• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Mulheres precisam se preocupar com o alargamento das costas?

    Descubra se o treino de dorsais (costas) feito por mulher pode alterar o alargamento das costas.

    As mulheres quando entram na academia buscam sempre tonificar os músculos inferiores e quase que sempre elas evitam ao máximo treinar a parte superior, principalmente as costas, pois o medo de ter as costas largas e parecer uma “musculosa” é muito grande.

    Exercício puxada aberta feito por mulheres

    Comprar Whey Isolado VP2

    Porém será que este método de abandonar o treino de costas ou evitar treinar músculos que dão enfase ao alongamento de costas é um bom método para as mulheres? Vamos tentar descobrir neste artigo!

    Entendendo os músculos das costas

    Os músculos que constituem a região dorsal (costas) são vários. Entretanto, é fundamental que possamos conhecer alguns dos principais a fim de anatomicamente entendermos cada exercício e seu enfoque principal.

    Iniciando a denominação no sentido inferior-superior, podemos encontrar como primeira musculatura principal os eretores da coluna e os eretores da espinha. Esses primeiros músculos estão localizados na região lombar da parte dorsal do tronco. São responsáveis pela estabilização do tronco, mas quando bem trabalhados, podem fornecer um aspecto extremamente denso no dorso do corpo. Entretanto, apesar desse aspecto, esses músculos não são os grandes responsáveis pelo aumento ou alargamento da região dorsal. Adiante, temos o serrátil posterior inferior, o serrátil anterior, o dorsal (maior responsável pelo alargamento dos dorsais) e, por fim, músculos que auxiliam no alargamento, mas mais ainda na densidade e espessura dos dorsais, tais quais os redondos (maior e menor) e o romboide, que estão próximos ao deltoides posterior. O trapézio também faz parte desse último grupo de dorsais, tendo grande função na qualidade dos dorsais.

    Como podemos observar, são inúmeros os músculos os quais participam dos dorsais, mas são só alguns que participam do alargamento máximo dos mesmos. Dessa forma, será que cabe então evitar exercícios os quais recrutem esses músculos para mulheres que não desejam ter dorsais alargados? Deveríamos nós evitar pulldowns com pegadas abertas, barras fixas ou mesmo remadas como o serrote unilateral? Bem, diria eu que certamente não!

    Cupom de Desconto DDM

    Dica: Uma coisa que muitas pessoas acabam pecando é em achar que trabalhar o músculo de forma isolada, quer dizer trabalhar apenas uma parte do músculo. Isso é errado. Não adianta você tentar fazer apenas exercícios para isolar uma parte da dorsal, pois de qualquer maneira a dorsal será trabalhada por completo. Portanto não negligêncie os exercícios de dorsais, apenas molde-os dentro de seu objetivo, alinhado intensidade, técnicas de treino, alimentação e etc.

    O alargamento não virá apenas dos exercícios

    Um grande erro é imaginar que o alargamento das costas possa ocorrer por utilizar exercícios os quais recrutem necessariamente os músculos responsáveis pelo alargamento das costas. Esses músculos necessitam SIM ser trabalhados não só por questão estética de proporção, mas principalmente por quesitos funcionais e anatômicos.

    Para se ter um crescimento relativamente saliente é necessário que de maneira individual a dieta esteja de acordo com o que a pessoa deseja (se esse for o caso de ganho de massa muscular). Jamais obteremos êxito no ganho de massa muscular e no alargamento dos dorsais sem uma dieta que esteja de acordo com isso. Dessa forma, é totalmente conveniente percebermos que não é apenas um fator que influenciará em seus resultados, mas diversos outros.

    Você deve atentar-se ainda ao trabalho dessa região. Não tão somente em questões de estética esses músculos devem ser devidamente avaliados, mas principalmente em questões fisiológicas. Ter desníveis musculares e regiões do corpo desfavorecidas por negligência de trabalho é algo que comprometerá seus resultados como um todo. A longo prazo e em casos extremos, pode prejudicar aspectos como  a postura e outros itens relacionados à saúde.

    Portanto, você não necessita exatamente enfatizar essa musculatura para trabalho, mas sim deve trabalhá-la adequadamente e corretamente. Fique ciente de que o alargamento das costas não se dá só pelo treino, mas sim por uma série de fatores, como alimentação, intensidade do treino, combinação de exercícios, uso de hormônios, treino voltado a competições e etc.

    Conclusão:

    Podemos concluir então que o alargamento das costas não é devido a fazer ou não o treino de costas. São muitos os fatores para que realmente você possa mudar a estrutura de suas dorsais. Portanto não negligencie o treino de costas completo, pois assim como todos os outros músculos as costas são importantes para a simetria do corpo e para a evolução dos resultados em geral.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */