• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Existem anabolizantes para emagrecer?

    Mito ou verdade? Será que existem anabolizantes para a queima da gordura corporal? Descubra já neste artigo!


    Que o uso de anabolizantes hoje é imenso dentro das academias, que eles trazem malefícios a saúde e etc, todos nós já estamos cansados de saber. Isso não é novidade e, infelizmente, não vamos conseguir mudar a cabeça de quem já está “preparado” para o uso destas drogas. O assunto deste artigo é outro… Quero falar sobre anabolizantes para emagrecer… Será que existem e foram feitos com este principio?

    anabolizante-para-emagrecer

    Hoje existem diferentes classes de anabolizantes e são utilizadas com diferentes objetivos. Há classes que visam o melhor ganho de massa muscular, outras que são capazes de elevar significativamente o número de células vermelhas no corpo, outras de aumentar a força e etc. Entretanto, sabe-se que alguns ditos populares passaram a existir e até hoje perduram. Muitos deles verdadeiros, mas muitos sem quaisquer embasamentos técnicos e científicos. Entre esses muitos ditos, podemos citar a relação do uso de esteróides anabolizantes com a redução da gordura corporal através de mecanismos não muito bem compreendidos e também fantasiados. Sendo essa uma realidade segundo alguns pensadores e uma irrealidade segundo outros, cabe-nos entender alguns pontos e observar o quanto podemos levar em consideração a afirmação de que exista um melhor anabolizante para a redução do percentual de gordura.

    Anabolizantes podem queimar gordura?

    Comprar Thor R2 Pró-hormonal

    A grosso modo, dizer que exista um anabolizante exclusivamente para esse fim é algo irreal, pelo menos até então. Sabe-se que, de maneira indireta, todos os anabolizantes auxiliam na redução da gordura corporal, uma vez que aumentam a massa muscular. Logo, temos dois seguimentos que levam a isso: O primeiro deles é a relação entre massa muscular e gordura corpórea. Se você aumenta seu percentual de massa e mantém o de gordura, automaticamente essa relação é diminuída para a gordura. O segundo deles é que através do aumento da massa muscular consegue-se uma elevação no metabolismo. Isso ocorre, pois o tecido muscular consome muita energia e a tendência é de maior gasto para sua manutenção. Aliado em uma dieta coerente, as reduções de massa gorda podem ocorrer. Guyton já dizia que na adolescência, tende-se a elevar o metabolismo justamente por esse crescente aumento de testosterona, que não é contínuo durante toda a vida, e um dos motivos pelos quais a tendência do metabolismo é reduzir sua atividade com o passar dos anos.

    É evidente que alguns anabolizantes tenham maior potencial para ganhos secos, que permitem uma definição muscular (o Stanozolol, a Oxandrolona, o Primobolan, a trembolona, a boldenona). Além desse ponto, temos de considerar que a relação entre androgênicos e estrogênicos no corpo tedem a ser maiores para androgênicos durante o uso de hormônios dessa natureza. Isso resulta em um impacto negativo no tecido adiposo. Também é evidente que existam algumas substâncias com alguns efeitos os quais discutiremos a seguir.

    emagrecimento-sem-anabolizante

    Porém a resposta é não, não existem anabolizantes para queimar gordura, essa “queima” acontece por fatores indiretos e por anabolizantes que propiciam um ganho mais seco.

    Cupom de Desconto DDM

    Androgênicos

    Os androgênicos possuem um efeito direto no tecido adiposo. Esse tecido, possui muitos receptores para hormônios esteroides, inclusive para os que consumimos de maneira externa. Assim, pela ligação de androgênicos em seus receptores, ele promove reações celulares, regula alguns genes, se liga a segundos mensageiros celulares e ativa cascata de reações intracelulares do AMPc e do fosfatidilinositol, promovendo a ativação de enzimas lipolíticas (enzimas que queimam gordura), tais quais a LSH.

