• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Exercício para perder gordura na barriga NÃO existe!

    Descubra que o exercícios para perder barriga são um MITO, e aprenda a verdadeira forma de perder barriga com eficácia.

    A busca por um corpo bacana, dentro dos padrões estéticos, é algo que mais vejo dentro das academias de musculação. Acredito que pelo menos 80% das pessoas que ali estão, estão buscando um melhor corpo esteticamente, e depois outros objetivos. E dentro disso, a maioria também busca 1 grande objetivo, que é ter uma barriga mais chapada, sarada, com baixo índice de gordura. E  muitas perguntas que recebemos é: “Como que eu faço para perder barriga?”, “Tenho um corpo legal, mas a minha barriga é saliente”, “Quais melhores exercícios para a barriga?”.

    cortando-barriga

    Comprar suplemento ZMA da Xcore Nutrition

    Diante disso, muitos desses indivíduos buscam métodos os quais tendem ou prometem diminuir o tamanho da barriga, sendo que esses métodos envolvem desde dietas, a exercícios físicos ou até mesmo procedimentos cirúrgicos. E verdade seja dita, estes métodos são eficazes, porém não da maneira que as pessoas pensam. Já adianto que não existe exercícios para perder barriga, nem dieta para perder barriga e nem nada disso, pois gordura não se perde de modo localizado e sim no corpo todo.

    Mais a diante no artigo, vamos entender melhor o que eu quero dizer e mostraremos alguns métodos eficazes de perder barriga, aonde você irá perder gordura e definir seu abdômen.

    Fatores que podem aumentar a circunferência abdominal e que não significam excesso de gordura corpórea

    Além da própria gordura, alguns outros fatores podem ocasionar dilatação estomacal, o qual pode ser momentâneo ou duradouro, sendo que na maioria das vezes é duradoura. Quando se trata de problemas mais simples, estão excessos de líquidos presentes no estômago, excesso de fibras e também gases acumulados, os quais são contribuídos pela alimentação (alimentos como leguminosas, grãos integrais, batata doce, ovos, embutidos, bebidas gasosas), má postura, falta de fortalecimento abdominal, entre outros.

    Porém, existem outros pontos os quais são cruciais e um pouco mais graves para esse desenvolvimento, como: órgãos com tamanhos incomuns e/ou aumentados, síndrome do intestino encurtado, excesso de álcool, medicamentos e outras drogas os quais podem contribuir para inflamações do tecido hepático e/ou outros órgãos, desníveis hormonais que causem alterações na parede abdominal assim como dos órgãos abdominais e etc.

    barriga-grande-dilatada

    Portanto, todos esses fatores devem ser considerados antes de propormos quaisquer métodos de solução, visto que eles podem estar associados a caráteres médicos. Por isso, antes de buscar qualquer dieta, treino ou qualquer coisa visando perder gordura, com foco na barriga, vale a pena saber se realmente o que tem ali é gordura abdominal ou outro problema.

    Exercícios para perder barriga: Algo que existe e eficaz?

    Muitos falam sobre exercícios que fazem você perder barriga, porém sinto decepcioná-lo ao dizer que ISSO NÃO EXISTE, ou seja, exercícios abdominais ou que focam na região da barriga não o farão reduzir a gordura corpórea. Assim como outros grupamentos musculares, o abdômen possui inúmeros músculos os quais necessitam ser trabalhados, uma vez que esse é um músculo essencial na funcionalidade e também na estética física.

    O abdômen é construído por camadas musculares internas (profundas) e externas (mais superficiais) as quais envolvem músculos de proteção dos órgãos abdominais, músculos de estabilização e também músculos de ação. Entre os principais músculos presentes nessa região do corpo, podemos citar o reto anterior do abdômen, o piramidal do abdômen, o oblíquo interno, o oblíquo externo do abdômen, o transverso do abdômen, entre outros. Todos esses músculos são essencialmente importantes e são trabalhados tanto especificamente, em exercícios para abdômen, quanto auxiliando na estabilização do tronco (e é por isso que deve-se uma grande importância ao fortalecimento desses músculos).

    Quando falamos em exercícios para os MÚSCULOS DO ABDÔMEN, não estamos nos referindo a diminuição de gordura corpórea. Ao trabalharmos os MÚSCULOS, a gordura corpórea, POR NÃO SER UM TECIDO CONTRÁTIL, não tem atividade motora e não sofre, por exemplo, as microlesões causadas pelos exercícios e pela intensidade deles. Além disso, devemos considerar que os exercícios em geral recrutam o abdômen para uma grande estabilização do core. Em especial, exercícios como o levantamento terra, o agachamento livre, a rosca direta, a extensão de tríceps francês unilateral em pé, as extensões de tríceps na polia, os desenvolvimentos para ombros em pé, entre outros, são grandes exemplos disso, sendo os exercícios sentados, menos solicitantes do abdômen.

    Cupom de Desconto DDM

    Dessa forma, se a gordura não tem atividade motora nesse momento, fazer exercícios abdominais não o fará ter um abdômen mais definido, o que eles farão é auxiliar na hipertrofia e/ou fortalecimento desses músculos, nada mais.

    Portanto podemos considerar que se você possui uma boa hipertrofia do abdômen, mas não tem baixo percentual de gordura corpórea, certamente não terá o abdômen definido. O ideal é eliminar a capa de gordura, para que ai sim o seu abdômen possa mostrar a sua definição. E aprendemos que gordura não sofre microlesões e nem nada disso, por isso não adianta treinar a gordura. Gordura se perde com dieta, deficit calórico e etc.

    exercicio-abdominal-perder-barriga

    Em geral, podemos resumir que exercícios abdominais podem auxiliar a trabalhar o delineamento dos músculos abdominais, mas JAMAIS o farão perder gordura abdominal.

    O que dizer sobre exercícios como o Stomach Vacuum?

    Exercícios como o Stomach Vacuum e outros tipos de compressões intra-abdominais, auxiliam no trabalho das camadas profundas musculares do abdômen que são essenciais para evitar a dilatação estomacal.

    Dessa forma, essas podem ser importantes estratégias para AUXILIAR a diminuir esse fator (dilatação abdominal), e também possibilitar melhores trabalhos musculares, além de auxiliar no aspecto de cintura mais fina. Porém este tipo de técnica não irá reduzir a gordura corpórea (abdominal) em si.

    Pessoas com problemas como a síndrome do intestino encurtado, pessoas que tem uma baixa estatura, costumam ter uma dilatação abdominal maior. A prática constante desses exercícios, e a longo prazo, podem melhorar esse aspecto e serem uma aliada nessa redução.

    Além de todos esses fatores específicos, devemos entender que a compressão abdominal durante os exercícios em geral é fundamental para que essa redução ocorra e para que não ocorra ainda um agravamento de dilatações já existentes. Portanto, boa postura nos exercícios é mais do que recomendada!

    O que fazer então para perder barriga?

    A solução para perder barriga não são os exercícios abdominais, mas sim, a redução calórica e as modificações relacionadas a dieta. Se você quer reduzir gordura corpórea, ESSA SERÁ FEITA NO CORPO INTEIRO, pois NÃO É POSSÍVEL PERDER GORDURA EM UMA PARTE DO CORPO APENAS. Assim, se você restringir a dieta, perderá gordura em todo o corpo (inclusive na barriga) e isso será bom. Porém, você ainda pode trabalhar outros fatores dietéticos como:

    • A redução do consumo de bebidas gasosas;
    • Redução do excesso de sódio na dieta;
    • Redução do consumo de alimentos processados e embutidos;
    • A utilização de canela e outros alimentos que possam auxiliar a reduzir os gases abdominais;
    • Aumento da ingestão de água;
    • Redução do consumo de açúcares simples (frutose, maltose, glicose, dextroses etc);
    • Aumento do consumo de fibras, mas associado ao consumo de líquidos (o bom fluxo intestinal é fundamental para que a parede abdominal não se dilate).

    APRENDA: Dicas para perder barriga com eficácia

    Conclusão:

    De maneira simplória, podemos dizer que os exercícios abdominais, apesar de serem altamente importantes para aumentar a hipertrofia abdominal e auxiliarem na definição muscular, não são os principais pontos para diminuir a barriga ou tampouco o farão perder barriga. Mais do que isso, a diminuição da circunferência abdominal está associada com a dieta e também com fatores relacionados à genética e a forma de uso abdominal do dia a dia.

    Portanto, não adiantará você fazer muitos exercícios abdominais, isso pode ser prejudicial à região e causar problemas como rupturas. Portanto, mantenha-se equilibrado em todos os músculos do corpo e não sobrecarregue o abdômen (visto que ele é sinérgico em todos os exercícios) e lembre-se sempre da DIETA. Essa é a fórmula para perder barriga!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */