• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Vale a pena jogar fora suas conquistas na musculação pelas festas de final de ano?

    Descubra até aonde vale a pena abrir mão das conquistas, na musculação, durante o ano pelos prazeres das confraternizações de fim de ano.

    No final de dezembro, costumamos ter a celebração de duas grandes datas, independente de quem acredita ou não em religião, o natal e a passagem de um ano para o outro. Essas duas grandes datas acontecem uma após a outra, fazendo com tenhamos a “semana morta”. Uma semana onde nada funciona (inclusive maioria das academias) e uma semana onde as pessoas esquecem toda a luta que tiveram no ano e decidem pisar na bola, fugir da dieta e tudo mais.

    champanhe-fim-de-ano

    Comprar suplemento Caseína da Probiótica

    É plausível lembrar que aliado a essas festas, existem os alimentos em excessos. As gostosuras de final de ano estão sempre ao dispor das pessoas, em grande fartura, para que elas se esbaldem e comam pelo que deixaram de comer o ano todo… Entre essas, podemos citar os doces, os pratos assados, os pratos fritos, os churrascos e todo o açúcar das bebidas não alcoólicas e todo o álcool das bebidas alcoólicas. E é difícil não confessar que é quase que impossível resistir a tudo isso… É quase impossível não abrir mão do que tanto queremos quando nos damos de frente com um daqueles pratos deliciosos que levaram dias de preparação.

    Porém, cabe nos perguntar: Valeria a pena, em uma semana, simplesmente aniquilar o que você levou 9 ou 10 meses para conseguir com tanto esforço?

    A realidade é que analisando de forma curta, bruta e grossa, a resposta é: NÃO, não valeria a pena! Aliás, “jogar fora os resultados” realmente não valeria a pena em circunstância normal alguma. Porém, da mesma forma, não seria justo para as pessoas que gostam e tanto esperam por essas datas, abrir mão de suas vontades e se tornarem “escravos” de resultados.

    Quando organizamos adequadamente nossas rotinas, sejam elas em quais aspectos forem da vida, conseguimos de maneira muito mais otimizada aproveitar os diferentes benefícios de tudo e não seria diferente nem com a musculação, com a alimentação e muito menos com o equilíbrio de nossa vida social. Devemos entender que aliar todos esses pontos é a chave para não prejudicar nenhum deles. E é essa sintonia que deve estar sincronizada nesse final de ano.

    jay-cuttler-treino-final-de-ano

    Um indivíduo que dedica sua vida ao bodybuilding, necessitará de uma disciplina um pouco mais elevada e sacrifícios maiores também, sem sombra de dúvidas. Para ele, em alguns momentos, será necessário abrir mão dessas festas de final de ano. Porém, sabemos que são a minoria das pessoas que seguem essa vida e a grande parte pratica musculação e a tem como hábito por hobbie ou melhoria estética e metabólica. E é dessas pessoas que devemos ter um enfoque ao tratar desse equilíbrio. Diferente de atletas profissionais, essas pessoas não tem um objetivo claro que deve ser conquistado progressivamente em tampouco tempo, mas sim, necessitam desse hábito mantido de maneira saudável por muito mais tempo, assegurando-as uma melhor qualidade de vida e, claro, longevidade.

    Sem sombra de dúvidas, por mais disciplinado que seja um indivíduo, ele não deve abrir mão de sua vida social, não deve abrir mão os prazeres que seu corpo eventualmente pede. Aliás, isso é benéfico tanto para sua mente, para que ele não caia em sensação de marasmo e monotonia e também para seu corpo, despertando choques metabólicos que não estagnarão o metabolismo e o fará “pensar diferente”, passando a aumentar suas taxas normais. Tudo que é mantido por extremismo, não perdura por muito tempo e, não é a toa que a vida de atleta tem sido cada vez mais curta no esporte.

    Cupom de Desconto DDM

    Um dos principais motivos pelos quais as pessoas costumam desistir de seus objetivos ou apenas deixá-los simplesmente em sonho ou em Stand by é esse extremismo de protocolos. Quantas são as dietas extremamente restritivas… Muitas, certamente. Porém, quantas são as que perduram por muito tempo na mídia ou tampouco na vida de alguém? Você conhece de fato alguém que teve bons resultados com esses protocolos e conseguiu mantê-los por longos períodos ou, pela vida toda? Agora, quantas são as pessoas que, através da MUDANÇA DE HÁBITOS de maneira prazerosa e saudável conseguiram bons resultados e, de fato os mantiveram? Certamente, bem mais do que as do primeiro grupo…

    Se começarmos a abrir mão de nossos quesitos sociais, nossos prazeres por completo e de comemorações as quais envolvem uma sociedade como um todo, será que vamos estar mais a vontade ou iremos estar fazendo um sacrifício sem um objetivo claro? Ao menos que você NÃO comemore esses tipo de datas, certamente não há o porque de negligenciar fazer partes delas…

    Apesar disso, alguém que buscou resultados o ano todo, levou sua rotina a sério, trabalhou duro, não pode sacrificar seus resultados “chutando o pau” e fazendo o que não fez o ano todo, mas poderá e deverá se dar alguns luxos, como própria recompensa. Aliado ao descanso e as folgas, que normalmente esse final de ano permite, isso será extremamente bom e não adaptativo para o corpo.

    Obviamente, o equilíbrio é mais do que fundamental. Dar algumas caminhadas, manter a vida ativa, comer bem, saciadamente, mas com cometer exageros compulsivamente, manter-se devidamente hidratado com água natural mineral, evitar o álcool (esse sim é um grande prejudicial a quaisquer um) e beneficiando-se do que é saudável e também lhe dá prazer (por exemplo, optando por um bom churrasco regrado a proteína ao invés de massas fritas e molhos gordurosos) são bons indícios e começos.

    Como a maioria das academias costumam fechar nessas épocas de ano, por um tempo de férias ou mesmo pelos “dias de feriado”, pelo menos você pode aproveitar e unir o útil ao agradável: Que tal chamar alguns amigos ou mesmo aqueles que praticam algum esporte da família para alguma atividade fora de casa? Que tal dar algumas corridas em algum parque público, já que tudo está fechado? Que tal promover um joguinho de vôlei, basquete ou mesmo futebol? E que tal improvisar um pingue-pongue? Essas são formas de manter-se ativo e, ao mesmo tempo, desfrutar da presença de entes próximos…

    corrida-com-amigos-parque

    E que tal, parar de apenas esperar que aquela vovó prepare a comida e colocar a mão na massa propondo algumas receitas menos gordurosas e mais saudáveis, sem fugir dos hábitos? Percebe que essas são pequenas diferenças que não farão você abrir mão dessas datas e ao mesmo tempo NÃO jogar fora os resultados que você tanto conquistou durante o ano?

    Conclusão:

    Sem sombra de dúvidas, sejam quais forem seus objetivos, mais ou menos precisos, não vale a pena jogar fora os resultados os quais você suou tanto para conseguir durante todo o ano, gastando tempo, fins monetários e mesmo disponibilidade e paciência. Entretanto, da mesma forma, não é justo para aqueles que gostam, abrirem mão por completo de datas socialmente tão comemorativas, independente dos significados almejados nas mesmas.

    O que definirá mais ou menos abdicação e mais ou menos aproveitamento, são mesmo os objetivos os quais você pretende alcançar. Quanto maiores forem eles, então, maiores serão os sacrifícios, o que também não indica que seja necessário abrir mão de absolutamente tudo. Entretanto, quanto mais flexíveis eles forem, então, maior será a sua liberdade.

    Diante disso, alie fatores que relacionem o útil ao agradável como manter-se ativo, propiciar trabalhos em família para culinária e atividades físicas ou mesmo evitando excessos e “alimentos” desnecessários como o álcool.

    Dessa forma, certamente você desfrutará dos máximos benefícios e ao mesmo tempo se conservará ativos e mais motivado para o próximo ano!

    Bons treinos!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */