• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    O Mr. Olympia de 2011 – Pt 2

    Uma análise do Mr. Olympia 2011 feita pela equipe do Dicas de Musculação! Se você não teve a oportunidade de assistir, confira aqui nossa análise! Pt2

    Comprar Suplemento Creatina da Prozis Sports

    Não quero ser injusto e dizer que estes bons atletas (e não digo todos) baseiam seus ganhos unicamente no uso abusivo de substâncias exógenas, pois, é óbvio que tudo isso é aliado ao esforço, a dedicação e força de vontade. Mas também não posso ser hipócrita ao dizer que isso não acontece.

    Você nunca parou para se perguntar porque Shaw Ray ou o próprio Flex Wheeler perderam o Mr. Olympia para Ronnie Coleman? É evidente que ambos tinham incríveis corpos, mas mais evidente ainda era a qualidade do músculo mostrado pelo Big Ronnie. Também, com anos de treinamento sério, dieta e muita força de vontade, contando com a sua incrível genética, seria realmente difícil ser diferente do que foi e do que ele se tornou. E isso merece muitos méritos para ele enquanto atleta e pessoa também!

    [ad#2]Apesar de tudo, isso não atinge apenas os bodybuilders mais jovens, mas bodybuilders relativamente antigos no esporte também. E o caso Jay Cutler foi só uma demonstração de que isso é verdade.

    Cupom de Desconto DDM

    Todos que acompanharam a apresentação do atual vice-Mr. Olympia viram o quanto ele tinha aprimorado seus pontos falhos e o quanto tinha progredido. Isso basicamente vinha acontecendo desde 2009 quando ele apareceu com um shape considerado um dos (ou o) melhores da história. Incrivelmente grande, denso, massudo, seco, definido, proporcional, simétrico e principalmente com aparência de músculos rígidos, firmes, como nos anos 90. Claro que em 2010 aparentemente essa qualidade caiu um pouco. Algum erro pode ter acontecido. Mas isto não foi suficiente para que ele não ganhasse o campeonato. Em primeiro lugar, foi inigualavelmente o melhor shape daquele ano, também. Mas em 2011 quando tudo se esperava para uma conquista inédita, a única coisa que realmente surpreendeu foi o depois de tanta espera observar um bíceps inflamado e roxo no palco…

    E quando tudo já parecia ser o máximo, a confirmação de uma possível lesão. Tudo bem, para os inocentes primários, isso pode até soar como uma justificativa. E devo dizer que essa justificativa me deixou bastante aflito e ao mesmo tempo em dúvida. Não conseguia acreditar que aquilo era verdade… Mais surpreendente foi 2h antes do show final, no sábado receber a notícia de que Jay não iria competir… Ora, ora,ora… 40 minutos antes do show a entrevista para um site famoso na qual o atleta explicava ter lesionado o bíceps durante um exercício de rosca alternada. Porém, com uma camiseta grande e larga, não era possível ver o bíceps, até que o repórter indiscretamente puxou a manga da camisa, na qual foi possível ver um bíceps não mais roxo, mas com uma aparência muito estranha e mole… E a cor roxa se repetiu no braço na hora do show, provavelmente por conta das luzes.

    O que aconteceu ao certo ninguém vai ficar sabendo, afinal, provar vai ser realmente complicado. Mas pelo que há de especulações, o ocorrido foi mesmo uma injeção localizada de alguns óleos com um pouco de água…

    Engraçado que nem ao menos a regra foi seguida e JC não foi desclassificado! Para os que não sabem, atletas com localizadas ou com ginecomastia aparente NÃO PODEM COMPETIR em quase nenhum evento, quem dirá no Mr.Olympia.

    Artigo escrito por Marcelo Sendon



    /* */