Exercício supino reto com halteres

POR -

Aprenda a variar o exercício de supino reto com barra e mude-o para halteres!

O supino reto talvez seja o exercício mais comum dentro dos principais ginásios, ou academias de musculação. Sendo um exercício um tanto quanto viril, típico e já consagrado, o supino reto compõe o eixo dos três movimentos básicos da musculação sendo eles o levantamento terra, o agachamento livre e, ele próprio, o supino.

Entre as mais diferentes variações de supino (declinado, inclinado em angulações diferentes – tipicamente a mais utilizada é a 45º), a mais comum continua sendo no banco plano, ou mais conhecido como supino reto. E não é a toa que dificilmente adentramos a uma academia e não vemos pelo menos um indivíduo realizando o exercício.

Apesar do supino reto ser um exercício extremamente fácil de acarretar lesões aos deltóides e outras regiões do ombro, aos punhos, aos cotovelos e até mesmo a região cervical e ter uma certa eficácia duvidosa quando comparado com suas diferentes variações, não podemos negligenciar periodizações que envolvam esse exercício dentro do programa de treinamentos. Entretanto, por esses contratempos, algumas escolhas podem ser feitas de maneira mais inteligente, propondo não só variações e diferentes estímulos ao corpo, mas também uma maior segurança e um recrutamento de fibras ainda maior. Que tal então, trocar a barra do supino reto pelos halteres? Seja conhecido como flat dumbell press ou simplesmente, supino reto com halteres, essa é uma variação importantíssima e extremamente utilizada pela maioria dos fisiculturistas. Aliás, devo dizer que são poucos os que optam pela barra no supino reto (com exceção de vídeos e fotos, é claro) pelos mesmos fatores já mencionados.

Por ser um exercício composto, fornece trabalho em diversos músculos auxiliares, possibilitando assim, ganhos gerais tanto em força, quanto em volume.

Mas, afinal, quais são os benefícios do supino reto com halteres? Bem, entre os principais, podemos citar os menores riscos de lesões, menores riscos de acidente, maior recrutamento de fibras musculares, trabalhos unilaterais (para quem possui diferenças significativas nos braços ou peitorais essa é uma boa opção), versatilidade de pegada (enquanto a barra lhe deixa com uma única posição nos punhos, os halteres permitem uma melhor angulação de acordo com a sua biomecânica natural), entre outros.

Então, vamos conhecer melhor o exercício de Supino reto com halteres:

Banner Termogênico Yellow Hornet

Tipo: Força/Hipertrofia
Músculo Foco: Peitorais
Músculos auxiliares: Tríceps/Deltóides anteriores/Abdômen/trapézio/antebraços (para sustentação)
Equipamento usado: Halteres.
Tipo mecânico: Composto
Dificuldade: Média/Fácil
Tipo de força: Empurrão

Conselho de execução: Contrair o abdômen é sempre importante para manter o corpo estável, respirar na descida, expirar na subida. O movimento deve ser feito em velocidade média/lento. É importante estabilizar o cotovelo, pulsos e deltóides para evitar roubos e uma possível lesão. Se necessário ajuda, o parceiro deve ajudar SEMPRE pelos cotovelos.

É importante, durante a realização do exercício, aduzir as escápulas e tentar retirar ao máximo os deltóides do movimento, estufando o peito e projetando a barra um pouco para frente. Com isso, o risco de lesões (principalmente no manguito rotator) diminuem bastante.

Os polegares não devem “entrelaçar” a barra, mas sim, acompanhar os outros dedos, juntamente com o punho que deve estar ligeiramente inclinado para trás, conferindo estabilidade no movimento e principalmente prevenindo que a barra escorregue para frente ou para trás.

JAMAIS, mesmo no aquecimento descuide da pegada ou a faça de maneira errada. Isso pode ser, inclusive, fatal!

JAMAIS deixe os pés flutuando ou fora de contato com o solo. Isso prejudica a estabilidade do movimento e, em uma possível falha, o desequilíbrio pode ser fatal.

SEMPRE use cargas que você possa controlar. E lembre-se que: fisiculturismo é a quantidade de músculo ganho e não quantidade de peso levantado, afinal, fisiculturista não é guindaste, não é mesmo?

Outras variações do exercício são: Com barra, com máquina (articulada ou não), chamadas normalmente de chest press machine e com cabos.

Comentário: Ótimo exercício para adquirir força e trabalhar o peitoral, levando de brinde um trabalho com o tríceps, principalmente em suas menores partes. Pessoas com problemas no cotovelo devem ficar atentas na execução e, parar imediatamente em caso de dor. Se preciso, use munhequeiras (normalmente, por segurança, recomenda-se o uso de munhequeiras, principalmente nas séries pesadas), cinturão (principalmente se estiver fazendo trabalhos de força e explosão) e cotoveleiras para melhor estabilidade.

O supino reto com halteres pode ser utilizado em qualquer momento do treino de peitorais, obedecendo a ordem que você escolher (com coerência, é claro), substituindo o supino reto com barra.

Algumas variações podem envolver a utilização do supino reto com barra e com halteres, entretanto isso não é muito comum e, segundo alguns fisiculturistas, é perda de tempo. Porém, a individualidade biológica deve ser respeitada sempre.

Bons treinos!

Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)


Você curtiu esse artigo?  

Suplementos em promoção

Comente usando seu perfil no facebook


8 comentários em Exercício supino reto com halteres

Deixe seu comentário



Importante
Nós do site Dicasdemusculacao.com, não recomendamos o uso de NENHUM medicamento e/ou suplemento alimentar sem a prévia recomendação de um médico ou nutricionista. Não comece nenhuma rotina de treino sem a supervisão de um profissional da área do esporte. Nós NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS por nenhum dano que as informações contidas neste site venha a lhe causar. Usar sem uma consulta a um especialista na área, será colocar a sua vida em risco. Lembre-se disto!
x