• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Musculação em casa vale a pena?

    Descubra se a prática de musculação dentro de casa é um método válido para quem busca saúde e um bom corpo físico.

    Quem nunca fez algumas flexões dentro de casa, alguns abdominais ou mesmo comprou aquelas barras fixas de prender nos batentes de portas, fez algumas repetições e se sentiu mais forte? Quem decidiu “mudar de vida” com essas e outras práticas, conseguiu seguir por três dias e, no quarto, desanimou ou sentiu tanta dor muscular de início tardio que, simplesmente desistiu de tudo? Pois bem, essas e outras práticas são as consideradas “musculação em casa”, ou seja, exercícios praticados dentro de sua própria casa.

    Praticar musculação em casa

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Recebo muitos e-mails de pessoas que dizem não ter tempo para ir a academia, não possuem condições financeiras, enfim, e que gostariam de praticar musculação em casa. Este artigo, portanto, visa responder a estas pessoas e a muitas outras, passando um pouco do ponto de vista sobre a musculação praticada em casa, sem supervisão, sem equipamentos adequados e sem a devida estrutura.

    Então fica a pergunta: Seria a “musculação em casa” uma boa opção? Ela poderiam promover um bom desenvolvimento e uma segurança/aplicabilidade adequada a seus realizadores? Será que a musculação praticada sem sair de sua casa, realmente pode acrescentar benefícios próximos ou iguais à musculação trabalhada em academias próprias para isso? Será que existem riscos? Responderemos essas e outras perguntas a seguir…

    A musculação em casa e seus riscos

    A musculação em casa não possui um devido suporte estrutural. Isso quer dizer que, por mais que você tente improvisar, jamais terá a estrutura que um local feito unicamente para aquilo tem. Você pode usar uma barra fixa no batente de sua porta, mas ela não terá a mesma eficácia, segurança e variabilidade do que uma barra fixa nas academias. Você pode fazer flexões para peito no solo ou mesmo apoiado em algum objeto, mas não terá a mesma eficiência do que um bom supino realizado com barra, halteres ou mesmo em máquinas. Você pode fazer passadas quilométricas no meio da rua, mas isso não será tão eficaz quanto um bom agachamento livre ou um leg press na academia. Devemos contar ainda que, academias, por mais simples que sejam contam com bancos apropriados, piso antiderrapante, com equipamentos que possuam a mínima segurança e proporcionem uma biomecânica adequada ao corpo.

    Sala de musculação feita dentro de casa

    Treinar dentro de casa também se torna muito limitador aos exercícios e desmotivador a si mesmo. Os exercícios tornam-se restritos pela falta de estrutura e carga, fazendo com que os processos adaptativos passem a ocorrer, aliado com as inúmeras distrações que você tem dentro de sua casa (TV, Computador, Telefone, Games etc) também auxiliarão nisso. Todas essas distrações comprometerão não só o rendimento em si do seu treinamento, mas podem desviar seu foco de tal maneira que você poderá se machucar por um descuido.

    Quando procuramos uma academia de musculação, essa não se deve ser visualizada somente como uma estrutura física, mas devemos olhar também a busca por uma orientação correta de como executar movimentos, fazer exercícios e chegar aos resultados os quais pretendemos. Lá contaremos com profissionais que poderão nos dar todo esse apoio. Esse tem sido o grande diferencial hoje em dia, visto que montar uma academia com boa estrutura física, quase todas possuem, mas o lado do ser humano, do instrutor que está ali, esse deve ser o diferencial buscado nos dias de hoje, visando mais a interação de seus profissionais para com seus alunos e o reflexo que isso traz no aspecto motivacional.

    Cupom de Desconto DDM

    Podemos entender a princípio que a musculação realizada em academias deve ser mais precisa, mais segura e correta. Quando não temos o devido conhecimento do assunto, podemos nos prejudicar grandemente, não pelo peso em si, mas pela execução incorreta de movimentos. Nas academias contamos com pessoas as quais estudaram para nos orientar adequadamente de como executar os movimentos para objetivar o que desejamos, afinal, a musculação não está apenas em se mover ou em erguer pesos, mas vai muito além disso. Uma pessoa, em especial iniciante, pode acarretar problemas até mesmo irreversíveis se fizer algo errado.

    Estações de musculação: Elas podem solucionar o problema?

    As estações de musculação normalmente são aparelhos multifuncionais que auxiliam no treinamento, pois permitem diferentes trabalhos musculares. Entretanto, a maioria das estações (pelo menos as vendidas no Brasil) tem uma qualidade extremamente ruim, na biomecânica, no material e na estrutura em si. Elas não permitem grandes ajustes e são mais propensas a prejudicaram seus treinamentos de musculação do que ajudá-los. A grosso modo, NÃO VALE A PENA INVESTIR o preço que elas custam no Brasil. É muito mais vantajoso investir em uma boa academia, afinal, prezar pela qualidade do que interfere em seu próprio corpo é fundamental.

    Estação de musculação

    Uma estação de musculação mediana, está saindo pelo valor de R$1.500,00. Se você pegar esse valor e investir em uma academia de bairro, você consegue pagar até 2 anos dessa academia. Se for analisar uma estação que realmente valha a pena então, são muitos anos de academia… Então, se for colocar na ponta do lápis e nos benefícios, realmente não valem a pena estas estações.

    Não quero ir à academia praticar musculação. O que devo fazer?

    A princípio, devemos entender que algumas pessoas não gostam do ambiente de academias e devem ser respeitadas. Porém, se elas querem realmente um corpo diferenciado e não estão apenas preocupadas com sua saúde e com sua qualidade de vida, elas terão de abrir mão e procurar um lugar adequado ou ao menos suportável. A solução pode ser academias ao ar livre, caso sua cidade possua boa estrutura e profissionais.

    Entretanto, se você está procurando uma melhora na saúde e na qualidade de vida, vale a pena considerar outras práticas de exercícios físicos que possam ser mais dinâmicos às suas preferências. Há inúmeros esportes individuais e coletivos os quais podem ser contemplados e trarão bons benefícios à saúde, além de momentos de lazer e distração, afinal, não é conveniente praticar quaisquer atividades físicas com desprazer e sem o aspecto motivacional e de superação.

    Algumas ideias de exercícios podem ser:

    • Caminhada;
    • Corrida ao ar livre;
    • Natação;
    • Dança;
    • Algum esporte de luta;
    • Futebol, Handebol, Vôlei.

    Enfim, existem muitos esportes. Escolha um que você tenha mais vontade de fazer e faça! Entretanto lembre-se, se o objetivo for a melhor física do corpo esteticamente, a musculação é o melhor e indispensável.

    Conclusão:

    De maneira conclusiva, podemos entender que a musculação em casa não vale a pena ser praticada, pois projeta erros e pontos críticos os quais podem não só comprometer seus resultados, mas podem acarretar prejuízos relacionados a sua integridade física e sua saúde. Dentro de uma academia devidamente estruturada, encontram-se pontos fundamentais como acompanhamento profissional e espaço físico adequado e projetado para aquelas práticas.

    Entretanto, se o seu objetivo não é grande mudança física, vale a pena considerar a prática de outras atividades esportivas individuais ou coletivas, as quais tragam momentos de prazer aliados aos benefícios físicos em si.

    Agora, se mesmo assim você ainda quiser praticar a musculação em casa, segue aqui um link de um Guia Completo de exercícios, clique aqui e aproveite!

    Saiba sempre respeitar seus limites, mas não faça deles justificativas para não obter resultados!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */