• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    L-Carnitina: O que é, Como Tomar, Ajuda Emagrecer, Benefícios

    Conheça mais profundamente a L-Carnitina, um suplemento que pode te ajudar a obter melhores resultados na musculação e um corpo estético ainda mais belo!

    Guia completo sobre L-Carnitina

    A L-Carnitina, também conhecida como vitamina B11 (apesar do nome ser pouco utilizado), tem sido um aminoácido utilizado no meio esportivo, especialmente com a finalidade de auxiliar na redução da gordura corpórea. Apesar de não ser um suplemento termogênico ou mesmo queimador de gorduras, ele se mostra eficiente em alguns casos a fim deste objetivo ser alcançado.

    Porém, que tal conhecermos um pouco mais sobre a carnitina, sobre o que ela pode fazer por você, saber se ela possui efeitos colaterais e quais são as melhores formas de uso? Se você quer saber como este suplemento pode ser colocado em sua rotina, a fim de fazê-lo obter ainda mais resultados positivo, então, recomendo que prossiga no artigo.

    APRENDA: Como Economizar no Nutricionista e no Personal Trainer e ainda obter Resultados FANTÁSTICOS!

    DESCUBRA: 04 Erros Que te Impedem de Alcançar a Hipertrofia Muscular e Saiba como Eliminá-los!

    DESCUBRA: Como ter o Corpo dos seus Sonhos e Atrair Olhares por onde Passar em até 12 Semanas!

    CONHEÇA: Os 10 Passos Necessários para Ter uma Dieta e um Treino com Foco em Suas Necessidades e Individualidades!

    O que é a L-Carnitina?

    Também conhecida como vitamina B11, a L-Carnitina é um aminoácido sintetizado especialmente pelo fígado, pelos rins e pelo tecido cerebral (e sintetizada a partir da lisina e da metionina e tendo como co-fator de produção a piridoxina, a vitamina B3 e o ácido ascórbico) e está intimamente envolvida com a produção de energia pelo corpo através da solicitação de ácidos graxos armazenados no corpo (gordura corpórea), fazendo então, com que isso explique seu uso em momentos de busca de definição corpórea e de redução de gordura corpórea.

    Como a L-Carnitina funciona?

    Estão envolvidos muitos processos metabólicos os quais não nos convém detalhar neste momento, entretanto, devemos entender como são os princípios de ação da L-Carnitina no corpo, isso é essencial para explicar sua importância na redução de gordura corpórea.

    Imagine que, dentro do seu panículo adiposo (tecido adiposo), existam moléculas as quais estão ligadas adequadamente entre si, formando então as gorduras ali presentes. A maioria dessas moléculas é formada por uma molécula menor de glicerol que possui uma cadeia de ácidos graxos longa junto a si. Através de estímulos de hormônios lipolíticos, como a adrenalina ou mesmo a noradrenalina, além de outros compostos, é estimulado com que essas moléculas de lipídios sejam quebradas a fim de fazer com que os ácidos graxos liberados sejam convertidos em forma de energia, pelas células especialmente musculares.

    Infográfico como Funciona a L-Carnitina

    Quando os ácidos graxos são soltos da molécula de glicerol e caem na corrente sanguínea, eles são levados até às células para que eles possam entrar na mesma, precisa se ligar a uma molécula de Acetil-CoA, sendo que, este será ligado com a L-Carnitina através da Carnitina Palmitol Transferase I que é uma enzima.

    Este processo permite com que o ácido graxo chegue até a matriz mitocondrial. Então, após estar dentro da matriz mitocondrial, o ácido graxo precisa ser liberado para que sofra a chamada Beta-Oxidação e possa fornecer substratos para que seja gerada energia para a célula. Para que ele seja liberado, uma enzima é responsável por permitir isso, que é a Carnitina Palmitol Transferase II, a qual fará com que a carnitina também seja liberada e possa continuar exercendo suas funções adequadamente.

    Justamente por possibilitar que os ácidos graxos sejam usados como energia pelo corpo é que déficits de L-Carnitina podem reduzir a perda de gordura, enquanto, a suplementação com a carnitina pode incrementar este processo.

    A L-Carnitina possui outros benefícios?

    Alguns estudos mostram que a L-Carnitina também pode trazer alguns benefícios como a redução de até 50% das concentrações de ácido lático no corpo, promovendo melhor recuperação. Ainda, ela promove o aumento nos níveis de HDL e melhora os níveis circulatórios da testosterona, fazendo com que haja melhor capacidade de aumentar ou manter a massa muscular, especialmente em períodos de cutting onde restrição energética é maior.

    Outros estudos ainda, mostram que a L-Carnitina pode ser usada na redução dos níveis de estresse promovido pela prática de exercícios intensos, promovendo então uma melhor recuperação e um rendimento mais progressivo frente aos processos adaptativos que ocorrerão no corpo.

    Ela também trás melhorias no controle dos níveis de glicose no sangue (especialmente por fazer com que maiores quantidades de ácidos graxos sejam usados como energia, em substituição dos carboidratos), melhora a saúde do cérebro, trazendo melhor concentração e foco, previne a perda óssea e melhora o sistema imunológico.

    Outros benefícios podem ser citados como:

    • Ação Antioxidante, combatendo radicais livres;
    • Estimula as funções cerebrais e previne o envelhecimento;
    • Auxilia no Ganho de Massa Muscular;
    • Maior resistência cardiovascular!

    A falta de L-Carnitina não prejudicará somente a performance física, a recuperação pós-treino e a queima de gordura, mas fará com que você tenha maior propensão ao desenvolvimento de Hepatites, que são doenças em diferentes graus e tipos ocorrentes no tecido hepático.

    Qual a melhor forma de consumir a L-Carnitina?

    Muito se fala sobre a eficiência do uso da L-Carnitina quando suplementada e temos de considerar alguns pontos importantes:

    O primeiro deles é que, a melhor fonte de L-Carnitina NÃO advém da suplementação, mas de fontes dietéticas, incluindo algumas delas como fungos, nozes, o trigo e o arroz. Esta Carnitina obtida através da dieta, tem índices de absorção de cerca de 54 a 87% no corpo.

    Porém, quando suplementada (seja em cápsulas, pó ou em versões líquidas), doses usuais de Carnitina giram em torno de 1000-1500mg (1g a 1,5g) de duas a três vezes ao dia (normalmente na primeira refeição, antes e depois do treino), sendo que, esta suplementação possui índices de absorção de apenas 14 a 18%, demonstrando que, mesmo que você decida pela suplementação do aminoácido, não terá bons efeitos caso não esteja com práticas nutricionais adequadas e que possam ser capazes de atender suas necessidades individuais.

    Suplemento de L-Carnitina

    L-Carnitina Emagrece?

    Bom, pudemos entender que o principio da L-Carnitina para os praticantes de atividades física é quebrar as gorduras e transformar o ácido graxo em energia. E isso, por si só, já ajuda no emagrecimento.

    Porém a L-Carnitina, de maneira tímida, também pode ajudar, e influenciar, no controle do apetite e na diminuição da fadiga. E com isso, ela pode influenciar que você consuma menos calorias, o que irá favorecer em sua dieta para emagrecimento.

    Diferença de L-Carnitina e Acetil L-Carnitina

    Hoje no mercado de suplementação você pode encontrar dois tipos de carnitina, a L-Carnitina, que é o suplemento que estamos conversando nesse artigo e o acetil L-Carnitina (ou Acetyl L-Carnitine).

    O acetil L-Carnitina possui a mesma composição da L-Canitina, porém a diferença é que o acetil é um versão mais processada, e por isso possui uma maior facilidade para ultrapassar a barreira hematoencefálica (barreira cerebral). O uso do acetil é mais indicado como estimulador neural, do que como estimulador de energia para exercícios físicos.

    Qual a melhor marca e onde comprar a L-Carnitina?

    Este é um suplemento liberado para consumo pela ANVISA, por tanto você não terá problemas para encontrá-lo em qualquer loja de suplementos da sua cidade, ou qualquer loja da internet. Inclusive, por ser um suplemento muito utilizado, algumas farmácia também o vendem.

    Você encontrará a Canitina de diversas marcas, tanto as nacionais, como as importadas. Hoje em dia, quase toda a marca possui a sua fórmula de L-Carnitina.

    Uma marca que nós do site Dicas de Musculação aprovamos e recomendamos é a New Nutrition. Conhecemos a marca e a fábrica e sabemos que eles possuem matéria prima de suplementos internacionais, mantendo um bom preço, que todos possam pagar e usufruir de suplementos de qualidade.

    Vídeo sobre L-Carnitina

    Bom, se você chegou até aqui e ainda não conseguiu entender como funciona, seus benefícios, modo de usar e tudo mais, ou prefere assistir a um vídeo explicativo do que ler um artigo em um site, segue abaixo um vídeo gravado sobre a L-Canitina. Confesso que não foi gravado por mim, e em breve irei fazer um vídeo sobre o suplemento, mas este vídeo abaixo está bem completo e complementa bem o que eu escrevi no artigo.

    E ai, conseguiu aprender tudo o que precisava sobre este aminoácido?

    A L-Carnitina possui efeitos colaterais?

    Não existem sérios relatos de efeitos colaterais com as doses recomendadas do aminoácido. Entretanto, megadoses apresentaram maiores chances do desenvolvimento de problemas relacionados a arteriosclerose, pois, a canitina, quando em excesso, é convertida por bactérias intestinais em TMAO, que favorece o acúmulo de lipídios nos vasos sanguíneos. Porém tudo isso foi constatado em estudos mais isolados.

    Conclusão:

    A L-Carnitina é um aminoácido o qual pode auxiliar na perda de gordura corpórea, além de trazer uma melhora na massa muscular e também auxiliar na saúde.

    Entretanto, suas doses precisam ser respeitadas sendo que ainda, deve-se considerar sempre uma boa dieta, capaz de otimizar o aproveitamento deste aminoácido, uma vez que, a canitina quando ingerida dos alimentos, possui maior biodisponibilidade no corpo humano.

    Portanto, vale a pensa consultar bons profissionais para que possa ser prescrito o melhor uso para suas condições individuais.

    Bons treinos!

    Whey Protein

    59 Comentários

    1. Betão Marcatto 7 meses atrás
    2. Jessica 7 meses atrás
    3. Betão Marcatto 9 meses atrás
    4. Janaína 9 meses atrás
    5. Betão Marcatto 10 meses atrás
    6. Rafael 10 meses atrás
    7. Betão Marcatto 11 meses atrás
    8. dani 11 meses atrás
    9. Betão Marcatto 11 meses atrás
    10. Betão Marcatto 11 meses atrás
    11. Rafael Lacerda de Carvalho 11 meses atrás
    12. POLIANA SANTOS 1 ano atrás
    13. Nelson 1 ano atrás
    14. Marcio 1 ano atrás
    15. Thiago 1 ano atrás
    16. Robson Henriqueto 1 ano atrás
    17. Wanderson 1 ano atrás
    18. Carla 1 ano atrás
    19. Raiane 1 ano atrás
    20. rodolpho novaes 1 ano atrás
    21. Va 2 anos atrás
    22. SANDRO 2 anos atrás
    23. janaina 2 anos atrás
    24. Amanda 2 anos atrás
    25. Thiago 2 anos atrás
    26. Roberta 2 anos atrás
    27. Juliana 2 anos atrás
    28. Carollina Daibuche 2 anos atrás


    /* */