• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Os treinamentos de Arnold já não são mais ideais para hoje em dia

    Entenda porque copiar os métodos de treinamento de Arnold não surtem mais efeitos para obtenção de resultados na musculação.

    Arnold Schwarzenegger foi um dos maiores e talvez o mais histórico fisiculturista de todos os tempos. Sendo não só uma pessoa admirável dentro do esporte, foi também um ídolo no cinema, nos negócios, no marketing e até mesmo na política, sendo governador da Califórnia mesmo com sua nacionalidade Austríaca!

    Arnold Schwarzenegger pode ser considerado um exemplo de superação batalha e de uso de todos seus peculiares artifícios para atingir os meios pelos quais pretendia nesses diferentes ramos. Mesmo muitas vezes, quando poderia, por ordem genética ou mesmo por capacidade, ser o melhor em algo, buscava fazer com que artifícios fossem usados ao seu favor, muitas vezes, resultando em méritos para si. E, obviamente, isso não foi diferente no fisiculturismo. Mesmo Arnold muitas vezes NÃO sendo o melhor do palco em muitos aspectos, conseguia superar isso com seu carisma, suas influências e, indiscutivelmente, seu corpo exímio mesomorfo já despertava certo diferencial.

    arnold-schwarzenegger-era-de-ouro

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    Arnold em seus tempos de competição, treinava de maneia mais árdua e intensa possível. Se alimentava da melhor forma possível e procurava levar o seu programa como um todo o mais concentrado possível. Da mesma forma, se dava ao luxo de quando não estava em preparação ter algumas regalias, porém sem abrir mão do básico. Claro! Esse equilíbrio ajudou muito o atleta. Por hora, não vamos dizer que seus métodos de treino eram tão peculiares assim. Muitos bodybuilders da época treinavam de maneiras parecidas com a dele, porém não IGUAIS as dele. Arnold era conhecido por seus treinamentos árduos, longos e bastante volumosos, que poderiam ser feitos até MAIS DE UMA VEZ POR DIA! Sem sombra de dúvidas, esses eram alguns dos diferenciais do atleta, que talvez por genética ou adaptação a isso, acabava respondendo muito bem, o que pode ser visto com seus resultados indiscutivelmente impressionantes.

    Entretanto, observa-se que a maior parte das pessoas que tenta atingir níveis próximos ao dele, utilizando métodos de treino iguais ou até mesmo parecidos com os dele, acabam não tendo esses resultados. E você pode dizer que a culpa talvez sejam os usos dos ergogênicos feitos por Arnold ou outro fator qualquer, mas estamos falando de resultados próximos, não iguais. Assim, se o seu treinamento realmente fosse ideal para todos, certamente esses indivíduos teriam certo grau de abrangência e resultariam em bons méritos, o que não é observado. Aliás, devemos dizer que isso é observado justamente ao contrário.

    Mas, se Arnold conseguiu tão bons resultados, o que podemos dizer nós sobre seus métodos de treinamento usados nos dias de hoje? Por que não conseguimos mais ver atletas que obtenham bons ganhos utilizando esses tipos de treinamento? Por que muitos acabam resultando em overeaching e em overtraining? E, ainda, por que muitos acabam treinando de maneira submáxima quando decidem seguir sistemas como os dele? O que será que tem mudado nesses últimos tempos? Genética? Novos métodos? É justamente o que discutiremos a seguir com alguns pareceres…

    Os hábitos são diferentes

    Você já parou para perceber que por mais que SEMPRE tenhamos hábitos diferentes uns dos outros, frente a nossa cultura, estilo de vida, criação, personalidade, preferências etc, esses podem ser modificados ao longo dos anos? Claramente, é possível perceber isso ao ver que você não pensa mais com 20 anos como pensava quando tinha 10, não é? Seu corpo e sua mente mudaram!

    Da mesma forma, ao longo dos anos, os indivíduos em geral adquiriram novos parâmetros de vida e novos hábitos. Não se alimentam igual, não se portam igual e os estilos de vida são bem diferentes. Observe que há 30 ou 40 anos atrás, vivia-se com menores níveis de estresse, praticava-se atividades físicas com mais prazer, fazia-se mais coisas ligadas ao lazer do que nos dias de hoje, o trabalho não era a “escravização” do indivíduo e assim por diante. Todos esses aspectos diretamente ou indiretamente estão interligados com a saúde, com o corpo e com a capacidade de recuperação, com a capacidade de execução de treinamentos e etc.

    arnold-treinando-ombros

    Arnold, assim como muitas pessoas da época dispunham de longos períodos do dia para treinar, dispunham de uma qualidade de vida melhor, alimentavam-se mais adequadamente… E um indivíduo nos dias de hoje? Possui tempo contado na academia, alimenta-se relativamente mau, seu nível de estresse é extremamente alto e assim por diante. Agora, imagine que cada mínimo fator desse possui uma interferência exímia no que se diz respeito a resultados. Assim, não podemos comparar formas que tínhamos frente a algumas condições no passado com as dos dias de hoje, mas sim, adaptar a nossa realidade.

    Cupom de Desconto DDM

    A genética de Arnold era única

    É impossível falar que a genética de Arnold não era única. Mesmo seus grandes parceiros de treino, que faziam tudo como ele, não tinham resultados tão bons. Assim, é importante falarmos que genética e individualidade biológica são fatores indiscutivelmente importantes para a obtenção de bons resultados. Talvez, arrisco dizer, muitos daqueles que copiavam Arnold em sua época teriam melhores resultados se utilizassem métodos atuais, individualizando sua rotina.

    Arnold Schwarzenegger compunha seus treinos de acordo com suas necessidades. Às vezes, instruído por grandes nomes como Joe Weider, mas sempre respeitando o que seu corpo pedia.

    Os níveis catabólicos hoje são bem maiores

    Níveis catabólicos maiores? Parece viagem falar disso, mas certamente não é! Como citado, o estilo de vida moderna se opõe grandemente ao que se tinha no passado. Desta forma, não tempos como negar que os níveis de estresse e da produção de hormônios catabólicos são muito superiores atualmente. Esses hormônios, além de dificultar no ganho muscular, degradam o músculo e ainda possuem efeitos inversos a testosterona e outros importantes hormônios anabólicos.

    arnold-treinando-pesado

    Imagine então, se estivermos ligando nossos hormônios, que já são relativamente mais catabólicos com um treinamento naquele nível e naquele volume… Os resultados que teremos, certamente serão os piores imagináveis.

    Você, por um lado, estará naturalmente “mais catabólico” e, por outro, dará um estímulo que torne seu metabolismo, frente às atividades do dia-a-dia ainda mais propenso a isso!

    Os fatos dietético

    Um dos fatores que mais tem mudado com o decorrer dos anos são os dietéticos, na medida em que os hábitos alimentares, os tipos e a qualidade dos alimentos ingeridos, tem passado por certas inovações, tanto para o lado bom quanto para o lado ruim.

    Entretanto, quando falamos dos fatores dietéticos, nos atrelamos também as condições fisiometabólicas que se tinha em anos passados e que se tem atualmente. Uma clássica relação, por exemplo, é a mudança que temos atualmente com as mecanizações e praticidades, tais quais maiores meios de transporte, maior sedentarismo, maior superalimentação etc, o que não ocorria antigamente. O nível de atividades físicas vem caindo grandemente e aliado a isso os fatores metabólicos vem se alterando: metabolismos cada vez mais lentos, cada vez mais resistências insulínicas, cada vez mais desníveis metabólicos, e isso faz com que as pessoas NECESSITEM ter hábitos alimentares mais saudáveis, evitando os hidratos de carbono, por exemplo, focando no consumo de menos produtos contendo gorduras saturadas e assim por diante.

    Diferentemente, Arnold em sua época consumia excessos de hidrato de carbono, mantinha uma alimentação mais “pesada” do que a maioria das pessoas tem atualmente… E isso influenciava em seu metabolismo, na medida em que, como sabemos, os carboidratos são grandes antagonistas do cortisol (hormônio altamente catabólico) que é secretado durante treinamentos intensos e duradouros… Da mesma forma, é indiscutível que seus níveis antioxidantes no corpo também eram mais altos (pela alimentação e pela suplementação extra) o que favorecia para que ele pudesse realizar aqueles sistemas todos.

    Arnold se alimentando com comida

    Porém, diferentes de nós, Arnold conseguia metabolizar esses nutrientes, o que dificilmente ocorreria atualmente.

    Conclusão:

    Uma das maiores genéticas, um dos maiores atletas e uma das personalidades mais famosas do mundo: Sim, essa pode ser a síntese do que conhecemos como Arnold Schwarzenegger, o fisiculturista imortal e um dos mais admirados por praticantes e por não praticantes de musculação. Com suas peculiaridades na vida e nos treinamentos também, muitos tentam, em vão, copiar as rotinas do ex-atleta. Infelizmente, isso NÃO é possível!

    Então, simplesmente deveríamos nós abandonar tudo que fora feito por um dos maiores fisiculturistas de todos os tempos? Diria que em partes sim, mas não por completo. Devemos ter como base alguns fundamentos, mas lembrar que não só Arnold, mas todos os fisiculturistas do passado e também da modernidade tem seus planos devidamente ajustados para suas necessidades individuais, fazendo com que eles sejam únicos e, quando copiados, não deem certo para outro (s) indivíduo (s).

    Dessa forma, ter bases é conveniente e até vantajoso se inspirar em alguém que alcançou tantos méritos e tantos títulos, porém treinos IGUAIS aos de Arnold, ficarão mesmo para filmes e contos… Do contrário, certamente não teremos bons resultados!

    Lembre-se: Você é único e merece um planejamento ÚNICO seu!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)

    Um Comentário

    1. Mara Nataly 1 ano atrás


    /* */