• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Ginásios de musculação deveriam pedir atestado médico?

    Descubra se ter um atestado médico é essencial para se praticar musculação

    Na última semana, foi uma grande difusão a informação de que um indivíduo morrera no Distrito Federal durante a prática do conhecido CrossFit, uma das modalidades mais buscadas na atualidade. Essa informação fez com que muitas pessoas colocassem em crítica a relevância dos pedidos de atestados médicos de aptidão física para a prática de tal, bem como, colocou em jogo a real solicitação que deveria acontecer em todos os estabelecimentos, sejam eles de crossfit ou não.
    ATESTADO médico musculação

    Comprar Whey Protein Feminino

    Porém, hoje queremos brevemente discutir o assunto e, muito mais do que isso, trazer algumas reflexões para que possamos fazer diante dos fatos ocorridos.

    Atestados médicos e lei

    Não poderíamos começar nossa premissa sem antes nos perguntar: A lei exige atestado médico para a prática de atividades físicas em estabelecimentos esportivos?

    A resposta para tal questão é muito relativa e, claramente é uma questão a qual pode ter divergências de informações. Isso porque, em ALGUNS ESTADOS a lei obriga que o aluno leve um atestado de liberação médica para a prática de atividades físicas em academias, clubes ou outras instituições que lidem com o esporte. Porém, essa exigência não acontece em todos os estados, visto que, em alguns simplesmente não é lei.

    Sendo assim, já partimos de princípio para uma discussão clara e lógica: Se existe essa controversa, então, ambos os lados apresentam argumentos suficientes para tal e, sendo uma divergência existente, já podemos colocar em jogo a real necessidade da apresentação de atestados médicos, não é mesmo?

    Pois bem, por lei, realmente não somos sempre obrigados a apresentar tais atestados, mas,  a depender de onde estamos, isso torna-se obrigatório, nos fazendo recorrer a alguma assistência médica pública (que, nesse caso demoraria muito pela necessidade de marcar exames), particular ou mesmo buscamos um serviço o qual é oferecido pelas academias em geral por profissionais terceirizados (e, serviço esse PAGO DE MANEIRA EXTRA).

    Obviamente, consideremos uma hipótese de que para uma liberação efetiva, são necessários exames e uma precisa investigação por parte do médico ao indivíduo. Supondo isso, então já podemos desconsiderar o setor público brasileiro como viável, pois, para se marcar um exame, esse pode demorar meses, o que impossibilitaria a prática de atividades físicas durante esse período, não é mesmo?

    Recorrendo a setores particulares, até conseguimos bons médicos, exames e, esses são feitos. Mas, grande parte das pessoas não dispõe de convênios de saúde e, portanto, acabam sendo atraídas por um serviço o qual é oferecido pelas academias de maneira terceirizada.

    Assim, paga-se um valor para o médico fazer os tais exames e liberar você ou não para praticar atividades, bem como, para alertá-lo para algum devido cuidado.

    Cupom de Desconto DDM

    Porém, agora é que cabem alguns principais questionamentos:

    O primeiro deles e mais simples é referente ao uso de médicos particulares. Mesmo fazendo os mais precisos exames e mesmo tendo alta boa vontade, o médico atesta um indivíduo sadio NAQUELE MOMENTO, ou seja, nada implica que ele não possa ter algum problema, pois, se tratando do sistema cardiovascular, a imprevisão é altamente existente. Porém, havendo algum tipo de diagnóstico que restrinja a atividade, essa previamente será útil. Essa característica normalmente já é conhecida pelo paciente, ou seja, sem novidades. Salvo sob restrições ortopédicas ou mesmo doenças existentes, como citado, fica impossível garantir que um indivíduo esteja realmente apto para praticar atividades físicas após aquele momento do exame.

    atestado musculação

    O segundo deles é a real eficiência desses exames, ou seja, será que um atestado médico realmente consta com um devido aporte adequado de exames? Pelo que mais se vê nas academias (especialmente nos serviços oferecidos por ela) é uma consulta de 15 minutos onde o médico pergunta ao paciente algumas coisas, indaga sobre problemas existentes e o libera para praticar atividades físicas. Ora! Mas, se o paciente SUPOSTAMENTE DESCONHECE que tem algo, então, como o médico pode atestar algo se baseando nas respostas do indivíduo? Mais do que isso, como ele pode diagnosticar algo sem os devidos exames? Mas, claro, isso não seria conveniente para as academias, pois, certamente, muitos ficariam impedidos de praticar atividades físicas e muitos desistiriam de seus planos, gerando assim um bom prejuízo.

    Ainda, cabe-nos um terceiro ponto que é o da omissão: Muitos pacientes nessas consultas “pelas coxas” omitem a existência de algum problema (especialmente os ortopédicos que muitos acreditam não serem tão influenciadores assim), fazendo com que, na prática, o indivíduo tenha problemas.

    Após feitas essas indagações sobre a eficácia dos atestados médicos, ainda cabe-nos uma pergunta: Será que todos os profissionais estão aptos para utilizar diagnósticos que apresentam problemas, seja na parte cardiovascular ou na parte ortopédica? Muitos, se quer entendem um relatório médico e, outros tantos não saberiam aplicar ao certo os exercícios para promover benefícios e não prejuízos ao cliente.

    Isso é diretamente ligado não só com a certificação do indivíduo, mas, principalmente COM A SUA QUALIFICAÇÃO. Vemos muitos profissionais utilizando de diversos títulos, cursos feitos e, na prática, fazendo grandes besteiras!

    Mas, o que podemos concluir disso tudo?

    Sinceramente, os atestados em academias, pelo menos do jeito o qual são fornecidos e, principalmente administrados pelos profissionais que os recebem pode ser considerado lamentável, fazendo com que eles sejam totalmente descartáveis, pelo menos a princípio. Além disso, considerando o fato de que mesmo se eles fossem feitos adequadamente, não garantiriam por completo a segurança do indivíduo.

    Assim, é muito interessante que o próprio indivíduo (que, acreditamos que seja o mais preocupado com sua própria saúde) possa tomar as devidas precauções, conhecer aos poucos seu limite e sempre contar com o apoio de profissionais que realmente sejam qualificados, a fim de fornecer um serviço adequado e, claro, de segurança apara suas condições sejam elas em estado sadio ou não.

    Assim, desconsidere meros papéis e faça você mesmo sua escolha. Não deixe de praticar atividades físicas por medo, busque-as apenas de maneira ADEQUADA!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */