• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    É inteligente contar calorias no período de offseason?

    Descubra se é válido ou não utilizar de matemática e fazer contagem das calorias em período de ganho de peso e massa muscular.

    O período de offseason caracteriza-se pelo momento em que torna-se possível o trabalho para o processo de ganho de massa muscular, onde visa o aumento de peso corpóreo, visa otimizar alguns aspectos específicos de performance, como a utilização de exercícios diferenciados, o aumento de sua força, o fortalecimento de estruturas tendinosas, de ligamentos e articulações, entre outros aspcetos. Além disso, esse é um período onde a atividade física é permitida após um período maior de descanso, procurando assim causar o menos estresse que possa resultar em um overreaching ou mesmo o overtraining, em casos mais extremos.

    refeicao-bulking-limpo

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Diferentemente do que muitos imaginam, um atleta inteligente em offseason tenderá a MELHORAR o seu corpo e não simplesmente dedicar-se a ganhar peso de qualquer modo. Um atleta inteligente visa não só aspectos relacionados com a melhoria no peso, mas também visa uma melhor qualidade em seus pontos deficientes, um controle do ganho de gordura corpórea para que não tenha de sacrificar sua massa muscular na hora de reduzir esse percentual, entre outros pontos diversos. Todavia, há ainda muitas pessoas que insistem em simplesmente preocupar-se em subir o peso sem se importar com o possível ganho elevado de gordura corpórea, sem se preocupar com o comprometimento de estruturas físicas de seu corpo e acabando por perder metade do que foi conquistado nesse período na hora de entrar em onseason, que é a fase de preparação para competição.

    Concordemos que o período de offseason, mesmo em inteligência, também é um período onde a disponibilidade alimentar é maior e temos de dar folgas à nossa mente e estimular o corpo de diferentes formas. Porém se abrirmos muito a refeições fora da dieta, não iremos conseguir controlar a gordura e se nos restringirmos muito não iremos dar a folga necessária que o corpo precisa. E ai? Vamos contar calorias também no offseason ou deixar essa matemática apenas para o onseason? Como se alimentar de maneira inteligente, dar a folga que o organismo necessita, sem engordar? É isso que vamos tentar entender.

    As diferenças do offseason para o onseason

    As diferenças básicas entre o offseason e o onseason estão basicamente ligadas a quantidade de calorias consumidas, assim como na distribuição e ratio dos macronutrientes. Em suma, isso quer dizer que no período de offseason consome-se mais calorias advindas de macronutrientes preferencialmente utilizados como energia no corpo, ou seja, carboidratos.

    Além disso, no período de offseason permite-se o consumo moderado de itens que fogem à dieta, ou as chamadas “refeições lixo”, que são momentos em que nos dedicamos a comer o que gostamos, a fim de não só estimular o corpo de diferente maneira, mas privilegiar a mente. Alguns alimentos são mais consumidos em offseason do que em fase de corte, como é o caso de massas, farináceos, hamburguers, pizzas, entre outros.

    refeicao-lixo-bodybuilder

    Cupom de Desconto DDM

    Entretanto, devemos assumir que as coisas não mudam drasticamente do offseason para o onseason, pelo menos não para aquele atleta que está em boas condições o ano todo. Esse tipo de atleta, preocupa-se com a qualidade de sua ingestão alimentar não somente quando está em más condições corpóreas, mas a todo momento. Isso é fundamental para que ele esteja bem para iniciar o seu processo de perda de gordura e não sofra tanto para iniciá-lo, visto que adeptos a offseasons desregulados e sem regras acabam por perder metade do que conseguiram na fase de ganhos.

    Dessa forma, é essencial que entendamos que se pouca coisa muda na rotina de quem REALMENTE FAZ DIETA, então, obviamente o teor calórico da dieta é relevante e é interessante sim contar as calorias no período de offseason.

    Comer de maneira inteligente no offseason

    Uma boa alimentação para esse período possui como regra principal atender às necessidades individuais, visando um saldo energético positivo, ou seja, consumindo um pouco mais de calorias do que se gasta. Obviamente, essas diretrizes do quanto se deve consumir a mais, variarão de acordo com cada pessoa. Há diretrizes que sugerem um consumo de cerca de 500kcal a mais, outras de 20% do valor energético total da dieta, entre outros. Porém, creio que essas sejam apenas diretrizes iniciais e que as mesmas devam ser adaptadas de acordo com a individualidade de cada pessoa. Por exemplo, alguns responderão bem com um aumento mero de 15% ou mesmo de 300Kcal na dieta. Já outros, necessitarão de quantidades muito superiores a essas, chegando em alguns casos a ultrapassar os 100% do VET ou mesmo tendo de consumir uma ou duas mil calorias a mais do seu valor energético total dietético (VET). Se o indivíduo praticar outras atividades físicas, esse consumo é ainda maior.

    No que tange os macronutrientes, exatamente a mesma diretriz deve ser considerada. Alguns indivíduos costumam consumir maiores quantidades de lipídios do que carboidratos, já outros preferem uma ingestão baixa de lipídios nessa fase e alta/média de carboidratos. Porém, o que cerca o consumo proteico, a maioria concorda que as quantidades devem ser necessariamente atendíveis às necessidades e jamais deve-se pecar por sua falta ou excesso.

    japones-com-frango-arroz-folhas-sopa

    Quanto às “refeições lixo” podemos optar por uma refeição pequena diária ou uma ou duas refeições maiores de lixo na semana. É importante considerar que esse é o momento para comer, mas não para fazer do seu corpo um depósito de porcarias. O bodybuilding é um estilo de vida o qual você deve se adaptar e saber lidar com diferentes situações, inclusive na hora de comer algo que foge à dieta tradicional. Porém, podemos ainda inserir compostos os quais auxiliam no sabor dos alimentos, como molhos mais gordurosos e calóricos, algum tipo de biscoitos, geleias, entre outros… Isso não prejudicará significativamente a dieta.

    Conclusão:

    É importante considerar não um consumo calórico exato no offseason, visto que isso limitaria os ganhos, mas uma média dietética deve ser seguida a fim de manter-se em padrões aceitáveis mesmo nesse período. Offseason é um período que se deve ser usado com inteligência para aumento de massa muscular e não aumento do depósito de lixos no corpo. Lembre-se que depositando apenas porcarias em seu corpo, resultados porcarias aparecerão além da sua saúde também tornar-se uma porcaria. Valorize-se e adapte-se!

    Boa alimentação!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */