• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Obtenha conhecimento e fuja dos hábitos alimentares nos tempos modernos

    Obtenha conhecimento sobre os alimentos e fuja dos hábitos alimentares nos tempos modernos!

    Praticar musculação ou, mais precisamente, buscar um corpo que lhe possa proporcionar uma satisfação estética adequada com padrões que você considera ideal, é não só ir à academia diariamente ou conseguir treinar da maneira mais adequada e intensa possível, mas sim, adotar para si um modo de vida diferente do qual a maioria das pessoas leva, fazendo-o diferente (coisa que deveria ser, na verdade, tida como comum) e por hora, gerando alguns contratempos. Se juntarmos a cultura que nos cerca nos dias contemporâneos, vamos perceber que mais do que uma flexibilidade, faz-se necessário modificar nossos hábitos alimentares mais desconhecidos por nós mesmos. E eu não falo de trocar um pão 60% integral sem adição de sacarose por um que seja 100% integral, mas, ao mesmo tempo tenha uma tremenda adição de sacarose. Falo em saber conhecer esses dois alimentos e, por exemplo, distinguir que a primeira opção, apesar de, aparentemente não saudável, pode ser muito mais interessante do que a própria segunda. Falo em saber conhecer cada coisa que se faz, a fim de faze-las por si e se libertar de alguns sensos comuns que tanto interferem nos resultados.

    Obtenha conhecimento sobre os alimentos e fuja dos hábitos alimentares nos tempos modernos

    Comprar Suplemento de Cafeína Pura

    Primeiramente, quero lhes contar uma breve história que aconteceu comigo em uma fila de supermercados: Diante de inúmeras pessoas, que estavam em minha frente, ao meu lado e por toda parte daquilo que mais parecia uma aglomeração de fila de brindes do que um supermercado, propriamente dito, em um domingo à noite, o que nos resta é mesmo observar ao redor fatos e começar a comentá-los (como bom fofoqueiro… rss) com quem está ao seu lado. Para tanto, você começa observando o tique do fulano, o sapato da fulana, a criança que chora, o bêbado que fura fila e revolta todo mundo e, claro, o carrinho das pessoas e o que elas levarão consigo para alimentar-se naquela semana/mês/dia. E, para minha surpresa, principalmente pelo que se tem de, de forma correta ou não, divulgação na mídia referente a necessidade que há e as alternativas que diariamente são criadas para um hábito de vida saudável, cada vez mais tenho visto que, de um modo geral, os indivíduos tem optado não só por comida ruim, se é que aquilo pode se chamar de comida, contando com itens como salgadinhos de pacote, iogurtes lotados de açúcar, corantes e frutose, pouca ou nenhum tipo de carne (e quando há, normalmente são cortes gordos ou lotados de sebo), alimentos riquíssimos em carboidratos simples, tais quais biscoitos, bolinhos, refrigerantes, pães brancos, alimentos lotados de gordura hidrogenada e por aí vai.

    Mas, apesar disso, uma coisa me chamou mais ainda a atenção: as opções relacionadas à praticidade. Praticidade essa envolvendo comida congelada, alimentos em sticks, sachês, potes prontos ou semi-prontos para o consumo, conservas, bebidas prontas e por aí vai… E é muito provável que tudo isso aconteça pelos hábitos ou estilos de vida que essa grande maioria leva, o qual vai se tornando impossível desprender muito tempo para parar, cozinhar, consumir e ainda lavar a louça no final! Além disso, ao que me parece, naturalmente o ser humano tem se tornado mais e mais preguiçoso a ponto de optar por itens nas gôndolas que possam simplesmente satisfazer suas necessidades e não dar o mínimo trabalho de serem se quer manipulados como sempre se foi feito. Falo de itens como escovas de dente elétricas, borrifadores automáticos de essências para perfumar a casa/banheiro e que se acionam do tempo em tempo programado, prestobarbas elétricos e etc. A grosso modo, parece que “movimentar-se” tem se tornado algo que todos tem evitado.

