• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Voltei aos treinos de musculação: E agora, como agir?

    Se você ficou algum tempo sem treinar musculação e está voltando agora, mas esta sentindo dificuldades ou não sabe por onde começar, este artigo vai lhe ajudar...

    Um dos maiores problemas do praticante de musculação é desejar resultados rápidos demais… E quando isso não acontece, ele acaba desanimando e muitas vezes interrompendo o treino por meses, ou até anos. Porém depois de um tempo ele esquece tudo e resolve voltar a treinar (principalmente perto do verão), e é nessa volta a academia que muitos problemas podem acontecer.

    capa

    Comprar Suplemento BCAA Optimum Nutrition

    Ao fazerem isso, muitas pessoas ficam literalmente perdidas, como se estivessem pela primeira vez em uma academia de musculação. Muitas delas, acabam vendo o quando perderam por interromper seus treinamentos. É claro, com esse emaranhado de sensações e mudanças que muito provavelmente ocorreram no tempo que ela ficou parada, as mesmas acabam ficando literalmente perdidas e sem saber o que fazer.

    Uma mistura de medo do novo e ao mesmo tempo, um prévio conhecimento básico do que já fazia antes. Então, como agir nessa situação?

    Esse é um artigo dedicado a você que está reiniciando seus treinamentos na musculação e ainda não sabe bem como fazer as coisas. Portanto, hoje serão dadas dicas fundamentais para que você possa voltar aos treinos de musculação de forma correta!

    1- Você NÃO é mais o mesmo

    As pessoas mudam com o passar do tempo, seja psicologicamente, pois ficam mais maduras (ou espera-se que fiquem), socialmente, pois aprendem a usar uma máscara social, financeiramente, pois perdem ou ganham mais dinheiro, entre outros. Porém, nenhuma dessas mudanças é tão acentuada como as mudanças físicas, tanto porque, com as condições de vida de uma pessoa a qual não se importa com sua saúde (incluindo a alimentação e a prática regular de exercícios físicos), a tendência para modificações negativas de seu corpo é muito grande.

    A maioria delas volta com excesso de gordura corpórea, baixa capacidade cardiovascular, menor quantidade de massa muscular e assim por diante. Isso faz com que necessariamente observemos que possa ter ocorrido perdas de padrões de movimento, perca de aptidões físicas e etc. Ainda, as mulheres podem ter passado por processos complicados de gravidez e pós-parto e assim por diante.

    Todos esses itens físicos necessariamente modificam as suas possibilidades dentro da prática da musculação. Se você está com menores condições corpóreas do que antes e contribuindo com a idade que também avançou, mesmo que pouca, certamente terá de adaptar seus treinamentos aos moldes atuais e que atendam suas necessidades atuais. Dessa forma, praticamente tudo o que você fazia antes, até pode ser feito, mas por questões de prudência, é necessário começar com um pouco mais de calma.

    Neste momento você se torna um iniciante, porém lembre-se que sua experiência o auxiliará a sair disso rapidamente, sempre respeitando o seu próprio corpo.

    2- Lembre-se que a volta aos treinos requer DIETA

    Quando as pessoas param seus treinamentos, muitas vezes deixam a alimentação de lado. Não tem mais hora pra comer, comem qualquer coisa e não se importam com o quanto isso refletirá em sua vida. Quando entram novamente na prática esportiva de musculação, acabam sentindo na pele que a recuperação não é a mesma, que a fadiga está grande ou até mesmo que elas não estão obtendo resultados satisfatórios.

    marmitas-para-semana

    Pois bem, as atividades físicas são um dos pilares para bons resultados físicos e de saúde também. Mas, outro sustento disso é a dieta, a alimentação! Sem ela, você não tem substratos suficientes e adequados para fornecer ao seu corpo para que ele desempenhe bem suas funções antes, durante e depois do treinamento.

    Não adianta você voltar a treinar com o máximo de importância sem se importar com o restante do seu dia. Portanto, se você está voltando a treinar, o próximo passo é buscar auxílio nutricional

    3- Não queira pegar os mesmos pesos, principalmente no início da volta aos treinos

    Esse é um ponto mais comum entre a maioria das pessoas que voltam aos treinos de musculação… Eles acham que mesmo depois de tempo sem treinar irão voltar pegando a mesma quantidade de pesos e fazendo os mesmos exercícios…

    Como citado anteriormente, suas aptidões físicas foram alteradas, e com elas, a força é incluída. Sendo assim, você provavelmente está mais fraco, com menor capacidade neuromuscular e até mesmo menor capacidade de coordenação motora.

    É notável que você tenha que pegar menos peso em praticamente todos os exercícios. Aliás, isso é questão de segurança, pois necessitamos adaptar novamente ao sistema musculoesquelético e o próprio sistema neuromotor.

    Então, não há porque ter vergonha de levantar menos peso. Isso não te faz inferior a ninguém e não te trará menos resultados. Menos resultados serão sinônimo de exercícios mal executados, lesões adquiridas pela prática incorreta dos exercícios ou até mesmo por você deixar seu ego falar mas alto do que suas possibilidades.

    Cupom de Desconto DDM

    4- Conceitos podem ter mudado e você deve conhecer essas mudanças

    No passado, acreditava-se que treinamentos volumosos, que chegavam a durar duas ou três horas eram convenientes para o ganho de massa muscular. Hoje, sabe-se que essa não é uma prática muito vantajosa para essa finalidade. Da mesma forma, antigamente existiam muitas formas de execuções de exercícios as quais foram aprimoradas nos dias de hoje, entre outras inúmeras modificações.

    Uma coisa é certa: Conceitos sempre mudam, se você está a um bom tempo fora da academia de musculação, é importantíssimo que se atualize com conceitos básicos os quais possam ter mudado a fim de aprimorar seus treinamentos obter melhores resultados.

    Muitas vezes e até com certa frequência, indivíduos entram nas academias com conceitos muito ultrapassado e com princípios os quais não são mais usados e na maioria das vezes e não se dão ao luxo de aprender coisas novas. Nesse caso, há de se falar a necessidade da humildade em reconhecer que você não é ignorante, mas não permaneceu no meio o qual sofreu mudanças e provavelmente terá de se adaptar a elas.

    Então, busque sempre novos conhecimentos e com pessoas sérias e devidamente qualificadas (além de capacitadas), o que será fundamental para que você obtenha um bom desenvolvimento.

    5- Faça um Check up!

    Pode ser interessante que você faça um bom check up em seu médico de confiança. Claro, ele não poderá atestar que você nunca vá infartar ou ter um AVC, por exemplo. Porém, você pode conhecer doenças ou necessidades específicas as quais estão com você e você nem sabia que elas estavam.

    Sem sombra de dúvidas, quando algo assim é descoberto (como uma resistência à insulina, algum problema ortopédico, alguma dislipidemia e etc), fica muito mais seguro traçar protocolos na musculação e manipulá-los como forma de tratamento auxiliar desses problemas ou até mesmo sua prevenção.

    Assim, não custa nada ir ao seu médico, fazer uma bateria de exames só para se certificar. É importante manter esses exames periodicamente também.

    check-up

    6- Não queira acompanhar alguém que já treina há um bom tempo

    Outro grande problema de pessoas as quais estão retornando aos seus treinamentos é querer seguir aquele amigo, ou aquela amiga, que já está treinando há um bom tempo. Na maioria das vezes, isso resultará em um desfecho ruim para quem está voltando.

    Primeiro, porque as necessidades individuais são diferentes, e segundo por que os treinamentos devem ser individualizados. Terceiro, porque a intensidade não será igual para ambos: você atrapalhará o treinamento de seu amigo, ou de sua amiga, se tentar acompanha-lo, certamente terá uma lesão ou algo do tipo, pois você ainda está fisicamente despreparado e sem as adaptações necessárias para tal.

    Não tem mal algum em voltar e trocar umas palavras ou esse ou aquela amigo (a), entretanto, não queira seguir o mesmo sistema de treino dele ou dela. E claro, deixe a conversa sempre para o final do treino!!

    7- Seja verdadeiro consigo mesmo e veja os resultados os quais você necessita ter

    Uma coisa é querer ser algo e outra completamente diferente é achar que se tem algo quando, na verdade, ainda não se tem. E quantas vezes nós não passamos por isso até “cair na real”?

    Muitas pessoas gostam de enganar a si mesmos: Acreditam estar em forma, quando estão redondos e com alto percentual de gordura corpórea. Acreditam estar fortes, quando na verdade ainda tem 32cm de circunferência de braços. Acreditam ser atléticos, quando não conseguem correr 500m sem colocar os pulmões para fora!

    O primeiro passo para saber onde se quer chegar é SABER ONDE ESTÁ, e se você iludir a si mesmo, não poderá reconhecer sua situação atual, o que é fundamental e deve ser utilizado como fonte de partida.

    Não é incomum protocolos de treinamento darem errado ou não trazerem mudanças convenientes para os indivíduos justamente pelo fato de que eles os utilizam de forma incorreta: Pessoas com BF alto querendo entrar em offseason, pessoas sem musculatura suficiente querendo definir e assim por diante.

    É fundamental que você tenha conceitos bem-estabelecidos em sua mente e que acima disso, saiba reconhecer o REAL PONTO QUE SE ESTÁ.

    Muitas vezes, os olhos podem enganar você mesmo, neste caso, para ter uma boa certificação do que se está vendo, você pode consultar uma pessoa mais experiente e que possa orientá-lo adequadamente. Não tem nada mal nisso, certamente poderá te ajudar muito!

    musculacao-para-adolescentes-1

    Conclusão:

    Voltar aos treinamentos depois de um tempo parado não é algo fácil e quanto mais tempo você ficou longe da academia de musculação, maiores serão suas dificuldades.

    Se você conseguir seguir algumas dicas, evitar erros e ter uma ação positiva e de busca por melhorar sempre, certamente esse retorno será muito mais fácil e seus resultados acontecerão com muito mais rapidez e eficácia, deixando-o cada vez mais satisfeito com suas mudanças.

    Bons treinos!



    /* */