• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    O respeito para com todas as modalidades esportivas

    Vamos aprender a respeitar todas as modalidades esportivas e entender que as modalidades podem ser interligadas com outras, fazendo assim o esportista ainda mais completo.

    O esporte é algo que transforma o mundo e também o ser humano. Absolutamente nenhum ser humano gosta de um esporte só, mesmo que viva de uma modalidade. Por exemplo, quem é que não gosta de assistir uma boa partida de futebol, voleibol ou basquetebol? Quem é que não gosta de praticar exercícios, seja na academia, uma luta, natação, corrida, caminhada? Esses são os mais conhecidos, mas ainda assim existem inúmeros outros, como poker (sim, é esporte), xadrez e etc. O mundo esportivo é muito mais vasto do que imaginamos e muito mais interligado também.

    mistura-entre-esportes-bodybuilder-powerlifter

    Comprar Whey Protein Feminino

    Parece que há uma grande rivalidade entre as diferentes modalidades esportivas, principalmente as que envolvem certo grau de cetiscismo, como o próprio fisiculturismo ou o próprio futebol. Ao que parece, essas e outras modalidades entram em uma espécie de combate e de críticas umas as outras, esquecendo a importância da interligação entre os diferentes esportes e a interação direta ou indireta que há entre eles. Mais do que essa simples crítica, deixam o espírito de Fair Play de lado e passam a dar mais importância às suas diferenças, fazendo com que muito seja perdido do objetivo esportivo, seja em níveis sociais, morais, intelectuais e até mesmo físicos, por incrível que pareçam.

    E é sobre isso que iremos, neste artigo, brevemente discutir. Como podem os esportes interagir entre si de maneira respeitosa e proveitosa? Qual a real importância que um pode exercer ao outro e como isso pode influenciar em seus praticantes, de maneira positiva ou negativa?

    A rivalidade entre os esportes

    Bodybuilder-vs-Powerlifter

    Se ao invés de “batalhas” e rivalidade, fossem empregadas as clarezas pela integração que há ou que pode haver entre diferentes práticas esportivas, muito mais poderia se aproveitar do esporte, em todos os seus aspectos.

    Um clássico exemplo é ver praticantes de musculação, de maneia desrespeitosa, “sacaneando” powerlifters por seu alto percentual de gordura e pelo estilo de treinamento que os mesmos fazem. Sem conhecer os objetivos e os fundamentos daquela modalidade, essas pessoas passam a observar o powerlifter como se objetivasse a mesma coisa do que o bodybuilding, quando na verdade não objetiva. Da mesma forma, imagine quando os praticantes de atletismo passam a criticar esportes como o Xadrez ou mesmo a Fórmula 1, afirmando que essas não não esportes por “não exercer fundamentos físicos”, quando também é uma irrealidade. Imagine ainda quando um nadador é criticado por um jogador de sinuca o qual afirma que “pelo menos o seu esporte não é regrado por drogas ergogênicas, mas pela inteligência”…

    Pois bem, como é possível observar, essas e outras críticas são frequentes, talvez pelo desconhecimento da modalidade alheia. Desconhecimento esse que põe o esporte e o individuo a perder. Isso porque ele deixa de ter a possibilidade do aproveitamento de princípios da outra modalidade que podem ser vantajosos a ele. Como assim?

    Cupom de Desconto DDM

    Imagine se um bodybuilder passa a entender adequadamente os princípios do powerlifting e aproveita alguns de seus aspectos, inserindo-os em sua rotina. Certamente, ganhos de força, de técnica, do desenvolvimento de flexibilidade, do desenvolvimento de articulações e ligamentos fortificados podem ser alguns benefícios avaliáveis.

    Desta forma, percebemos que um esporte pode ser útil ao outro, desde que respeitadas algumas condições.

    Utilizar artifícios de esportes diversos

    Um bom praticante, seja de quaisquer modalidades, implementa em sua rotina formas de auxiliar em seu desenvolvimento e aumentar sua performance. Como citado, um bodybuilder que busca alguns artifícios do powerlifting NÃO está buscando ser um powerlifter, mas sim utilizando técnica que lhe são úteis, como para o aumento de força. Da mesma forma, um bodybuilder pode implementar quesitos de esportes de endurance em sua rotina, a fim de melhorar o seu sistema cardiovascular.

    Mas parece que é muito mais fácil julgar a modalidade alheia simplesmente por ela ser diferente da nossa. É muito simples criticar o que NÃO se conhece. O pior é quando ainda passam a exigir respeito em seu esporte, quando, se quer tem com o esporte do próximo, seja ele qual for. Se você quer respeito, então, tem de proporcionar primeiramente o respeito. Imaginar de maneira tão egoísta que você é melhor por X ou Y motivo é simplesmente LIMITAR-SE unicamente a isso.

    Quantas e quantas vezes, vemos jogadores de futebol ou voleibol que necessitam da musculação para melhorar seu rendimento ou mesmo para se reabilitar de lesões? Quantas vezes vemos atletas profissionais de fisiculturismo necessitando de trabalhos de alongamento para melhorar algum ponto debilitado por uma lesão ou na reabilitação de uma lesão? Sim… Parece que essa união só é dada conta quando “o calo aperta”.

    guinazu-jogador-vasco-treinando-musculacao

    Um dos esportes que mais tem apresentado crescimento nos últimos tempos é o chamado “CrossFit”, que une muitas modalidades com diferentes objetivos. Mas, adivinhe, esse passou a ser criticado pelo modismo inserido, desconsiderando as bases fundamentais do esporte em si. Cria-se então um preconceito ou um PRÉ-CONCEITO e simplesmente deixa-se de conhecer e obter benefícios dessa união.

    É importante ter a mente aberta a fim de fundamentar nosso esporte com o máximo de benefícios possíveis.  Não adianta sermos céticos o suficiente para achar que uma única modalidade é plausível de fazer tudo a todos. Devemos considerar as individualidades de cada uma delas e considerar nossas individualidades pessoais para então definir os melhores seguimentos.

    Um artigo que fala da inserção de um esporte dentro do bodybuilding: http://dicasdemusculacao.org/exercicios-de-weightlifting-sao-interessantes-para-o-bodybuilder/

    Conclusão:

    É possível observar uma real necessidade de não existir preconceitos com modalidades esportivas diversas. Cada uma delas apresenta benefícios singulares os quais podem ser inseridos em uma modalidade completamente distinta. Desde que bem organizadas, essas interações podem grandemente gerar benefícios à saúde, a performance e podem ajudar e obter resultados cada vez mais sólidos e rápidos.

    Nenhuma modalidade é completa por si só e nenhuma modalidade deixa de ser dependente. Respeite para ser respeitado!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */