L-Carnitina: ajuda na perda de peso?

POR -

Descubra se a L-Carnitina é um poderoso suplemento na ajuda contra o peso ou se é apenas mais um bom marketing!

A Carnitina tem sido uma das maiores febres quando o assunto é perda de peso, emagrecimento ou boa forma. Entretanto, este suplemento nutricional possui algumas aplicações específicas que devem ser devidamente orientadas antes de seu uso. Hoje, vamos conhecer a função da Carnitina em nosso corpo.

A Carnitina é um nutriente sintetizado a partir do aminoácido L-lisina. Ela está presente principalmente no tecido muscular de mamíferos (especificamente nas mitocôndrias celulares), dentre eles, o do homem. E não é a toa que ela se encontra em grandes quantidades lá: Sua importância é extrema em alguns processos energéticos relacionados ao funcionamento do músculo, ou da contração muscular, propriamente dita.

A Carnitina, por participar dos processos de oxidação lipídica, é altamente utilizada em suplementos para redução de gordura corpórea. Mas, afinal, como a carnitina age no corpo?

Em momentos de jejum, o metabolismo é dito como regido pelo hormônio produzido no pâncreas chamado Glucagon. Este hormônio, entre outras funções, tem a capacidade de estimular a lipólise. Assim, após o aumento nas concentrações de AMPc dentro do adipócito (resultantes da ação primária do glucagon que estimulará o adenilil ciclase), a enzima sensível aos hormônios desencadeará reações de degradação dos lipídios ali estocados, mais especificamente, na conversão do triacilglicerol em uma molécula de glicerol e 3 de ácidos graxos de diferentes tamanhos. O glicerol seguirá para o fígado onde será convertido em glicose e, os ácidos graxos se ligarão à albumina (proteína plasmática) e serão encaminhados para o tecido muscular.

A partir desse momento é que começa efetivamente a utilização dos lipídios como energia e, claro, é aí que entra o papel da carnitina endógena.

Banner Termogênico Yellow Hornet

A albumina, com o ácido graxo ligado a ela, libera-o para serem utilizados, passando eles por difusão ou por algum carregador. Porém, para que isso ocorra, há a necessidade de ativação dos ácidos graxos, ainda no citoplasma. Então, forma-se o complexo Acil-Coa (sendo que o termo “acil” se refere a ácidos graxos em geral) através da enzima acil-Coa-sintetase. Porém, este complexo não ultrapassa a mitocôndria, visto que ela é impermeável ao mesmo. Então, neste momento há uma reação do composto com a Carnitina, causando a liberação da coenzima CoA, através da enzima Carnitina Acil transferase I.Por conseguinte, já dentro a mitocôndria carreado pela acil translocase, onde de fato o ácido graxo sofrerá a beta-oxidação, gerando então energia, o composto sofre mais uma transformação pela Carnitina Acil Transferase II que desliga a carnitina e libera-a para o meio extra-mitocondrial para então ligar-se a outros ácidos graxos.

A partir disso, temos então o que chamamos de beta-oxidação com esses ácidos graxos, ou seja, a utilização dos mesmos como energia.

Como pudemos observar, a Carnitina possui sim um papel fundamental nesse processo e, realmente baixos níveis de carnitina podem interferir negativamente na perda de peso, pela dificuldade na oxidação dos ácidos graxos. Por conseguinte, seria a suplementação a solução?

Podemos ver que a Carnitina pode sim ajudar a perda de peso, porém deve ser lembrado que para que ela possa agir como eficiência e otimizando os resultados é necessário uma boa dieta, feita por um nutricionista (que saiba das suplementações) e um bom educador físico, para que possa trabalhar bem o seu físico. Por tanto não pense que a carnitina pura irá ser a solução de seus problemas, geralmente os problemas estão em uma má dieta.

Bem, estudos são contraditórios quando o assunto é a carnitina. Enquanto alguns apresentam ótimos resultados, outros se quer apresentam resultados. Portanto, isso pode comprovar a hipótese de que a simples suplementação de carnitina NÃO está associada a perda de peso em pessoas que possuem níveis normais do derivado da L-Lisina no corpo. Desta forma, antes da utilização do suplemento, propriamente dito, faz-se necessário uma avaliação clínica das reais condições fisiológicas do indivíduo para então optar ou não pela suplementação.

Onde comprar L-Carnitina?

A L-Carnitina é um suplemento liberado no Brasil e pode ser vendido aqui. Para comprá-lo em lojas brasileiras, clique aqui.

Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)


Você curtiu esse artigo?  

Suplementos em promoção

Comente usando seu perfil no facebook


14 comentários em L-Carnitina: ajuda na perda de peso?

Deixe seu comentário



Importante
Nós do site Dicasdemusculacao.com, não recomendamos o uso de NENHUM medicamento e/ou suplemento alimentar sem a prévia recomendação de um médico ou nutricionista. Não comece nenhuma rotina de treino sem a supervisão de um profissional da área do esporte. Nós NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS por nenhum dano que as informações contidas neste site venha a lhe causar. Usar sem uma consulta a um especialista na área, será colocar a sua vida em risco. Lembre-se disto!
x