• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • X

    Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 Receitas para Ganho de Massa e Perda de Gordura.

  • Cadastre seu e-mail, e receba todas nossas publicações   

    Whey Protein Micellar: o que é, beneficios, como usar

    Conheça o "novo" tipo de whey que vem conquistando o mercado por sua funcionalidade e aplicabilidade dentro da nutrição esportiva. É o Whey Protein Micellar.


    A indústria de suplementos alimentares tem cada vez mais se preocupado em inserir ciência em suas pesquisas a fim de elaborar produtos da mais alta qualidade e com a maior eficiência possível. E verdade seja dita: muitas dessas pesquisas e elaborações de produtos tem sido muito utilizadas e aprovadas na prática, por nutricionistas, treinadores de atletas, pelos atletas e até mesmo por esportistas amadores.

    whey-protein-micellar

    Banner_336x280_ON-Whey

    Entre essas diferentes revoluções criadas no mercado atual, está a do whey protein micellar, que apesar de parecer algo um tanto quanto antigo (de fato é), somente tem recebido a importância nos últimos tempos com a criação de produtos ainda mais precisos e que realmente façam jus e aplicabilidade.

    Porém, o que é o whey protein micellar? No que ele se diferencia do whey protein e, na prática, essas são diferenças as quais realmente podem fazer diferença? Seriam essas opções interessantes a todos os praticantes de musculação? Entenderemos um pouco mais adiante no decorrer do artigo e esclareceremos essas e outras dúvidas.

    CONHEÇA: A melhor loja de suplementos do Brasil!

    As proteínas do leite: Importantes no crescimento muscular

    As proteínas do leite são basicamente a do soro do leite, ou whey protein, que constitui cerca de 20% do teor proteico e as diferentes caseínas (alfa, beta etc) que constituem as outra parte proteica restante. Essas proteínas possuem alto valor biológico, ou seja, possuem todos os aminoácidos essenciais em sua composição. Além disso, entre esses aminoácidos essenciais, destacamos os BCAAs, indispensáveis para o praticante de musculação por participarem do metabolismo energético durante a atividade física (são grandemente utilizados pelo músculo) e participar no estimulo a síntese proteica.

    Os 20% de whey protein contidos no leite possuem uma rápida digestão, quando comparados aos 80% da caseína. Isso permite um time release muito bom do leite e uma liberação gradual de aminoácidos. Isso faz com que o músculo seja nutrido adequadamente por mais tempo e também auxilia no balanço nitrogenado positivo.

    Quando falamos de suplementos alimentares, no caso o whey protein ou a caseína, estamos falando da filtragem dessas proteínas, ou seja, da eliminação da parte glicídica (carboidratos) e lipídica do leite, assim como da separação da caseína e do soro do leite. Além disso, esse processo garante uma eliminação de grande parte das toxinas presentes no leite.

    Whey Protein + Caseína: O Chamado Whey Micellar

    embalagem-suplemento-whey-micellar

    O whey protein micellar, como o nome sugere, é uma mistura entre o whey protein, seja ele isolado, hidrolisado ou concentrado, com a caseína micellar. Mas qual o sentido desse mistura? Se queremos uma rápida digestão do whey protein e sabemos que a mistura de proteínas pode atrasar essa rápida digestão do mesmo, para que misturar? A resposta é clara: Apesar do whey protein ter rápida digestão e promover rapidamente um estímulo à síntese proteica, esse efeito dura pouco tempo, mostrando um período de não fornecimento de aminoácidos aos tecidos, e em alguns casos de supressão à síntese proteica.

    Por outro lado, utilizando a caseína, em quantidades pequenas, conseguimos ainda uma cinética mais rápida de digestão do whey protein, apesar de um pouco lentificada, mas obtemos o benefício do fornecimento prolongado de aminoácidos na corrente sanguínea, fazendo com que o músculo e outros tecidos sejam nutridos por mais tempo.

    Estudos mostram que a combinação de caseína com whey protein tem se mostrado muito mais eficaz do que apenas o whey protein ou apenas a caseína. Além disso, convenhamos que as proporções que devam ser misturadas essas proteínas, valem muito. Elas devem ter um ratio aproximado de 20% de caseína para 80% de whey protein. Isso será o suficiente. Preferencialmente, os estudos tem sugerido o uso de whey protein isolado.

    Ainda falando dos benefícios da mistura, não podemos nos esquecer de que a caseína e o whey protein tem perfis de aminoácidos diferentes, porém ambas as fontes são de alto valor biológico. Sabemos que coincidentemente (ou não) a mistura de whey protein com caseína faz com que um perfil de aminoácidos complete o outro. Dessa forma, temos uma EXCELENTE contagem de aminoácidos (PDCAAs), promovendo uma síntese proteica muito mais otimizada e eficaz.

    Banner_600x300_AST_VP2

    Por fim, devemos lembrar que os estudos mostram que a velocidade de digestão pouco ou nada interfere no momento pós-treino, desde que haja aminoácidos suficientes no decorrer do dia, como antes do treino e nos períodos de recuperação e um saldo energético conveniente ao objetivo. Obviamente, estratégias mínimas e detalhistas podem servir em casos de profissionais, mas para a maioria das pessoas isso é o que a ciência hoje tem como mais claro.

    Whey Protein ou Caseína Micellar? Quando usar cada um deles?

    O whey protein, por ter uma digestão mais rápida quando comparado a caseína micellar, é ideal para ser usado em momentos que o corpo necessita de uma rápida digestão para otimizar algum processo, como a síntese proteica imediatamente após o treinamento resistido com pesos. Outra aplicação interessante pode ser para pessoas que necessitam de um esvaziamento gástrico mais rápido, como pessoas com problemas gastrointestinais ou mesmo pessoas que treinam em seguida da refeição pré-treino.

    Por outro lado, a caseína, seja ela beta, alfa, micellar, caseínato de cálcio, caseinato de sódio, caseína hidrolisada ou outra qualquer, possui uma digestão relativamente mais lenta por formar uma espécie de “gel” no estômago e demorar para ser hidrolisada e então absorvida. Isso permite com que a caseína seja ideal para ser usada em momentos em que o corpo ficará por períodos maiores sem alimentação, como antes de dormir, em alguma refeição intermediária ou mesmo em alguma substituição de refeição sólida.

    caseina-ou-whey-protein

    Uma outra diferença marcante que há entre o whey protein e a caseína é que o whey possui uma quantidade maior de L-Leucina, estimulando melhor a síntese proteica. Porém, esse estímulo não é duradouro. Já  a caseína é rica em outros aminoácidos, como por exemplo, a Prolina. Enquanto o whey protein não sofre grandes interações negativas com alguns polifenóis, a caseína costuma sofrer, pois a prolina é inibida com essa interação.

    Não há uma vantagem a mais para a caseína ou para o whey protein, mas características que os tornam convenientes em dados momentos.

    Conclusão:

    A mistura de whey protein com caseína muitas vezes não é bem entendida, pois muitos apenas associam essas proteinas pela velocidade de absorção. Todavia, sabendo que essa velocidade de digestão é relativamente um mito e que alguns pontos cruciais como os PDCAAs, os perfis de aminoácidos e a durabilidade do fluxo de aminoácidos aos tecidos são muito mais importantes, conseguimos entender toda essa lógica.

    Portanto, comece a considerar o uso de whey protein micellar. Ele pode ser uma ótima opção pra incrementar os seus resultados na musculação.

    Boa suplementação!

    Artigo escrito por Marcelo Sendon (@marcelosendon)



    /* */