• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    P6 Black: O que é, composição, efeitos colaterais, como usar

    Conheça melhor o pró hormonal da Cellucor, chamado de P6 Black! Entenda sua composição e saiba se o seu uso é válido.

    Como se já não fosse suficiente, mais um produto na categoria dos amados e, ao mesmo tempo odiados pró hormonais foi lançado pela Cellucor. Falo do P6 Black, um PH bastante desconhecido ainda, mas, que promete inúmeros (e em números) ganhos musculares em pouco tempo, o fazendo um produto que, aparentemente gerará bastante procura por quem gosta dessa categoria de ergogênicos, mas, que não parece encher os olhos dos já resistentes a esse tipo de substância.

    Comprar suplemento ZMA da Xcore Nutrition

    P6 Black é um pró hormonal que, assim como os outros tem a primeira e principal ideia do incremento de testosterona no corpo, o famoso hormônio anabólico. Criado com compostos raros e bastante androgênicos, ele diz aumentar a testosterona a ponto de fazer com que haja um crescimento muscular significativo em um curto espaço de tempo, fazendo-o um “anabolizante dos sonhos”.

    Esse mecanismo de aumento da testosterona dá-se devido a conversão de alguns de seus compostos que serão descritos a seguir, além da capacidade de bloqueio da conversão de estrógeno e DHT, aumento dos níveis de fatores de crescimento (IGF-1), bloqueio da SHBG (que tem como função a inativação da testosterona livre que não é utilizada e modulação da secreção androgênica de alguns tecidos) e o aumento nos níveis de HCG.

    Mas, o que faz com que esse produto se apresente tão anabólico assim? Seus ingredientes selecionadamente combinados a seguir é a resposta mais correta. Portanto, vamos conhecer a composição do P6 Black:

    Androsta-1-ene-3b-ol, 17b-one: Enzimas como a 17b-hidroxiesteróide-desidrogenase e 3b-hidroxiesteróide ato desidrogenase agem sobre essa substância, fazendo com que hajam maiores níveis de 1-testosterona (700% mais anabólico do que a própria testosterona) no corpo, um dos antecedentes a testosterona, propriamente dita. Além disso, ela não aromatiza, pois, é inibidor competitivo da enzima aromatase. Este, certamente é o composto mais anabólico presente neste PH.

    19-norandrosta-4,9-diene-3,17-dione: Podendo durar cerca de 6h no corpo e não se convertendo em DHT, a conversão que acontece da 19-narandrosta-4.9-diene-3,17-dione para 19-nor também acontece com a nandrolona e a trenbolona, para se imaginar o poder da substância. Este composto pode chegar a ser 500% mais anabólico do que a testosterona e possui a capacidade de aumentar a síntese de GH, a ressíntese de glicogênio, a retensão de nitrogênio (simbolizando síntese proteica), e aumentar as atividades de receptores androgênicos.

    Androsta-1,4-diene-3,17-dione: A enzima 17b-hydroxysteroid é responsável por simular este composto em boldenona, um dos esteroides mais conhecidos quando o assunto é ganho muscular sem retensão hídrica e com ótima qualidade e densidade também. Além disso, a boldenona está associada no aumento da eritropoese (produção de maiores células vermelhas sanguíneas). Ele minimamente será convertido em DHT (apesar da conversão, mesmo que pequena, existir), fazendo com que seus efeitos colaterais sejam mínimos.

    Hyper-Androgen Transport System and Overview: Por fim ainda, temos este blend que garante o transporte dessas substâncias de origem lipofílicas (através de MCTs) e fazendo com que a absorção linfática seja maior. A N-acetil-L-Cisteína e a Andrographis que asseguram a saúde do fígado e protegem algumas enzimas tais quais a 3b e 17b. O glicósido triterpeno do Cohosh preto ajuda também na proteção desses hormônios, fazendo com que eles não sejam previamente destruídos pelo fígado antes mesmo de sua utilização.

    Cupom de Desconto DDM

    E quais são os efeitos colaterais do P6 Black da Cellucor?

    Bom, assim como o produto, seus efeitos também são totalmente desconhecidos. Além de seus compostos terem poucos estudos, os relatos de uso também são minimos, já que seu uso ainda é bem restrito devido ao seu desconhecimento. Porém podemos citar aqui os efeitos colaterais mais comuns e presentes em quais todos os pró hormonais conhecidos:

    – Diminuição ou perda do apetite sexual;
    – Estresse no fígado;
    – Perda de cabelo;
    – Pressão alta;
    – Estresse nos rins;
    – Agressividade;
    – Dores de cabeça;
    – Dores e queimação no estômago;
    – Parar o crescimento.

    O que pensar de um produto assim?

    Como toda substância que tenha alguma característica hormonal e, característica e especificamente um perfil que possa ser considerado anabólico, ela pode oferecer algum tipo de risco ao organismo como um todo. Assim, em primeiro lugar, temos de dar prioridade à saúde, neste caso, a primeira coisa a se pensar é sobre o grau de segurança da utilização desse produto com estes ingredientes específicos demais, pouco conhecidos e tampouco estudados e que necessitariam de melhores análises para definirmos o grau de periculosidade, afinal, a empresa mostra o produto como relativamente seguro, mas, rótulo é rotulo, realidade é realidade.

    Em segundo lugar, quando investimos em alguma coisa, normalmente esperamos algum tipo de retorno, não é mesmo? Se investimos em um carro, esperamos que ele ande, que ele possa dar o mínimo de problemas possíveis (ou se possível nenhum), esperamos que ele tenha o mínimo de potência para atender nossas necessidades e assim por diante. Por conseguinte, ao investir em algum produto dessa natureza, esperamos que, no mínimo ele chegue perto de nossas expectativas e, claro, propostas que a própria marca seleciona em seu rótulo.

    Particularmente, acho que dentro do corpo humano, é muito mais fácil combinarmos coisas que possam destruir algo do que de fato construir. Por exemplo, se simplesmente não comermos adequadamente e estimularmos a musculatura, perderemos parte de nossa massa muscular. Entretanto, e para construir massa muscular? É necessário um treino específico, alimentação e, claro, descansos coerentes, envolvendo um processo muito complexo e demorado, que levará talvez um longo período de tempo. Analogicamente, acredito que uma substância dessa natureza pode sim possuir tantos ou mais efeitos do que um fármaco, propriamente dito, mas, por suas condições químicas, talvez não apresente o mesmo grau de “benefícios” (quando falo de benefícios, me refiro ao ganho muscular) do que os próprios.

    Por fim, não acho que essa seja a nova revolução no mercado de suplementos alimentares, assim como, na verdade, nenhum suplemento nunca será, visto que, os que possuem efetividade, trabalharão dentro de sua fundamentação (por exemplo, a beta-alanina no equilíbrio ácido-base, a maltodextrina como carboidrato repositor de energia e assim por diante), um, complementando o outro ou, simplesmente estando em outra categoria.

    Assim como os inúmeros PHs que passaram, estão e passarão pelo mercado de suplemento, o P6 Black me parece só mais um jogo de marketing na indústria para enganar alguns leigos (e leigos esses que, infelizmente e normalmente ainda são jovens e adolescentes, o que agrava ainda mais a situação) e fazê-los enriquecer o donos de laboratórios.

    Portanto, minha sugestão é para que tomem cuidado ao pensar em usar quaisquer tipos de PHs. Lembre-se que saúde não tem preço.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    6 Comentários

    1. Ricardo 12 meses atrás
    2. paulo 2 anos atrás
    3. A. Pontes 2 anos atrás
    4. José 3 anos atrás
    5. Isac 3 anos atrás
    6. Tonny Douglas 4 anos atrás


    /* */