tal optar pela linha “básica” e parar de errar com tantas novas invenções?

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    Um Comentário

    1. Wanderley 4 anos atrás


    /* */