    Cupom de Desconto DDM

    O resultado disso tudo, claro, não poderia ser outro: Pessoas cada vez mais com sobrepeso, obesidade em diferentes graus, com filhos desenvolvendo esses problemas e, o pior, com a saúde sendo mandada para o espaço Sideral, no desenvolvimento de problemas cardiovasculares, cardiorrespiratórios, ligados ao esqueleto, pelo excesso de peso, pelo enfraquecimento do corpo, pela queda no sistema imune etc etc etc. Parece que essa tecnologia toda tem sido usada para matar o ser humano aos palcos. Percebemos que a ignorância que a maioria dessas pessoas tem da importância de uma alimentação e uma nutrição adequada para uma vida melhor é largamente grande e preocupante e, o que é pior, ainda se queixam ao olhar no espelho e avaliar algo que não gostam, MESMO SEGUINDO OS PROTOCOLOS COERENTES DENTRO DE UM GINÁSIO.

    Pois bem, nesta mesma fila, passei a observar um casal, que dividira as suas compras em 2, pois, provavelmente deveriam apenas namorar e não morar juntos ainda. Primeiro, passou o rapaz com itens, tais quais bebidas alcoólicas, alguns pacotes de salgadinhos, alguns daqueles macarrões instantâneos e mais alguns alimentos totalmente prontos que acrescentam-nos apenas uma única coisa: Praticidade, pois, nutricionalmente falando, eles não possuem quaisquer bons valores. Adiante, seguiu a moça que, aparentemente dava para ver que a mesma se preocupava com a alimentação… Passou alguns itens como iogurtes, cereal matinal de fibras e mais algumas coisas dessa natureza. Mas, se bem avaliássemos, o rapaz, primeiramente, aparentava um físico condizente com sua alimentação, o que já não seria surpresa, ou seja, tinha uma saliência significativa abdominal, uma camada expressa de panículo adiposo… Já ela, tinha um corpo aparentemente “magro”, mas, mesmo assim com um considerável percentual de gordura corpórea. Mas, se aparentemente ela se preocupava com a alimentação, então, qual era o motivo daquela aparência? Comecei a pensar e, então, olhei novamente aos produtos dela e cheguei a uma conclusão: a falta de conhecimento, ou, ignorância. Motivo? Cereais matinais em sua maioria, por mais “limpos” que sejam, possuem enormes quantidades de sacarose, os iogurtes eram todos adoçados com sacarose, as carnes adquiridas aparentemente limpas, possuíam a maior parte de sua gordura, não aparente, mas, entre as fibras (coisa que pouca gente repara) e assim por diante. Desta forma, mesmo buscando uma progressão na alimentação, a falta de conhecimento a fazia pecar tanto quanto seu parceiro (porém, não propositalmente).

    Infográfico com dias de alimentos saudáveis

    E foi justamente nesse instante o qual percebi como não somete fazer as coisas, por mais bem intencionado que se esteja, pode trazer resultados, mas, é necessário muito mais do que isso e, falo sobre a necessidade de conhecer o porque do que se está fazendo e conhecer minimamente os principais fatores que envolvem aquilo.

    Ao praticante de musculação, de nada adiantará seguir quaisquer protocolos, sendo que, quando ele tiver de fazer as coisas por si, não saiba pensar por si, só saiba seguir o papel, afinal, as adequações sempre serão necessárias.

    Quer um exemplo bem claro a respeito do não conhecimento dos indivíduos? Porque muitos, dentro de ginásios, ainda acreditam naquela velha história de que se entupir de carboidratos antes do treinamento pode ser eficaz para um bom rendimento? E porque esse mesmo grupo acredita que não e deva comer carboidratos a noite, necessariamente? E o mais curioso: Porque essas, normalmente são as pessoas que mais têm dificuldades em obter o seu objetivo? Isso só comprova a teoria…

    Portanto, diante de um mundo globalizado o qual temos de fazer rápidas escolhas e, insisto, adequarmos nossa vida a esse novo estilo frenético, entender e buscar não só resultados, mas antes disso, entender é não só fundamental, mas, aí sim, sinônimo de progresso. Você não precisará ser um guru ou um PhD em nutrição ou tampouco em instrução de treinamento, mas, se quiser bons ganhos, terá de ser, pelo menos um tanto quanto curioso, observador e sempre estar correndo atrás de novas, boas e seguras fontes de informação,

    Afinal, conhecer, é ter poder, não é mesmo?

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    2 Comentários

    1. Rodrigo 4 anos atrás
    2. Glauco 4 anos atrás


    /* */