• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Mr. Olympia 2013: Um release dos principais acontecimentos do evento

    Confira o que de melhor aconteceu em cada categoria do Mr. Olympia 2013 e saiba quem foram os campeões e porque eles ganharam! Um release completo sobre o maior campeonato de fisiculturismo do mundo!

    Englobando o maior evento de fisiculturismo do mundo, os três últimos dias da da ultima semana de setembro de 2013 foram marcados pelos shows ocorridos no Mr. Olympia 2013, em especial aos últimos dois dias, os quais foram dedicados as finais.

    Foto de promoção do evento Mr. Olympia 2013

    Além da maior feira relacionada ao mundo bodybuilding e fitness, o Mr. Olympia representa para todo atleta e admirador do fisiculturismo, um marco anual o qual envolve desde aspectos relacionados ao esporte em si, até aspectos emocionais e psicológicos pelos quais todo bodybuilder passa em uma pré-competição. Além disso, em especial ao ano de 2013, uma larga lembrança de Joe Weider foi ressaltada, demonstrando assim grande dor e ao mesmo tempo admiração por um dos maiores contribuintes do fisiculturismo para o mundo.

    Mas, sem sombra de dúvidas são os atletas mesmo o maior espetáculo do Mr. Olymia e é sobre eles que iremos brevemente comentar e destacar alguns importantes pontos sobre os principais qualificados e, claro, colocados.

    Categoria principal Mr. Olympia 2013

    Na categoria principal do Mr. Olympia, grandes surpresas aconteceram. Apesar disso, não diria que a principal foi relacionada ao seu primeiro lugar, pois este já era esperado. Phil Heath apresentou um corpo realmente incomparável com quaisquer outros concorrentes. Para se ter uma noção do nível do atleta, Phil não chegou nem a entrar em conflito de atletas (poses entre atletas determinados melhores pelos juízes), pois segundo os juízes, não havia nada que pudesse ser comparado a ele.

    Apresentando braços grandes como sempre, a maior evolução dos últimos anos tem sido nos dorsais do atleta. Cada vez maiores e mais densas, esse ano apresentou um grande progresso, em especial na região inferior, em sentido longitudinal dos mesmos. Excelentemente simétricos e desenhados, ao abrir o “Back Double Bíceps”, o atleta impressionou a quaisquer pessoas. Os peitorais arredondados e uma melhora no abdômen também foram pontos cruciais nessa simetria de corpo, com ótimo tamanho, proporção e definição.

    Phil, sem sombra de dúvidas iria mesmo levar esse primeiro lugar e já se esperava isso desde as prévias.

    Phil Heath campeão do Mr. Olympia 2013

    Como todo ano, progredindo cada vez mais, principalmente na simetria longitudinal dos dorsais, Kai Greene foi o segundo lugar. Os peitorais e a pose de “Most muscular” apresentavam uma fibração inacreditável na região. Os oblíquos do atleta também estavam evidentemente simétricos, gigantescos, mas sem deixar quaisquer vestígios de cintura larga.

    Além disso, Kai mostrou-se confiante nas poses, principalmente nas que valorizavam as pernas e os bíceps (que estava com INCRÍVEIS picos). Apesar dessa confiança toda, pareceu estar um pouco mais seco nas prévias do que no show principal, em especial na região abdominal. Um pouco estranho, provavelmente algo que possa ter acontecido de maneira metabólica ou mesmo descuido de um dia para o outro. Se isso realmente aconteceu, é provável que tenha sido um fato repetido ao atleta e que necessite ser observado em próximos campeonatos.

    Kai Greene, segundo lugar no Mr. Olympia 2013

    Em terceiro lugar pudemos ver a maior das surpresa do Mr Olympia 2013, o alemão Dennis “Big” Wolf! Talvez essa tenha sido uma das evoluções mais acentuadas do Mr. Olympia depois de 1995 para 1996. Certamente o atleta, como ele mesmo disse, alcançou uma maturidade muscular e uma resposta de estímulo de treino individual tão incrível que os resultados foram expressivos. Apresentando muito mais simetria entre os braços e o resto do corpo e, apresentando uma grotesca evolução nos dorsais, o lobo alemão surpreendeu dos mais céticos aos mais tendenciosos. Portanto, sem sombra de dúvidas, se Mr. Olympia fosse por merecimento, esse seria o atleta campeão.

    Dennis ainda surpreendeu com sua definição muscular e uma bela rotina de poses, como sempre.

    Em quarto e quinto lugar, tivemos uma surpresa e o esperado. Se, por um lado, o quinto lugar para Dexter Jackson, o veterano, já ficou de bom tamanho (mesmo com o incrível abdômen, e a definição), por outro, o quarto lugar para Shawn Rhoden, foi uma surpresa. Este demonstrou físicos próximos a Flex Wheeler no início da carreira, mesclando então um pouco daquele shape ectomorfo com uma muscularidade ímpar. O atleta certamente, foi uma surpresa, pois apesar da pouca idade e do pouco tempo no Mr. Olympia, tem cada vez mais conquistado seu resultado.

    Foto do terceiro, quarto e quinto lugar do Mr. Olympia 2013

    Jay Cutler, o mais esperado da noite, ficou em sexto lugar. Jay, carismático como quase sempre, apesar da superação de voltar, de perder todo o peso ganho por conta de ter de parar temporariamente de treinar, e outros tantos fatores, infelizmente deixou a desejar nas panturrilhas, que estavam relativamente pequenas, e no abdome dilatado e nem tão seco. Os bíceps apresentaram grande assimetria e o que deixou mesmo o atleta em alta foram seus dorsais. Parece mesmo que o melhor do evento foi ter lançado sua marca de suplementos na feira. Há quem diga que esse foi o último Mr. Olympia do atleta. De outro lado, Roelly, que merecia estar a frente de Jay, apresentou braços GIGANTESCOS e uma melhora evidente no corpo, mas que ainda não atinge o níveis primários classificatórios do MR. O.

    Por fim, temos o oitavo, nono e décimo lugar. O oitavo, atingido por Big Ramy foi mesmo uma DECEPÇÃO para tantos que esperavam MUITO mais do atleta. Prometendo ser o choque, a inovação e a surpresa o Mr. Olympia 2013, o atleta não apresentou absolutamente nada de mais e também deixou muito a desejar com a desproporção dos enormes dorsais com o restante do corpo, que ficou pequeno perto dele. Branch em nono e Lionel em décimo ocuparam bons lugares, apesar de Lionel estar pouco melhor que Big Ramy em alguns lugares. Branch, que também sofreu por conta de lesões e de paradas de treino, infelizmente não se apresentou tão seco como 2-3 anos atrás no Olympia e também acabou perdendo o enfoque nos quadríceps. Essa não foi para o quadrassauro!

    Categoria Ms. Olympia 2013

    Iris Kyle campeã do Ms. Olympia 2013

    Na categoria, o esperado já era mais do que óbvio. Pelo oitavo ano consecutivo e como nono no evento, Iris Kyle leva o título de primeiro lugar pra casa. Obviamente, não podemos dizer que esse foi o auge das condições corpóreas da atleta ou tampouco que sua definição foi como antes. Entretanto, não havia atleta que pudesse bater tamanho volume muscular. Com tríceps um pouco menos definido, mas com uma aparente volumização quando comparada aos anos anteriores, Iris Kyle deu um show de que as mulheres podem atingir resultados tão satisfatórios quanto os homens na musculação.

    Por outro lado, o segundo e terceiro lugar ficaram para Alina Popa, morena que apresentou quadríceps ímpares juntamente com um abdome desenhado e proporcional ao tronco do corpo e Debi Laszewiski, americana que ano a ano vem conseguindo se consagrar, pelo menos no TOP 5 do Ms. Olympia.

    Finalizando o TOP 5 as colocadas foram Yaxeni Oriquen em quarto, também já bastante conhecida no Ms. Olympia com seus incríveis braços, mas pecando um pouco nos quadríceps e glúteos e Brigita Benzovac em quinto, loira com uma definição extrema, mas que aparentemente próxima a outras competidoras, acabou ficando sem muito volume.

    Categoria Mr. Olympia 212lbs

    Flex Lewis campeão da categoria 212lbs do Mr. Olympia 2012

    A categoria 212lbs tem sido de tão grande destaque quanto a própria categoria principal do Olympia. Sem sombra de dúvidas, mostrando cada vez mais atletas com uma singularidade corpórea ímpar, essa categoria deu o que falar e ainda tivemos participação brasileira nesse TOP 5.

