• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Revelamos 10 dicas para auxiliar na saúde e nos resultados estéticos

    Conheça maneiras que irão ajudar a você ter um corpo e uma saúde saudável, e ainda como você pode aplicar essas dicas em sua rotina e dê sua família

    Obter êxito na vida não é nada fácil e, isso inclui os aspectos relacionados com a musculação e com as atividades físicas de uma maneira geral. Isso porque, além da dificuldade naturalmente existente no seguimento de protocolos e na organização diária, ainda contamos com a individualidade de cada corpo, ou seja, com as formas que cada qual reagirá de acordo com o estímulo que lhe é dado.

    pessoas-saudaveis-esteticos

    Comprar Whey Protein Feminino

    Contanto com isso, muitas pessoas desistem sem antes nem terem começado. Isso porque, enxergam tudo com maiores dificuldades do que realmente possuem e, mais: grande parte dessas pessoas, na verdade, tem é preguiça de se esforçarem um pouco para obter os resultados que desejam, sejam eles estéticos ou relacionados á saúde. Independentemente disso, sabemos que, se você não se mexer e não fizer por onde, buscando suas próprias adaptações e, principalmente, buscando obter êxito no que faz, certamente os resultados não virão.

    Porém, sabendo que nada disso é fácil, hoje trabalharemos com dez dicas importantes as quais o auxiliarão a alcançar resultados de maneira eficiente. Vamos lá?

    1 – Promova alguns “Snacks” durante o dia

    Sabemos que, segundos as diretrizes atuais científicas, a perda de peso não é influenciada pelo número de refeições diárias, mas, pelo saldo energético da dieta. Entretanto, sabemos que os processos mTOR (responsáveis pela síntese proteica) ocorrem melhor com estímulos constantes e equilibrados. Além disso, o controle do apetite também pode ser mantido com refeições mais frequentes.

    Todavia, nem todos têm disponibilidade e paciência para se alimentar como devido a todo instante. Nesse caso, podemos pensar em alternativas para que elas consigam pelo menos ingerir algum tipo de alimento saudável quando necessário. Assim, logo pensamos em “Snacks” ou “pequenos lanches” que podem ser intercalados entre as refeições principais com alimentos práticos, rápidos e que, estrategicamente podem ser muito gostosos, suprindo necessidades excessivas de doces ou outras porcarias que muitos comem no dia-a-dia.

    lanches-rapidos

    Que tal pensar em alguns shakes de proteína, por exemplo? Além de altamente nutritivos e vantajosos para a massa muscular, eles ainda podem auxiliar na vontade de comer doces, pois, naturalmente são bem adoçados. Ainda, no quesito de proteínas, você pode optar por barras proteicas ou outras refeições proteicas prontas como pudins, cookies, brownies entre outras inúmeras opções que, chegam até mesmo em BALAS DE GOMA! Hoje o mercado possui inúmeras opções e com preços relativamente atraentes.

    Caso você não queira suplementos, propriamente ditos, você pode optar por pequenos sanduíches com presunto magro e queijo branco, por exemplo, pode optar por uma panqueca com claras de ovos e aveia ou algo mais saboroso do tipo.

    Ainda, você pode incrementar sua refeição com ótimas fontes de lipídios como oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, avelãs, macadâmias etc), com o abacate, o côco natural entre outros.

    O importante é sempre se alimentar e, com criatividade e praticidade. Convém fazer isso, não somente para promover alimento ao seu corpo, mas, para que você não fique cheio de “fazer dieta”. Portanto, procure também variar as formas de snacks para não comer sempre a mesma coisa e, em contrapartida, proporcionar uma gama maior de nutrientes ao seu corpo.

    2 – Transporte suas refeições

    Sabemos que, quando não estamos prevenidos, a tendência é termos de improvisar. Porém, nem sempre é possível improvisar com qualidade e, mesmo quando é, sempre a opção verdadeira é a melhor. Porém, muitos são os que insistem em sair desprevenidos de casa sem transportar suas próprias refeições. E, no final, quando chega a hora de comer, seja pela fome ou seja pelo planejamento alimentar, ficam sujeitos a comer o que é disponível naquele momento. O problema é que nem sempre o que está disponível é interessante, especialmente se tratando do consumo proteico, pois, é muito mais fácil ingerir grandes quantidades de carboidratos e gorduras com o que é vendido nas ruas e na maioria dos estabelecimentos do que obter boa quantidade proteica e, de qualidade, é claro. Além disso, esses alimentos vendidos na maioria dos lugares possuem horrorosos teores de sódio, conservantes e corantes em excesso. Outro ponto a se levar em consideração é que você não consegue mensurar o que está comendo, qualitativamente e quantitativamente. Por exemplo, você não sabe, por mais saudáveis que sejam as preparações de um lugar, como aquele alimento é preparado (se leva óleo, se leva algum composto calórico etc) bem como, não terá como mensurar as quantidades que deve comer em gramas, ou seja, você terá de arriscar pelo “olhômetro”, o que é uma péssima opção, pois, corre-se o risco de comer muito mais ou muito menos do que se deve.

    O transporte de refeições não requer NADA MUITO COMPLICADO ou com logística elaborada, além de preparar previamente sua refeição, coloca-la num recipiente (térmico ou não, a depender do alimento e de sua preferência) e, simplesmente comer quando for necessário. Obviamente, se você não tem disponibilidade para sempre levar comida em si (arroz, feijão, carnes, ovos etc) algumas vezes você pode optar por bons lanches naturais de pão integral com frango desfiado e algum tipo de molho dentro ou algo do gênero.

    transporte-refeicoes

    Muitas pessoas tem vergonha de levar marmita para algum lugar, mas, sinceramente, vergonha devem ter aqueles que não são suficientemente disciplinados para fazer isso.

    Sem sombra de dúvidas, o transporte de refeições é algo fundamental para garantir bons resultados!

    Dica: Caso você tenha dificuldades com o preparo diário de todas as suas refeições, prepare-as em uma dia na semana e congele-as. Ainda, você pode optar por congelar as misturas, que normalmente são mais complexas e demoradas de serem feitas e preparar apenas o prato base no dia, como o arroz, feijão, batata e macarrão. Do contrário, de você usa misturas rápidas como um bife ou frango grelhado, um omelete ou algo assim, então, você pode deixar os pratos base já prontos e preparar apenas as misturas fresquinhas no dia, optando pela que melhor lhe apetecer no momento.

    3 – Se tiver de optar por comer fora de casa, busque as opções mais saudáveis

    Claro, imprevistos acontecem e, não podemos dizer que serão eles que atrapalharão nossa obtenção por resultados, pois, são casos esporádicos, não frequentes.  Assim, quando acontecer algum imprevisto e você tiver de comer fora de casa, que seja em restaurantes saudáveis. Hoje, cada vez mais a maioria deles tem um cuidado extra com suas preparações ou mesmo fornecem preparações específicas para quem quer uma alimentação mais saudável: Saladas, grelhados, arroz integral, entre outras combinações. Mesmo alguns lugares não específicos já estão trocando frituras por assados, alimentos com altos teores do sódio por alguns com menores teores e assim por diante.

    restaurantes-saudaveis

    Essas opções, de fato nem sempre são as mais baratas, entretanto, certamente sua saúde e seus resultados não tem preço, portanto, vale a pena investir!

    4 – Ingira boas quantidades de líquidos e hidrate seu corpo adequadamente

    Sabemos que a ingestão de líquidos é essencial e que JAMAIS devemos ficar em níveis de desidratação, pois, esse quadro pode trazer consequências a curto, médio e longo prazo.

    Ingerir líquidos, em primeira instância, vai diretamente ao encontro de ingerir água, pois, esse é o principal composto da vida. Entretanto, convenhamos que nem somente água é conveniente ao corpo e, tampouco, nem somente de água devemos viver (apesar de, novamente, ela dever ser o líquido que está em maior quantidade em nossa alimentação).

    hidratese

    Porém, é importante mesclarmos algumas outras bebidas que possam, inclusive, ter ações funcionais no corpo. Por exemplo, alguns chás e infusões (quentes ou geladas), que auxiliam na depuração do corpo, algum tipo de bebidas sem açúcares e, preferencialmente com adoçantes como o sucralose (evitando assim o aspartame, que é o mais prejudicial ao corpo) ou mesmo o café, que é rico em cafeína e possui propriedades lipolíticas e energéticas ao corpo podem ser boas opções.

    Variar os tipos de bebida pode ser interessante para complementar a água e, claro, garantir uma hidratação adequada ao corpo. Entretanto, lembre-se que se você estiver ingerindo muitos líquidos, deve ficar atento com os níveis de perda de eletrólitos, especialmente pela urina. Assim, é grandemente conveniente que você se atente a ingestão desses micronutrientes em sua alimentação, não negligenciando o sódio, o potássio, o cálcio entre outros nutrientes, inclusive algumas vitaminas (especialmente as hidrossolúveis, como as do complexo B).

