• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Substituto de Refeição em Pó (Meal Replacement in Powder)

    Conheça mais sobre os Substituto de Refeição em Pó (Meal Replacement in Powder). Vale a pena utilizar?

    Substituto de Refeição em Pó Muscle Milk

    Seguindo a série sobre classes de suplementos, hoje vamos falar sobre os conhecidos MRPs ou Substituto de refeição em pó.

    Neste artigo, vamos conhecer um pouco sobre os MRPs. Bons e caros, mas será que o custo X benefício realmente compensa? Descubra já!

    [ad#2]Primeiramente, MRP significa Meal Replacement in Powder, ou no português, Substituto de refeição em pó. Outros substitutos de refeição existem como os Ready to Drink e as Barras (cereais, proteínas etc). Mas vamos nos focar um pouco apenas nos produtos em pó.

    Como o próprio nome surgere, ele tem como principal objetivo substituir refeições de maneira rápida, prática e muitas vezes saborosa. Mas e a qualidade desta refeição, será que realmente vale a pena, principalmente quando olhamos os altos preços no mercado de suplementos brasileiros?

    Primeiramente, devemos ter atenção no valor energético de cada porção do produto. Se, por exemplo, sua refeição a ser substituída possui 800 kcal, você não deveria usar meos de 3,5 porções de um Lean Body da Labrada Nutrition ou 2,5 de um Muscle Milk da Cytosport.

    banner-hipertrofia-perfeita-modelo-1-300x250

    banner-300x250-consultoria-perfeita-azul-2

    Em segundo plano, devemos atentar-nos a quantidade e proporções dos macro-nutrientes. Será que as quantidades de carboidratos, proteínas e lipídeos estão ajustados conforme suas necessidades individuais? Com comida, você consegue dosar o que quer de cada alimento e nutriente. Já com um MRP pronto, tudo fica um pouco mais restrito.

    Por fim, devemos avaliar os componentes do MRP a ser usado. A maioria possui em sua composição, como carboidrato principal a maltodextrina (em alguns casos açúcares simples também) e algum blend de proteína que normalmente inclui whey protein, soy protein e caseína. Como sabemos, a maltodextrina possui um índice glicêmico elevado, o que pode não ser favorável em alguns casos individuais.

    Logo, podemos concluir que talvez o custo X benefício não seja dos melhores (visto a quantidade grande que você talvez tenha de usar dos produtos). Porém, o uso de MRPs é de extrema valia em casos que a rapidez e necessidade de praticidade é muito evidente, além claro, dos excelentes sabores hoje disponíveis no mercado.

    Alguns MRPs clássicos:

    Lean Body – Labrada Nutrition

    Muscle Milk – Cytosport

    Magic Milk – Ultimate Nutrition

    Unisyn – Universal Nutrition

    Myoplex – EAS

    Gold Meal – Optimum Nutrition

    Perfect RX – Nature’s Best

    Macrobolic MRP – MHP

    Artigo escrito por Marcelo Sendon



    /* */