    Flex Lewis estava simplesmente imbatível (como sempre), com seu volume absurdamente superior aos outros competidores. Os braços enormes colocados naquele corpo sem grande estatura, lembram muito o físico de Lee Priest. O imbatível atleta, aliás, apresentou glúteos como jamais vistos antes. Fibras incrivelmente salientes e um desenho ímpar. O trabalho feito nos membros inferiores de Lewis certamente se destacavam SIGNIFICATIVAMENTE de quaisquer outros candidatos presentes.

    O segundo e terceiro lugares foram ocupados, respectivamente, por David Henry, lembrando muito o ex-competidor Shawn Ray, demonstrando um ótimo trabalho, em especial nos peitorais e na região central da parte posterior do tronco e Kevin English, o qual foi uma grande aposta durante anos para o evento.

    Por fim, em quarto Jose Raymond, grande bodybuilder que tem feito um excelente trabalho e conquistado um espaço especial no fisiculturismo, mostrando quadríceps com extremos volumes bem como nos braços e o brasileiro Eduardo Correa em quinto, que se mostrou extremamente denso e seco, mas acabou por ficar um pouco desproporcional na relação braços X dorsais. Os peitorais, apesar de apresentarem alguma assimetria, foram compensados pelo excelente trabalho no abdômen inferior. Eduardo, apesar de não ter conseguido lá boa colocação, merece inúmeros méritos e, acima de qualquer outra coisa, merece destaque por sua capacidade, esforço e dedicação nesses anos todos. Valeu ao atleta, pelo menos, o título de atleta mais bem condicionado da categoria.

    Categoria Bikini Olympia 2013

    Ashley Kaltwasser campeã da categoria Bikini do Mr. Olympia 2013

    A categoria mais aguardada pelos homens, creio, é mesmo a Bikini, com suas ótimas e belas atletas. E ela não é marcada por tanta espera a toa.

    Em primeiríssimo lugar, tivemos Ashey Kaltwasser, bela morena, com um abdômen longe de gomos, mas extremamente “chapado” e de dar inveja a quase todas as mulheres. O segundo e terceiro lugar foram ocupados por Yeashaira Robles, bastante conhecida e que mostrou um abdômen incrivelmente definido juntamente com bustos proporcionais ao corpo e Stacey Alexander, que estava, em minha opinião, abaixo da quarta colocada, a brasileira Nathalia Melo, principalmente nos quesitos de definição muscular. Além da beleza, a atleta brasileira fez um trabalho incrível na região inferior do abdômen, superando todas as outras classificadas. Entretanto, a IFBB trabalha com padrões estabelecidos, portanto, pode ter sido um tanto quanto justa a colocação.

    Em quinto, para fechar o TOP 5 da beleza feminina, India Paulino mostrou a beleza negra para todas as outras concorrentes e para o mundo, combinando uma genética já esperada e um trabalho sério, firme e que gerou resultados visíveis.

    Categoria Figure

    Nicole Wilikins campeã da categoria figure do Mr. Olympia 2013

    A categoria Figure foi marcada pelo primeiro lugar já esperado de Nicole Wilkins, uma das loiras que mais chama atenção nos eventos do Mr. Olympia. Mostrando uma singularidade de dorsais e uma cinturinha fina e bem desenhada com retos abdominais impecáveis, a atleta causou grande impacto e conquistou mais um título para a carreira.

    Erin Stern foi a segunda colocada, surpreendendo o que se esperava da atleta em terceiro lugar Candice Keene. Apesar de Candice apresentar uma muscularidade bem mais consolidada, de maior tamanho e evidente, Erin estava mais definida e sua cintura fina contribuía proporcionalmente ao restante do corpo. Candice entretanto, supera todas as outras candidatas no quesito abdômen oblíquo.

    Os quarto e quinto lugares ficaram para Heather Dees e Mallory Haldeman, que levaram boas e justas colocações. Ambas apresentavam físicos muito próximos e, muito provavelmente, Heather ficou na frente pelo volume muscular, apenas.

    Categoria Physique

    Dana Linn Bailey campeão da categoria Physique do Mr. Olympia 2013

    Na categoria Physique, Dana Linn, como já era esperado, levou o primeiro lugar. Picos de bíceps e costas marcadas foram os principais destaques da atleta.

    Trycie Coppett e Sara Hurrle pegaram o segundo e terceiro lugar. Trycie estava evidentemente melhor e muito se aproximava de Dana, principalmente nos membros superiores. Já Sara, pecou na definição dos braços, mas mostrou um incrível músculo sartório na região das pernas.

    Toni West e Patrícia Melo, brasileira, ficaram em quarto e quinto lugar. Novamente, em uma opinião particular, Patrícia estava melhor: mais densidade muscular, maior proporção, membros superiores e inferiores melhores, mais definidos e maiores e, apenas pecou um pouco na definição abdominal, o que pode ter prejudicado o resultado final.

    Categoria Fitness

    Adela Garcia campeã da categoria Fitness do Mr. Olympia 2013

    A categoria Fitness, também marcada por atletas de exímio potencial, inicializou o pódio com Adela Garcia, como também já esperado. Desde as prévias, a atleta já recebera rumores de que seria a campeã. Os deltoides de Adela estavam incríveis e davam uma bela proporção de troncos largos. Os bíceps estavam ótimos, mas faltou um pouco mais de definição em sua região dorsal. Já Oksana Grishina, segunda colocada mostrou abdominais fantásticos e um deltoide tão ou mais bonito do que Adela. A bela loira estava também com dorsais mais proporcionais e pernas mais definidas. Novamente, há pessoas que preferem dizer que estava melhor que a primeira colocada.

    O terceiro, quarto e quinto lugar foram marcados por Tanji Johnson, bela morena que infelizmente ficou abaixo no volume muscular, mas compensou pela definição, porém que não a salvou, Myriam Capes, não apresentando lá grande shape comparada as atletas que conquistaram lugares superiores no pódio e, claro, a loira Bethany Cisternino, que mostrou-se seca, densa e melhor que Myriam. Muito provavelmente a atleta levou quinto lugar por seus braços um pouco finos e pela baixa grossura na região dorsal, deixando o tronco um pouco estranho.

    Não foi de praxe comentar das outras categorias a respeito do sexto lugar, mas cabe-nos, nessa categoria, abrir uma exceção. E sim, estamos falando de Trish Warren, esposa de Branch Warren. Depois de pegar segundo lugar no NY Pro de 2010, a atleta infelizmente, apesar das expectativas do mundo inteiro, pegou sexto lugar. Apesar do renome, Trish não demonstrou lá tanto preparo quanto das outras vezes. Mostrou-se relativamente menos seca, com uma muscularidade densa, mas não consolidada e definida, e um pouco de retenção hídrica. Merecido o lugar, mas que certamente deixou expectativas.

    Um parecer geral do Mr. Olympia

    Diante da triste perda esse ano de Joe Weider, o Mr. Olympia foi marcado por inúmeras surpresas em algumas categorias, como na principal e algumas já certezas, como na categoria Ms. Olympia. Apesar disso, não deixou de ser um singular show o qual reuniu o mundo inteiro, tanto em termos de atletas, quanto em termos de público para sua incrível e incomparável feira e, claro, evento.

    Neste Mr. Olympia pudemos ver cada vez mais uma crescente de novos atletas e uma crescente de atletas do mundo inteiro, mostrando que cada vez mais o bodybuilding vem se difundindo pelos quatro cantos do mundo, derrubando barreiras de preconceito, tanto no lado masculino quanto no feminino.

    A verdade é que esse Mr. Olympia deixou um “Q” de curiosidade para todos nós em vários pontos. Há quem diga: Será que foi a aposentadoria de Jay Cutler? Será que Iris Kyle ganhará no próximo ano também? Qual será o futuro de Dennis Wolf, uma promessa ou mais uma vez morrerá na praia? E quem será Big Ramy daqui uns anos? E os brasileiros, serão mais ou menos evidentes na próxima edição?

    Aguarde e verás! Esse foi o Mr. Olympia 2013!

    Acompanhe como foram os bastidores do Mr. Olympia 2013: http://dicasdemusculacao.org/mr-olympia-2013-acompanhe-tudo-sobre-o-evento/

    Assista aos replays do Mr. Olympia 2013: http://dicasdemusculacao.org/assista-mr-olympia-2013/

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    Um Comentário

    1. Pedro 3 anos atrás


    /* */