    5 – Seja consciente do quanto (e do que) você come

    Muitas pessoas cometem o erro de confundir tudo com sinônimo de “comer”. Isso porque, comem quando estão tristes, comem quando estão alegres, comem quando estão chateadas, comem quando estão frustradas, comem quando não tem nada para fazer, comem quando estão ansiosos, comem quando estão preocupados, comem porque está frio, comem quando está chovendo, comem assistindo um programa de Tv ou um filme, comem porque estão com os amigos… Enfim… Vivem para comer!

    Acontece que, a comida é essencial para a vida, porém, se você vive em função da comida, certamente está cometendo um grande erro! A comida deve suprir necessidades fisiológicas, não emocionais e/ou sociais. E se ela estiver fazendo esse papel, certamente você ganhará peso excessivamente. Aliás não é por acaso que pessoas obesas devem ser tratadas no âmbito psicológico também.

    voce-e-o-que-come

    Ser consciente do que você come é fundamental para não se assustar quando o estrago estiver feito, pois, ele é feito de pouquinho em pouquinho. Todo aquele “pouco” que você faz diariamente, refletem no “muito” quando isso for cumulativo. Quando você perceber, talvez seja tarde demais.

    É essencialmente importante que às vezes nos abdiquemos de comer algo naquele momento de fúria ou frustração para olharmos amanhã no espelho e vermos resultados melhores.

    Comer na compulsão, sem uma devida consciência e, principalmente, confundido a alimentação com outras coisas certamente aumentará as chances de tudo dar errado, tanto no físico, mas, especialmente na saúde que é refletida por isso também.

    Cupom de Desconto DDM

    Portanto, mensure bem seus alimentos, pese-os, veja as formas mais saudáveis de prepara-los, busque as melhores fontes disponíveis no mercado, conheça as propriedades básicas de cada um deles, alie uma grande diversidade de alimentos em sua dieta.. Faça um bom custo X benefício desses alimentos e assim continue sempre uma progressão em seus resultados.

    6 – Faça tudo da melhor maneira

    Quando você estudava, sabia que se não estudasse ou ao menos prestasse atenção nas aulas, iria mal nas provas, não é mesmo? Ainda, você sabe que se não exercer bem suas tarefas de cidadão, estará prejudicando a si mesmo e a sociedade que o envolve. Se você não executar bem sua profissão, ficará em desvantagem no mercado do trabalho e em muito pouco tempo terminará encerrando sua carreira derrotado ou frustrado. Fazer o melhor de si é passo fundamental na vida!

    Quando o assunto é a saúde, sem sombra de dúvidas, a nossa atenção maior deve ser voltada a ele, pois, sem saúde não se consegue fazer absolutamente mais nada, inclusive obter resultados estéticos. Porém, quando falamos da estética, também devemos ter uma atenção toda especial, pois, o corpo possui uma grande facilidade em se adaptar a estímulos e a se “acomodar”, tanto em quesitos metabólicos quanto físicos. Por exemplo: Imagine que você seja canhoto e quebre o braço direito. Talvez, você não tenha muitas dificuldades enquanto estiver engessado, pois, é canhoto e continuará usando sua mão muito tranquilamente. Porém, ao tirar o gesso, você perceberá uma pequena atrofia muscular no lado direito, isto é, se você ficar um tempo considerável. Caso o tempo seja curto, os danos são menores, mas, também existentes. Isso se deve ao fato de que o corpo utiliza a lei do uso e desuso, ou seja, o que não é usado, é degradado.

    malhar-cansado

    Pensando nisso, se não damos SEMPRE o nosso melhor, a tendência é o corpo não responder como queiramos. E talvez esse seja um dos motivos pelos quais as pessoas param de ter resultados muito facilmente. Quando começamos a treinar, os resultados são relativamente fáceis, mas, ficam mais difíceis com o passar do tempo.

    Ao buscar tanto a saúde quanto resultados estéticos, você fica sujeito a dois principais fatores: A dieta e o treinamento. Sem uma alimentação equilibrada e individualizada, você não consegue substratos suficientes nem para sua saúde, quem dirá para resultados estéticos. Porém, no que tange o treinamento, se ele não estiver adequado, você não consegue manter bons níveis de atividades físicas que são essenciais para a saúde e tampouco modificar seu corpo e as capacidades dele.

    Assim, não achemos, como alguns costumam achar que é 50% dieta e 50% treinamento. Esse é um grande mito de pessoas que querem justificar-se a serem “mais ou menos” nas coisas. É 100% de dieta, 100% de treinamento e, adiciono um ítem a mais: 100% de dedicação e força de vontade. Devemos fazer tudo da melhor maneira possível, proporcionando o máximo que pudermos a nosso corpo.

    7 – Faça exercícios, mesmo que fora da academia

    Sem sombra de dúvidas, o melhor lugar para executar mudanças no corpo é na academia, ou ginásio. Isso porque, você consegue trabalhar não somente a musculação, mas, aproveitar as inúmeras aulas que hoje são proporcionadas como natação, lutas, spinning, corrida indoor, aeroboxe entre outras muitas. Além disso, você tem um suporte de profissionais os quais possam ajuda-lo a não fazer besteira em seus treinos bem como conduzi-los de maneira adequada.

    Entretanto, muitas pessoas não tem condições de custear uma academia ou, muitas vezes, ficamos afastados por um tempo de nosso ginásio por conta de uma viagem prolongada ou qualquer outra coisa do tipo. Porém, isso NÃO É DESCULPA PARA NÃO PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS!

    É totalmente possível praticá-los em ambientes abertos. Os aeróbios podem ser feitos ao ar livre em um parque de corridas, na rua ou mesmo em algum campinho. O treino resistido, por sua vez, também pode ser feito em parques (muitos hoje até tem alguns simples equipamentos) com o próprio peso do corpo. Aliás, é possível a execução de exercícios muito mais difíceis do que os com pesos, propriamente ditos.

    treine-alem-da-academia

    Você também pode optar por outras alternativas como o alongamento, que pode ser feito em qualquer lugar, pode combinar uma “pelada” com os amigos e, caso não goste de futebol, pode optar por outros esportes como o vôlei, basquete, handball entre outros muitos.

    Não tem grandes colegas? Então, que tal levar seu cãozinho na rua para correr ou mesmo caminhar? Se souber andar de patins, bicicleta ou algo assim, essas também são excelentes opções, que podem auxiliá-lo nas atividades aeróbias.

    O importante é sempre se mexer! Jamais fique inativo, pois, como já mencionado, o corpo passa a descartar tudo que não é utilizado.

    Algumas dicas de exercícios que podem ser feitos fora das academias:

    • Agachamentos com o próprio corpo;
    • Passadas afundo (utilize subidas, se quiser dificultar);
    • Afundos estáticos (sem  sair do lugar);
    • Mergulhos/Paralelas;
    • Pulos em caixotes (cuidado para prezar por sua segurança!);
    • Flexões plantares com o próprio corpo em algum degrau, por exemplo;
    • Subidas e descidas de escadas (excelente exercício aeróbio);
    • Barras fixas;
    • Abdominais tradicionais no solo;
    • Elevação de pernas (para abdominal inferior) no solo, paraquedas ou em barras paralelas;
    • Rotações de manguito, para fortalecimento desse importante grupamento muscular;
    • Flexões no solo.

    8 – NUNCA esqueça da saúde mental

    É óbvio que a saúde física é fundamentalmente importante para a qualidade de vida, bem como, a saúde mental também e, levando em consideração a sua importância, jamais podemos ser negligentes com ela.

    A saúde mental abrange inúmeros aspectos: Em primeiro lugar, a forma como nos sentimos frente as coisas, o que é o mais importante. Se você não se sente capaz, não se sente competente e nem no mesmo nível dos outros, com suas próprias qualidades e defeitos, certamente terá dificuldades para lidar com o mundo.

    Porém, para que você esteja em plenitude consigo mesmo, é essencial que você também cuide de todos os aspectos de sua vida social: Interaja com pessoas diferentes, saia com seus amigos, reúna-se com sua família, brinque com seus entes mais próximos, jogue um jogo divertido com uma turma de amigos entre outras coisas.

