• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    A importância de seguir um protocolo individualizado na musculação

    Aprenda a importância de individualizar seus treinos, alimentação e descanso, pensando em bons resultados na musculação para VOCÊ!

    Quando começamos quaisquer projetos em nossa vida, normalmente visamos o sucesso e não o fracasso. E para esse sucesso acontecer traçamos estratégias e planos para estruturar caminhos os quais possam nos fazer atingir nossos objetivos. Profissionalmente, academicamente, socialmente ou até mesmo psicologicamente, todos nossos objetivos tem por base um bom planejamento, o qual se adeque as nossas realidades, condições e predizeres do que possa ou não ser melhor.

    individualizar-trabalhos-na-musculacao

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    E isso não foge quando o assunto é a musculação: o desenho de caminhos, projetos e planos objetivos são fundamentais para que cheguemos aos fins os quais desejamos. Tanto na vida quando na musculação, o planejamento deve ser devidamente estruturado e deve respeitar parâmetros individuais que levem em consideração que CADA SER É ÚNICO e cada caminho leva uma pessoa a determinado ponto de chegada. Isso quer dizer que o caminho que leve uma pessoa a um fim, muito provavelmente não levará VOCÊ ao mesmo fim, pois tratam-se de seres TOTALMENTE diferentes.

    E é essa a necessidade que hoje tanto se insiste de que a individualização de protocolos para a obtenção de resultados é realmente relevante. Muitas pessoas acham que seguir treinos/alimentação de pessoas famosas, bodybuilder consagrados e etc, é a melhor maneira de se obter resultados, pois se eles conseguiram daquela forma, a pessoa acha que também vai conseguir. Porém o que tem de se entender é aquele treino/dieta foi elaborado para aquela pessoa e se ela conseguiu, foi porque ela não copiou de ninguém, mas ela obteve algo único a ela e é sobre isso que quero conversar com você no decorrer do artigo.

    1- Por que individualizar?

    Falar que seres são únicos, deixa um parecer muito aberto quanto ao que eles se diferenciam. Porém, olhe ao seu redor e você verá a diversidade física de cada qual. Cores de cabelos, peles e olhos diferentes, alturas diferentes, rostos diferentes, pesos diferentes, maior ou menor quantidade de gordura corpórea, entre outros pontos. Ainda, se for possível observar o comportamento de cada uma delas, você verá que diante de uma mesma situação, cada qual tem uma atitude diferente ou, mesmo que tenham a mesma atitude, em outras situações agirão diferentemente umas das outras. Ao conversar com cada uma delas, temos diferentes vozes, diferentes tipos de respostas, ideias e articulação da conversa de um modo geral. E claro… Estamos falando de diferenças notáveis… Imagine se levássemos em consideração diferentes tipos sanguíneos, diferentes questões metabólicas… Não terminaríamos esse paragrafo hoje!

    Todas essas diferenciações se dão por dois aspectos básicos: O primeiro deles é conhecido como questões genéticas e o segundo como questões estereotipas. No primeiro caso, ele tange questões biológicas que são codificadas por genes presentes desde os cromossomos em cada gameta, do pai e da mãe. Esses genes dão características primárias tanto físicas (principalmente) quanto psicológicas, em menor quantidade, mas ainda muito relevantes. Essas características são herdadas de nossos pais, familiares passados e até mesmo de nossa evolução como um todo. Com tanta diferenciação e com a modificação geração a geração dos genes em geral, imagine como essa diversidade pode ser interminável. Da mesma forma, os quesitos estereótipos cercam as características da pessoa herdadas pelo meio, ou seja, por sua socialização. Aí entramos em um ponto onde a sociedade a qual é inserida interfere, as pessoas as quais convive, os fatores do mundo as quais ela é exposta e assim por diante. Toda essa interação, juntamente com as questões biológicas causam não só a formação de cada ser único, mas causam também as alterações em suas células, as quais se modificarão na próxima geração.

    Tudo isso parece uma interminável história, mas compreendendo isto podemos entender porque cada indivíduo é único. Apesar de sermos de mesma espécie, temos diferenças entre nós. Desta forma, e diante de tanta individualidade, seria possível ainda questionar que protocolos não devam ser individualizados? Se por um lado os genes serão grandes responsáveis por nossas características principais fisiológicas, metabólicas e etc, a forma a qual vivemos também será responsável por causar impactos. Por exemplo, uma pessoa sedentária que tenha boa genética tem mais chances de desenvolver problemas relacionados ao aumento de gorduras do que uma pessoa com uma genética inferior, mas que mantenha uma rigorosa rotina de treinamentos e de dieta.

    Portando, indiscutivelmente o porque de individualizar é o mesmo porque de sermos únicos, e assim, se “cada peça tem seu encaixe” devemos criar nossos “encaixes” em nossa individualização em um planejamento, seja ele qual for.

    Cupom de Desconto DDM

    2- Quais são os problemas em não individualizar meus caminhos?

    Você já deve ter seguido algum protocolo pronto e até obtido algum resultado, não é mesmo? Claramente, isso se deve ao fato de que você causou um choque ao seu corpo. Imagine que você está acostumado a não comer bem, treinar inadequadamente ou com um mesmo método a muito tempo e, de uma hora para outra, passa a adquirir uma nova forma brusca de se alimentar e treinar. Claro! O corpo sofre um grande choque e você passa a ter resultados no princípio, mas que certamente diminuirão, ou que poderiam ter sido melhores se fossem individualizados.

    É óbvio que muitos ainda questionarão as necessidades de não ter uma individualização correta, simplesmente por acharem desnecessário. Porém, garanto que não é!

    sem-resultados-na-academia-magrelo

    Em primeiro lugar, pode-se observar uma queda nos resultados e no rendimento em geral de pessoas que utilizam “fórmulas gerais”. Como saber se aquilo está adequado a você? Se seu corpo funciona de maneira única, possui um ratio metabólico, possui uma forma de utilizar a energia disponível diariamente, possui uma composição corpórea diferente, o que pode te fazer acreditar que seja possível pegar uma receita de bolo e aplicar em si? Será que aquela receita de bolo leva em consideração todas as suas características individuais e suas necessidades unicamente individuais? Posso garantir, com certeza, que não… Do contrário, teríamos uma fórmula mágica onde todos poderíamos ser campeões no que quiséssemos.

    Logo os problemas em não individualizar será a falta de resultados, pois no inicio da “fórmula” o seu corpo até terá resultados, mas logo esse resultado irá parar e corre o risco até de regredir.

    3- E como individualizar os meus protocolos?

    Ao falar de individualizar protocolos, não há outra saída: o primeiro ponto é entender suas necessidades primárias, seja em treinamento, em dieta ou em outro ponto qualquer. Deve-se observar frente a isso o objetivo também. E em cima desse embasamento do que a pessoa precisa com o que a pessoa quer é que torna-se possível traçar um plano e uma estrutura que sejam lógicos e minimizem as possibilidades de erros ao decorrer do andamento das coisas…

    Sem que se consolide um equilíbrio entre o que o corpo precisa e o que você deseja torna-se difícil obter um planejamento eficaz. Por exemplo, imaginemos uma mulher com 50 anos, na menopausa e que deseja obter um corpo realmente definido e esteja com um quadro de sarcopenia. Se objetivarmos uma dieta altamente calórica e não dermos atenção a devida suplementação e ao devido consumo de cálcio, de vitaminas do complexo B, entre outros fatores, certamente até podemos começar a atingir bons resultados estéticos, mas sua saúde será prejudicada e os resultados finais também começarão a ser prejudicados.

    Para que essa individualização e entendimento de necessidades nutricionais possa ocorrer é sempre indicado a orientação profissional, e que seja de um bom profissional. Um ótimo profissional não é aquele que consegue entender apenas suas necessidades físicas, pois isso, por teoria já é possível. O bom profissional é aquele que vai além e entende seu cliente tanto nos quesitos físicos, quanto psicológicos, emocionais, sociais, entre outros. Falta muito isso no mercado, infelizmente, mas a recomendação primária é a de que se pesquise adequadamente antes e optar por esse ou aquele.

    nutricionista-medindo-gordura-corporea

    Tanto o profissional quanto você devem ter um tato ao que esteja ou não dando resultados. Obviamente, embasado em sua experiência e na teoria, o profissional tenderá a traçar planos os quais minimizem as chances de erro, mas as mínimas adequações e o feeling somente são percebidos dia a dia e essa é a importância de a experiência falar alto e a interação com o profissional existir em larga escala, para que tanto ele possa entender o que você está passando, quanto você passar para ele sua situação, passando assim a obter resultados cada vez melhores e surpreendentes.

    Individualizar um protocolo vai muito mais além de simplesmente traçar planos, mas ainda, em dia-a-dia aprender novos caminhos e saber trabalhar sobre eles.

    Conclusão:

    Ter um protocolo individualizado é fundamental não somente para obter bons resultados na musculação, mas para obter também uma boa saúde, que é fundamental na vida e no esporte também.

    Já está claro a todos nós que protocolos generalizados dificilmente levam pessoas ao sucesso, mas infelizmente ainda há muitos que insistem nesses quesitos. Porém, pensemos a respeito e entendamos que somos seres únicos e singulares os quais temos nossas próprias necessidades.

    A orientação profissional qualificada também é sempre bem-vinda a fim de sempre melhorar todos os resultados.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */