• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    GH15: Um mito do fisiculturismo ou um vilão dos adolescentes?

    GH15, um fake que surgiu em fóruns de fisiculturismo. Seria ele um mito do esporte e revelador de grandes verdades ou apenas mais um qualquer em busca de fama?

    Há certo tempo venho querendo escrever um pouco sobre essa nova onda desse tal de GH15, por muitos considerado um semi-deus, um mito, um revelador de verdades jamais ditas antes, e por outros odiado ou até mesmo ridicularizado. Uma grande controversa em cima de alguém que, inevitavelmente convenhamos que atingiu o seu objetivo: Alcançar uma pseudo-fama e polemizar.

    gh15-mito-do-fisiculturismo-vilao-dos-adolescentes

    Comprar Whey Protein Feminino

    Para os que não sabem a respeito de quem estou falando, deixe-me rapidamente descrevê-lo: GH15 trata-se do pseudônimo de um (ou de uma) sujeito (a) o (a) qual através de um profile com esse nome, está nos mais altos fóruns relacionados ao fisiculturismo, se dizendo um dos bodybuilders mais famosos do mundo e, por conseguinte escancarando verdades (que nem sempre são verdades), de uma maneira bastante polêmica, dizendo ele revelar o segredo que há por trás dos bastidores de quaisquer eventos Profissionais de Bodybuilders. Desta forma, praticamente todos os nomes são atingidos, Arnold, Jay Cutler, Lee Haney, Ronnie Coleman, Shawn Ray, Phil Heath, demonstrando esse “possível conhecimento de causa”, inclusive, por suas próprias experiências, segundo ele.

    Para início, pode até parecer algo simples, inofensivo e até mesmo tentador de ser observado, a fim de tentar seguir algum tipo de protocolo profissional e obter bons resultados. Isso, se estivéssemos falando apenas de protocolos do bodybuilding e, protocolos esses que temos a certeza que não só são eficazes, mas, seguros também. GH15 passa de âmbitos profissionais para âmbitos pessoais e morais, variando temas, desde os protocolos relacionados com esteroides anabolizantes (seu principal foco e seu principal assunto) até aspectos relacionados ao uso de sustâncias alucinógenas, drogas depressivas, estimulantes e, pasme, da vida em si de muitos atletas (o que, na minha opinião é ainda mais falta de respeito, sendo ou não verdade o que é dito). Entretanto, apesar do breve parecer de inocência, isso tem se tornado uma febre descontrolada a qual merece uma crítica análise na medida em que, GH15 vem influenciando inúmeros indivíduos a pensarem de determinadas maneiras que, por conseguinte, também merecem uma análise.

    Primeiramente, estamos falando de um sujeito que, se quer mostra o rosto e tampouco se identifica. Caso, realmente ele seja um bodybuilder profissional (o que creio que não seja, pelo menos não entre os mais conhecidos), diversas foram e são as desconfianças. Fato é que a maior delas era de que GH15 poderia ser Nasser El Sonbaty, fato não consolidado pela morte do ex-atleta. Uma próxima desconfiança forte foi de que ele poderia ser Dennis James ou até mesmo Dennis Wolf, fatos TAMBÉM JAMAIS PROVADOS. A verdade mesmo é que GH15 e, somente ele sabe, de fato, quem está por trás do personagem virtual.

    Entre as frases mais comuns do “ídolo” estão (frases parafraseadas): “Tantos quilos em X dias. E você ainda vem me falar em dieta e treino? Bodybuilding é totalmente drogas!”, “Sabe o que é isso? Trenbolona Ace, GH e Insulina…”, “Phillsulina (apelido dado a Phil Heath pelo possível uso abusivo de insulina) estava entre os cheiradores…” e outros absurdos do gênero, desmerecendo o nome de muitos atletas.

    Basicamente, a ideia foco empregada por GH15, se resume em um personagem virtual possível bodybuilder profissional que conhece vários segredos de vida e do esporte de 99,9% dos atletas que já passaram por aqui ou que ainda estão em atividade e, por conseguinte revela-os de maneira escancarada, sendo seu principal assunto a utilização de ergogênicos hormonais no mundo profissional do fisiculturismo.

    “Nossa, que legal! Vamos saber de tudo!!!” … E é ao pensar assim que muito, mas, muitos se enganam profundamente. Vamos entender alguns porquês:

    Primeiramente, estamos falando de um fake, ou seja, de um falso perfil criado, com esse pseudônimo. Entretanto, alguém sabe quem realmente está por trás dele? Realmente sabem se ele tem tantas referências assim ou, se é algum tipo de “conhecedor” profundo (assim como temos estudiosos não formais em diversos outros assuntos)? Alguém, se quer, poderia me dizer se ele não é nenhum menininho de 13 ou 14 anos rebelde que passa horas na frente do computador escrevendo essas coisas? Pois bem, certamente não! Neste caso, já seria motivo suficiente para não acreditar em ABSOLUTAMENTE NADA do que é dito, salvo algumas óbvias verdades que estão muito longe de terem sido reveladas por tamanho estúpido.

    Ok! Mas, e se ele for realmente alguém famoso? Apesar de eu acreditar que ele NÃO seja (afinal, qual profissional entregaria o “ouro” de sua modalidade?), caso ele seja e eu esteja enganado, alguns cuidados devem ser tomados ao levar tudo ao pé da letra. Que os ergogênicos hormonais existam nos esportes é inegável. Isso há anos e em todo lado profissional (fazendo-me crer que, se duvidarmos, até jogos de Xadrez possuem atletas que fazem uso destes) também nos é sabido. Mas, o que muitos deixam de levar em consideração é a forma com que isso tudo é feito. Os subsídios, aportes e anos luz de conhecimento a frente que atletas de alto nível tem. Isso, sem contar que, normalmente os fãs de GH15 se quer são atletas, mas, olham esse todo, na realidade como finalidade estética, o que agrava ainda mais a situação. Atletas, no entanto, VIVEM PARA O ESPORTE, sacrificam sua vida e, mesmo assim NÃO VIVEM SÓ DE DROGAS (como diz aquele tal). É necessário que eles comam, que eles parem aonde estejam para se alimentar, que saibam dosar seus exercícios, que treinem como se fosse o último treino de suas vidas, que abdiquem de boa parte de sua vida social, amorosa etc. Mesmo ele, fala sobre PROFISSIONAIS. No exterior, muito do que pouco sabemos (e olhe que, há coisas que eu se quer imaginaria existir e existem) é feito sob condições específicas de maneira individualizada e por PROFISSIONAIS EXTREMAMENTE QUALIFICADOS os quais podem dar subsídios suficientes para Y ou W atleta conseguir alcançar níveis tão altos. E, mesmo assim, uma enorme parte de sua vida deve ser sacrificada duramente.

    Muito fácil é sair na internet dizendo que “Trenbolona Ace com GH e Insulina em quantidades cavalares” formam um bodybuilder. A começar, porque um bodybuilder deve ter em primeiro plano seu coração, para assim, poder pensar no que fazer com seu físico. Em segundo, um bodybuilder não se constrói a drogas, mas, primordialmente a caráter, a dignidade, ao entendimento dos pequenos aspectos que regem a vida, como o ato de respirar, de abrir os olhos, de oxigenar cada nanômetro das células… Começa onde, se quer podemos ver… Um bodybuilder se constrói a base de uma construção de corpo, alma e sentimentos, em uma mescla firme e concreta. Cadê o trabalho em equipe? Equipe no Bodybuilding? Sim! Equipe! Arnold talvez não seria o mesmo sem Columbo, Dorian talvez não seria o mesmo sem Leroy e Branch Warren talvez não seria o mesmo sem Johnnie Jackson. Isso é trabalho em equipe. Isso é entender o seu próximo!

    gh15-fake-do-fisiculturismo

    Cupom de Desconto DDM

    Algo que me deixa bastante frustrado é não se levar em consideração pessoas de renome e bons profissionais para dar atenção a um fake de internet, simplesmente porque aquilo é mais conveniente. Entretanto, esquecem de colocar na balança o quão isso pode representar no decorrer de uma vida: Enquanto, da forma correta, teremos diretrizes e protocolos mais corretos e/ou seguros (incluo, inclusive casos onde há uso de substâncias ergogênicas hormonais), porém, o caminho é muito mais árduo e necessita de sacrifícios extras, mas, representará MUITO menos chances de falhar ou causar danos irreversíveis há a facilidade em ler algo que não demore mais do que 15 ou 20 minutos (vulgo publicações do gênero GH15) e sair propagando o “falso conhecimento” sobre o assunto e, pior, realizando protocolos sem nexo algum. Será mesmo que esse é o fundamento a ser seguido? Será que isso, daqui uns anos não poderá refletir em grandes danos e/ou prejuízos? Pode ser que, por sorte não, mas, caso aconteça, será que você terá, se quer um suporte desse fake de internet? Eu duvido.

    A coisa gira muito mais rápida do que imaginamos. Este ou esta que está por trás desse pseudônimo está buscando sua fama (e conseguindo a sujos custos) e sacrificando idéias já fracas de muitos dos que amanhã podem ser considerados como o futuro da geração. Infelizmente, a capacidade crítica tem sido cada vez menor, fazendo-nos assumir que talvez o erro não esteja em GH15, por exemplo, mas, na forma como estamos formando nossa garotada. Mas aí é outra história…

    Conversando ultimamente com um grande ídolo meu e, que certamente qualquer pessoa que tenha o mínimo conhecimento sobre a musculação e o fisiculturismo também conhece, mas, que não irei falar quem é por questões de privacidade dela, fui orientado que minhas idéias eram extremamente revolucionárias e que esse poderia não ser lá o melhor caminho a ser seguido. Confesso que realmente tive de concordar com ele. A imposição é algo que realmente NÃO concordo muito, uma vez que acho que a iniciativa deveria partir de ideias que propiciassem o benefício mútuo e não apenas o individual… Entretanto…

    Uma pessoa “pública” ou, que pelo menos exerce certa influência sobre as demais, por algum aspecto (maior experiência em algo, por trabalhar em veículos de comunicação, por representar um grupo X de indivíduos etc) e que possui certo grau de “liderança” deve dosar as suas palavras cuidadosamente: Veja: Não estou dizendo que ela não possa se expressar, nem tampouco que ela tenha de ser omissa ou mentirosa. O que quero dizer é que a influência, por ocorrer deve ser tida como algo que melhore uma ou mais situação ou situações. Você nunca parou para se perguntar porque apresentadores de televisão tem de ser politicamente corretos? Você nunca parou para pensar que os governantes manipulam bem suas palavras? Eu, por exemplo, estou longe de ser alguém famoso. Entretanto, sei que certas pessoas do meio, me conhecem e que acham meu trabalho válido… Logo, tenho de saber até onde posso chegar, afinal, não posso escancarar verdades, por mais óbvias que elas apareçam ou, tampouco causar algum tipo de influência que possa vir representar algum tipo de risco, mesmo sabendo eu que as chances são mínimas.

    GH15, por exemplo, defende muito o consumo de claras de ovos… E claras de ovos cruas, na maioria das vezes a fim de “facilitar o processo”. Ok, mas, vejamos que, nos EUA, normalmente claras de ovos são utilizadas pasteurizadas e, isso é algo comum lá para se comprar… No entanto, o que poderíamos dizer do Brasil? Será que é possível encontrar esse tipo de produto em cada esquina? Será que, mesmo quando encontramos, o preço é acessível à todos? Vou além: Será que todos os receptores de informação de GH15 sabem o que é o processo de pasteurização, qual é o seu intuito e, principalmente, quais os SÉRIOS RISCOS (incluindo de vida) que o consumo de ovos crus pode trazer? Acho que não. Mas, GH15 não está preocupado com isso, mas, unicamente com sua fama própria. Os indivíduos passam a acreditar piamente em tudo que ele diz e então temo cada vez mais jovens, rapazes com grandes potenciais se curvando às suas idéias e optando por caminhos que, certamente se arrependerão, mas, que, por lei da vida, terão de bater a cabeça para aprender.

    A alucinação desses jovens por GH15 é o que cada vez mais tende a refletir em novos casos onde aparecerão, por exemplo, na televisão, anúncios em uma reportagem por “morte devido ao uso de esteroides” ou coisas do gênero. São esses mesmos indivíduos que ocuparão lugares os quais denigrirão um tão belo esporte que é o fisiculturismo. Isso, sem contar os que são novos no meio e passam a crer que apenas o que GH15 fala é válido e real. Que aquilo é tudo verdade e então, começa a tirar conclusões e idéias de um mundo que realmente só conhece quem passa um tempo a fundo nele e vê o que é paixão de verdade. Mas, infelizmente, será esses nomes que serão pronunciados como “atletas e fisiculturismo”, quando na realidade mal passam de adolescentes recém-formados, vivendo “tudo que há de novo” na vida.

    GH15 desconsidera os aspectos positivos dos esportes e, por conseguinte passa a levar em consideração unicamente os aspectos não realmente conhecido. Distorce-os e então os publica da maneira como lhe convém melhor e de como chocará mais (seu grande foco para atingir a fama). Passa a deixar de lado todo o esforço extra que profissionais fazem. Se tomar esteroides e utilizar ergogênicos hormonais fizessem Ronnie Coleman, Phil Heath, Kai Greene, Dennis Wolf e tantos outros, veríamos um desses à cada esquina. Mas no entanto, vemos? Além do mais, se tomar esteroides fizesse esses mesmos aspectos, porque, então, fazem dieta, treinam arduamente, sacrificam noites de diversão, fazem inúmeras terapias como a quiropraxia, shiatzu, terapias para aliviar tensões e dores tendinosas, musculares e articulares, consomem quantidades de comida exorbitantes e que causam sérios desconfortos gastrointestinais, tem de usar cremes e afins… Enfim, fisiculturismo é mais do que “comer, treinar e descansar”… É algo que deve ser movido unicamente à paixão, força, determinação… Sem que um atleta não tenha nascido para isso ele, provavelmente não conseguirá atingir um altíssimo nível a fim de se destacar.

    Não tenho absolutamente NADA contra ninguém, acho que cada um que faça da sua vida o que quiser. Mas, da mesma forma a qual busco respeitar os indivíduos que me cercam, o mínimo que posso esperar é que possam me respeitar. E, me respeitar significa também não necessariamente gostar, mas, respeitar meu esporte também, algo que é fundamental em minha vida. E, ao ver reportagens chulas sobre pessoas que morreram ao supostamente utilizarem esteroides anabolizantes e morrerem. Quando vamos ver, são crianças, normalmente influenciadas por babacas iguais este que injetaram óleo animal, óleo de cozinha ou mineral. Vejo esses mesmos indivíduos como sendo alvo de algo que não lhes foi alertado ou, até foi, mas por questões maiores os motivaram a fazer aquilo.

    GH15 provavelmente não é um brasileiro. Ele NÃO escreve especificamente para Brasileiros. E isso, o que tem haver?

    Quando escrevemos algo que será publicado, muitas vezes necessitamos levar aspectos em consideração: Para quem estamos escrevendo? Para qual faixa-etária estamos escrevendo? Qual o grau de escolaridade para quem estamos escrevendo? Qual a cultura de quem nos lerá? Pois bem, a verdade é que nos países de fora, são muito diferentes todos os aspectos que foram citados e, inúmeros outros também. Assim, atingir um povo americano, por exemplo, certamente o levariam como um comediante… Mas, o Brasileiro… Brasileiro já tem mania de acreditar que tudo que é de lá de fora é melhor… Se tratando de um aspecto desse quando está em plena revolução do bem-estar… Aí já nem se fala…

    Meus caros, em suma, não quero que acreditem que sou dono da verdade. ESSA É APENAS A MINHA VERDADE, MAS SIM, CRIAR SUA PRÓPRIA VERDADE! Este, é apenas um alerta sobre um tema que tem me chocando pouco a pouco não pelo que leio, mas pelos aspectos que geram e influenciam nossos jovens.

    Fiquem atentos! Sua vida, saúde e afins, NÃO TEM PREÇO!

    23 Comentários

    1. Edilson 2 anos atrás
    2. Fabio 2 anos atrás
    3. Alexandre 3 anos atrás
    4. Raphael 3 anos atrás
    5. Thiago M 3 anos atrás
    6. Thiago M 3 anos atrás
    7. Junior Baiano 3 anos atrás
    8. GH15Pupil 4 anos atrás
    9. Musashi 4 anos atrás
    10. vitor macedo 4 anos atrás
    11. cristian 4 anos atrás
    12. guipa 4 anos atrás
    13. Vinicius Tonioli 4 anos atrás
    14. Fabio 4 anos atrás
    15. Felipe 4 anos atrás
    16. Ivan Fraga 4 anos atrás
    17. Bernardo 4 anos atrás
    18. Jessé 4 anos atrás
    19. Luciano 4 anos atrás
    20. ATN 4 anos atrás
    21. Gianluca Silva 4 anos atrás
    22. Ivan Fraga 4 anos atrás
    23. Glauco 4 anos atrás


    /* */