    Anabolizantes como a trembolona, por exemplo, tem alta capacidade de realizar esse processo e, por alguns mecanismos não bem entendidos, ainda pode ter outras interações com a lipólise (queima de gordura).

    Para se ter ideia do quanto isso pode afetar positivamente ou negativamente um indivíduo, homens com obesidade apresentam menores taxas de testosterona no corpo e taxas elevadas de estradiol. Dessa mesma forma, não é por acaso que mulheres tendem a ter um percentual de gordura mais alto do que homens, assim como uma facilidade maior em acumular gordura (em especial abdominal) muito mais fácil.

    Outro ponto que deve ser observado são anabolizantes capazes de reduzir os níveis de produção de estrógeno no corpo, como é o caso do primobolan. Por essa redução, pode-se pensar positivamente em uma redução de gordura corporal. Ainda, existem classes de hormônios como o GH que apresentam alto poder de queima de gordura e, na realidade, esse é um dos únicos hormônios que diretamente promove a eliminação das gorduras, ou seja, não simplesmente retira o seu conteúdo, mas acaba com a célula.

    seringa-puxando-anabolizante

    Entretanto, não é somente o GH que causará esses efeitos. É necessário que o indivíduo esteja em condições nutricionais e de atividades físicas favoráveis a isso, principalmente para garantir a preservação de sua massa muscular.

    O momento pós-ciclo

    Como tudo, o uso de anabolizantes NÃO é o paraíso para a redução do percentual de gordura, uma vez que após o ciclo, a tendência é que os eixos hormonais, como o HTPA, sejam severamente alterados e causem declínios de produções hormonais internas. O resultado será uma tendência maior ao acúmulo de gordura após o ciclo. Pelos mesmos motivos, mas inversos de quando reduzimos a gordura durante o ciclo. Entre eles, dessa vez, a maior proporção de estrógenos/androgênicos, menores níveis de testosterona no corpo e queda do metabolismo basal e redução da massa muscular por perdas, o que faz com que o metabolismo decaia também. Portanto, é essencial realizar bons tratamentos após o ciclo assim como manter uma dieta adequada.

    De nada adianta conseguir resultados durante o ciclo e perdê-los após o ciclo, ficando apenas com os efeitos colaterais e as causas negativas.

    Leia mais sobre terapia pós ciclo: http://dicasdemusculacao.org/guia-da-terapia-pos-ciclo-tpc/

    Aprenda como Usar Anabolizantes de forma Correta e Eficaz

    Agora que você leu tudo sobre o “Nome do Anabolizante/Artigo” ficou na duvida de como utilizar, como montar o ciclo, qual ciclo fazer e tudo mais, não é verdade? Pois então não fique! CLIQUE AQUI e descubra como você pode fazer para utilizar os esteroides anabolizantes de forma eficaz no aumento da massa muscular e definição muscular e construa músculos GIGANTES!

    Se você esta decidido que os esteroides anabolizantes são o que irão te fazer chegar ao corpo que deseja, não perca tempo e faça o uso correto e eficaz dos mesmos, aprendendo sobre dosagens, drogas, modo de uso, efeitos, aplicações e muito mais! Além disso, você vai aprender um treino correto para pessoas que pessoas que utilizam anabolizantes e vai aprender uma dieta correta, assim como elaborá-la, de forma simples e prática. CLIQUE AQUI e conheça o Fórmula dos Gigantes!

    Conclusão:

    Apesar de não existirem esteróides anabolizantes capazes de unicamente queimar a gordura corpórea, eles podem ser aliados em mecanismos específicos para esse processo, desde que utilizados da forma correta e de maneira sempre sinérgica.

    Além disso, considera-se que os fatores dietéticos durante e após o ciclo recebam sempre muita atenção.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    2 Comentários

    1. Felipe Brasil Suplementação 1 ano atrás
    2. John 1 ano atrás


    /* */