• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Nem todos os suplementos necessitam de pausa em seu uso

    Aprenda quais são os suplementos que precisam de pausa no seu uso e quais são os que podem ser usados de maneira continua.

    Quando começamos a usar suplementos sempre temos muitas dúvidas, e na maioria das vezes vamos tirar essas dúvidas dentro das academias, com pessoas que não estudaram e nem são nutricionistas, mas que são “filhos de academias”, ou seja, aprenderam tudo ali dentro, seja o certo ou o errado. E uma das maiores duvidas são a respeito das pausas nos suplementos.

    Mix de suplementos alimentares e ergogênicos

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Quem nunca se deparou com dicas as quais recomendavam utilizar durante um tempo e depois parar o uso da famosa creatina? E quem nunca se deparou com outras dicas as quais recomendavam o uso por determinado período, seguido de uma interrupção com a utilização de determinados suplementos termogênicos ou queimadores de gordura? E quem nunca pensou em alternar o uso até mesmo de whey protein? Pois bem, esses são só alguns exemplos que costumam gerar muitas dúvidas entre os usuários de suplementos alimentares e ergogênicos e que pode representar a utilização excessiva ou o desuso desnecessário de algumas substâncias. Mas, afinal, quais substâncias devemos utilizar por determinado tempo e quais não necessitam de pausa? Deveriam todas elas sofrer períodos de interrupção ou isso é desnecessário? Vamos tentar descobrir.

    Substâncias que necessitam ou não de pausas em seu uso

    Nem todas as substâncias necessitam receber pausas em seus usos por não causarem certa adaptação ao corpo. Por razões óbvias, deveria ser entendido que suplementos de caráter a complementar a dieta NÃO deveriam ser pausados, uma vez o corpo sempre irá necessitar desses nutrientes.

    As proteínas e aminoácidos são clássicos exemplos disso: Por que deveríamos NÃO utilizar complementos proteicos sendo que constantemente o corpo sofre renovações, degradações e sínteses proteicas? Sendo esse um nutriente o qual é constantemente utilizado, caso não o consumamos estaremos entrando em relativo déficit nutricional. Por isso suplementos como estes, não precisam de pausa e nem de “ciclos”. Obviamente, consumir mais proteína do que suas necessidades nutricionais, poderá gerar problemas renais, hepáticos e outros.

    Da mesma forma, o corpo diariamente sofre perdas e alguma renovação de inúmeras vitaminas e minerais. E se nós não conseguimos obter o necessário pela alimentação sólida, porque deveríamos dar pausas a suplementos como estes? Não faz sentido, visto que a perda é grande e, consequentemente, deve ser grande também a ingestão diária. Assim, caso você tenha necessidade, o uso de algum tipo de complemento vitamínico/mineral deve ser consumido. Desde que você seja corretamente orientado, não há porque imaginar que o corpo sofra quaisquer tipos de sobrecargas.

    Entretanto, por outro lado, quando falamos da maioria dos suplementos ergogênicos, estamos falando de suplementos relacionados com o aumento de performance. Esses suplementos, normalmente são usados quando há treino, a fim de causarem melhores “estímulos”, “disposição” e otimizar os processos todos do corpo. Alguns desses suplementos, por exemplo, são os pré-treinos, utilizados antes do treino para melhorar o rendimento do mesmo. Assim, relacionados com o aumento da performance, esses suplementos devem ser consumidos apenas  nos dias em que há treino, pois o seu uso contínuo pode acarretar em saturação dos estímulos e com isso fazer que cada vez mais tenhamos de usar doses maiores destes suplementos, o que não é muito favorável ao nosso organismo. Por isso a necessidade da alternância do uso e desuso seja necessária.

    Cupom de Desconto DDM

    Com uma leve exceção, existem alguns suplementos que são tanto de caráter nutricional, quanto de caráter ergogênicos, exemplos são o ômega-3 e a creatina. Apesar de terem sua função ergogênica, esses também são nutrientes frequentemente utilizados no corpo no dia-a-dia fazendo com que haja também necessidade do consumo contínuo. Apesar de ergogênicos, esses suplementos não necessitam de “receptores” os quais podem facilmente ser saturados frente ao uso prolongado. O corpo, pela regra de degradação e síntese, não irá fazer com que esses suplementos percam sua eficácia. Logicamente, as dosagens tem de ser alteradas frente as necessidades nutricionais individuais. Um indivíduo que inicia o processo de hipertrofia muscular com 70kg e consome 7g de creatina por dia, quando alcançar os 80kg deverá consumir cerca de 8g/dia de creatina. O mesmo vale para o ômega-3: além do peso, quanto maiores forem os níveis oxidativos os quais o corpo é submetido, então maior deverá ser o consumo do ácido graxo em questão.

    De maneira básica, como podemos então definir o que deve ser usado continuamente ou não?

    Por não existir uma regra de X ou Y grupos de suplementos deverem ser necessariamente utilizados constantemente, podemos imaginar que tudo aquilo que for para aumentar rapidamente e/ou momentaneamente a performance de algum caráter físico ou psicológico, deve ter pausas em seu uso para que o corpo não se adapte aqueles mesmos estímulos. Porém, o que é necessário por síntese de renovação no corpo humano, como as proteínas, compostos energéticos, vitaminas, minerais e outros, não há necessidade de sofrer quaisquer interrupções, pois sua eficácia sempre será presente.

    Ingestão correta de suplementos

    Fazendo uma pequena lista podemos definir:

    O que não precisa de pausa no uso: proteínas, carboidratos, aminoácidos, vitaminas, sais minerais, hipercalóricos, creatinas, glutaminas, energéticos, ômega-3, substitutos de refeição, antioxidantes, ZMA e etc.

    O que precisam de pausa: pré-treino, pós-treino, termogênico, testosterona, cafeína, xantinas, sinefrina, efedrina, vasodilatadores, oxido nítrico, ergogênicos hormonais e etc.

    Tenha a seguinte frase em mente: “Tudo aquilo que faz seu corpo manter-se ativo não necessita de interrupção. Tudo que o melhora, pode receber pausas!”.

    Conclusão:

    Podemos entender como “tudo aquilo que faz o corpo momentaneamente obter aumentos” podem ser considerados ergogênicos e para evitar a adaptação corpórea, devem sofrer interrupções em seu uso. Por outro lado, “tudo aquilo que constantemente utilizamos para complementar a alimentação” não necessita de pausas, pois além do corpo constantemente precisar desses nutrientes, não existem receptores os quais possam sofrer saturações e/ou adaptações frente ao uso contínuo ou em altas dosagens.

    Aprenda a diferença que existe entre suplementos nutricionais e suplementos ergogênicos: http://dicasdemusculacao.org/os-suplementos-nutricionais-e-os-suplementos-ergogenicos/

    Boa suplementação!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    2 Comentários

    1. Betão Marcatto 2 semanas atrás
    2. Brenda Almeida 2 semanas atrás


    /* */