    A saúde mental envolve tudo que diz respeito ao aprendizado, seja pelo que ouvimos, pelo que lemos, pelo que assistimos ou qualquer coisa do tipo. Se usamos boas leituras, aprendemos mais. Se utilizamos boa programação de televisão, conseguimos manter nossa mente ativa para os acontecimentos do mundo. E, claro, se estamos em ambientes que proporcionam isso, teremos resultados ainda mais positivos.

    converse-com-os-amigos

    Não existe contestação ainda que, algumas atitude as quais tomamos em nosso dia-a-dia refletem diretamente nos quesitos mentais: Se você, por exemplo, está de dieta o tempo todo e não sai dela por nada e isso lhe faz mal, certamente estará afetando a si mesmo. Logo, é necessário algumas vezes “furar a dieta”. Se você está trabalhando muito, precisa de um tempo de descanso e folga. Se você sente vontade de comer algo e fica se privando demais, isso também não é bacana, logo, é interessante que você também supra suas vontades.

    Às vezes você precisa pegar um pouco mais leve com suas atitudes e consigo mesmo. Precisa entender que você também é um ser humano e que nem somente do físico você vive. Nós vivemos hoje no que chamamos de monismo, ou seja, da união do corpo e mente de maneira inseparável. Levando isso em consideração, uma boa mente refletirá em um bom corpo.

    Em geral, a saúde mental dirá respeito de tudo que você faz fora da academia e, quanto melhores forem essas atitudes, melhor então será a mente que, consequentemente controla o rendimento do corpo também.

    9 – Ajude sua família a também ter bons hábitos

    Quantas foram as vezes as quais você não desistiu de seguir uma dieta porque ninguém mais da sua família seguia? E quantas foram as vezes que você furou a dieta, prejudicando algum tipo de resultado porque faltou um alimento ou porque só haviam opções nada saudáveis em sua casa? Quantas foram as vezes que você mesmo comeu sem ter vontade simplesmente para “fazer social” entre seus familiares? Aos pais: Quantas foram as vezes que não tiveram de trocar um bom prato de comida por algum lanche em uma rede de Fast Food em shoppings para acompanhar os filhos?

    incentive-sua-familia

    Pois bem, a nossa família diz respeito ás pessoas que estão mais próximas de nós. Sendo assim, não podemos desconsiderar sua importância, todavia, não podemos nos prejudicar com isso. Então, a forma é tentar manipular as coisas de acordo com o nosso favor. E, como fazer isso? Bem, que tal você começar a inserir bons hábitos em sua família? Compre alimentos mais saudáveis, eduque as crianças desde cedo a comerem bem e adequadamente. Evitem porcarias como frituras ou alimentos mega industrializados. Comece a colocar mais líquidos, especialmente a água em sua rotina e para sua família e, em contrapartida, corte os refrigerantes e nectars.

    Existem pequenas atitudes as quais conseguimos fazer diariamente e que refletem muito na forma como estaremos diante dos outros. Se mais pessoas seguem bons hábitos, então fica mais fácil seguir esses mesmos hábitos também, fugindo de problemas e proporcionando o bem-estar comum.

    10 – Realize atividades físicas com sua família e pessoas mais próximas

    Faz quanto tempo que você não sai com seus filhos para correr na rua? A quanto tempo não anda de bicicleta com a namorada em um par romântico como nos velhos tempos? E, qual foi a última vez que você pegou seus pais com mais idade para caminharem em um parque ou praça e jogarem um pouco de conversa fora?

    As atividades pequenas podem envolver a família, o que as torna mais produtivas, interativas e, principalmente, faz com que a família encontre-se unida, fazendo boas coisas e proporcionando o bem-estar entre si. Elas podem ou não serem feitas dentro do ginásio.

    familia-exercicios-fisicos

    Podemos praticar inúmeras e intermináveis atividades físicas com a família fora da academia: Desde jogos, para as famílias maiores, até pequenos passeios para famílias menores. O importante é que de uma forma ou e outra, há atividade física e isso é muito benéfico à sua saúde e à deles também.

    Ainda, mesmo dentro da academia, você pode optar por levar seus entes mais próximos. Talvez, motivá-los a ver que são capazes de enfrentar esse que é um bicho para muitos. Talvez, mostrando novas aulas que fujam à musculação tradicional, mostrando outras atividades que são possíveis lá entre outras opções, você consiga isso ainda mais fácil.

    Conclusão:

    Uma vida saudável requer inúmeros pontos, físicos, mentais e sociais. Cada um deles com sua devida importância e, principalmente, os quais unidos podem trazer os bons resultados.

    Todavia, isso só será possível caso você , DE FATO, os faça e, principalmente, tenha em mente que eles devem ser constantes, ou seja, devem se tornar hábitos em sua vida.

    Portanto, lembre-se que a saúde a é fundamental na vida e que sem ela quaisquer outros planos serão fortemente comprometidos.

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */