• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Porque não usar a dieta do jejum intermitente – Pt2

    Saiba já o porque de não utilizar dietas do tipo das jejum intermitente – Pt2

    Comprar Suplemento BCAA Optimum Nutrition

    Aí você me diz que profissionais usam toneladas de esteróides anabolizantes e que qualquer coisa que entra ali virará músculo. E eu digo que não! É hipocrisia dizer que os esteróides de fato não ajudam (e muito). Fato é que se no off eles consomem quantidades exorbitantes de calorias (usando EA’s) e ganham gordura e, no pré-contes diminuem as calorias e continuam usando EA’s, ganhando massa muscular e perdendo gordura nos respectivos momentos. Mas não seria muito mais óbvio combinar o útil ao agradável e usar EA’s junto com essas dietas milagrosas? O resultado deveria ser ótimo, concordam?

    [ad#2]Hany Rambod, treinador de ninguém mais ninguém menos do que Jay Cutler e Phil Heath se descabelaria vendo uma coisa dessas. Aliás, pra quem conhece o trabalho dele, entende o porquê. Outro lado dos fisiculturistas tops, temos Branch Warren, seguidor do famoso Heavy Duty. Será que o atleta agüentaria realizar seus treinamentos com uma dieta dessas? E o que dizer então de Jhonnie Jackson e Evan Centopanni tanto em offseason quanto em pré-contest? Imagine Dexter Jackson com todo seu ectomorfismo realizando uma dieta dessas… E esses são só exemplos…

    Devo dizer que essa dieta normalmente é realizada por indivíduos inexperientes ou desentendidos da área fisiobiológica do corpo humano, que acabam por cair nos truques de marketing e mídia.

    Em tempo, será que algum profissional de nutrição que leve o seu trabalho a sério e, de fato tenha conhecimentos sobre prescreveria esse tipo de dieta? É só pesquisarmos com os mais diferentes profissionais da área e vamos ver que a resposta é claramente NÃO!

    3 – Os níveis hormonais

    Cupom de Desconto DDM

    Para quem bem sabe, existe uma substância biosintetizada no nosso organismo chamada HORMÔNIO! Esses são poderosos braços do sistema nervoso, fazendo o controle de praticamente tudo no corpo.

    E dentre a infinidade de hormônios existentes, podemos citar o glucagon, as catecolaminas e a adrenocorticotropina, que estimula o cortisol, por exemplo. O primeiro age em efeito contrário à insulina, ou seja, quando há glicose disponível, ele tende a ser diminuído e a insulina aumentada. Quando há pouca disponibilidade de glicose, o glucagon aumenta e a insulina diminui. O fato é que o glucagon estimula a liberação de glicogênio hepático nos períodos de jejum. Porém, além disso, ele ainda é um hormônio extremamente catabólico. O segundo por sua vez, estimula a produção de cortisol que é um corticóide antiinflamatório que é liberado em momentos de estresse (e isso pode ser gerado sim pela falta de alimentação).

    Bem, como bem explicado, se ficamos um período razoável sem comer, provavelmente estaremos liberando esse grupo de hormônios e começaremos a transformar músculo em energia. Você acha isso bom? Realmente a perda de peso acontece, mas grande parte deve-se a massa muscular e, claro, água. Aliás, se começarmos a utilizar muito do glicogênio armazenado nos músculos e no fígado, começaremos a perder água visto que cada molécula de glicogênio carrega consigo 3 de água.

    Pois bem, perdendo massa muscular você causará um decréscimo no metabolismo dificultando ainda mais uma aparência de densidade muscular.

    Continue atento e  fique de olho na  terceira e ultima parte deste maravilhoso artigo sobre motivos para não usar dietas do jejum intermitente.

    Porque não usar a dieta do jejum intermitente – Pt1

    Porque não usar a dieta do jejum intermitente – Pt3

    Artigo escrito por Marcelo Sendon

    Um Comentário

    1. Massa Muscular Agora 5 anos atrás


    /* */