Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

X
HomeDicas de MusculaçãoMotivacionaisA musculação e os estereótipos, como lidar?

A musculação e os estereótipos, como lidar?

frango-de-academia

whey protein growth supplements

Frango. Esta é, sem dúvidas, o maior jargão das academias. Talvez mais para o eixo sul-sudeste – aqui no Nordeste ainda não temos o costume de usar este termo, mas com a internet tudo acaba se tornando tão comum e pasteurizado, que é possível ouvir isto vez ou outra entre os treinos. Quando entrei de cabeça neste universo da musculação tive de lidar com muita coisa nova, processar diversas coisas que estavam sendo descobertas através de muita leitura de blogs, revistas, conversas com amigos e tudo mais.

frango-de-academia

Como já falei no meu outro texto aqui no Dicas de Musculação (Quer ter corpo de homem, treine pernas igual uma mulherzinha), há muita controvérsia na musculação. De métodos, de treinamentos, dieta, etc. Contudo, há também muito preconceito. E este é o tema central que pretendo retratar neste artigo.

Antes de tudo, vamos à gênese da palavra:

Preconceito (prefixo pré e conceito) é um “juízo” preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude “discriminatória” perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou “estranhos”. Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente.

Sendo assim, o preconceito é algo que surge antes mesmo de conhecermos determinada pessoa ou coisa. É como, por exemplo, as pessoas que não gostam de comer jiló sem nunca sequer ter provado um na vida, pelo simples fato de terem ouvido que é ruim. Parece estranho, não é? E quantas vezes nós não reproduzimos isto? Como que toda loira é burra, todo gordo é preguiçoso, todo nordestino é burro, todo marombeiro é bombado de diversos absurdos dia a dia.

whey protein growth supplements nova versao

Negar o preconceito é um discurso baixo, ele existe e deve ser encarado de frente. Afinal, lidamos com ele diariamente. E isto me levou, inclusive, a algumas questões pelas quais estou passando ultimamente. Estou numa fase da minha atividade física onde os resultados estão, de fato, aparecendo e as pessoas – principalmente aquelas que não me veem com frequência – estão notando e comentando. E surgem aquelas questões clássicas sobre “nossa, o que você está tomando?”, “nossa, hein, tá ficando bombado!” e outras tantas baboseiras.

Pior, certo dia uma amiga veio conversar comigo e falou algo como: “nossa, antes você escrevia sobre tantas coisas legais, agora só fala sobre musculação”, como se falar sobre o que a gente gosta ou falar sobre musculação fosse algo “menor” do que outras coisas. E, novamente, voltamos à questão do preconceito. A grande verdade é que precisamos diariamente despir-nos destas ideias prévias, de pensar como todos. Um cara que eu admiro muito dentro do mundo da musculação, o Luiz Fernando Sardinha, disse uma vez em um vídeo: “dentro do meu ginásio eu peço que as pessoas deixem seus egos e seus preconceitos de fora. Aqui treina o magrinho, o gordinho, o malhado, todo mundo treina igual e do jeito que quer. De regata, de short curto…” e acho que este tem que ser o espírito.

E novamente voltamos a questão do frango, lá em cima. Esta época, como de praxe, é onde uma grande parcela das pessoas entram nas academias tentando conseguir um corpo melhor, muitos apenas para o verão mais próximo, porém outras são “contaminadas” por este vício chamado musculação, por essa filosofia de vida. Eu mesmo comecei no verão passado e estou até hoje e não pretendo parar. E, ao invés de incentivar as pessoas a permanecerem na academia, vejo muitos “formadores de opinião” (blogs, sites, páginas do facebook, vloggers e entusiastas do bodybuilding) numa verdadeira cruzada contra os “frangos de verão”.

Esquecem-se que muitos deles um dia foram iniciantes ou “frangos” e simplesmente reproduzem mais um preconceito. Acho que este tipo de pensamento e posicionamento vai exatamente na contramão daquilo que é a essência da musculação: “Você pode mudar tudo aquilo na sua vida, desde que você tenha força, fé e foco”. E é este meu recado, seja você iniciante ou não: faça acontecer! Se você ver alguém que está começando, ajude-o! Se você está começando, persista! E se você simplesmente já está nesse caminho, continue firme! Afinal, a jornada nunca termina.

Artigo escrito por um leitor do Dicas de Musculação. Thiago Vieira é jornalista, tem 23 anos e é entusiasta do fisiculturismo como estilo de vida.

LEIA TAMBÉM:

VEJA: Como Utilizar Anabolizantes de Forma Correta e Segura e Aumentar Sua Massa Muscular em Poucas Semanas

SUPX: O Comparador de Preços Exclusivo de Suplementos! Os Melhores Suplementos pelo Menor Preço! Compare e Economize!

CONHEÇA: O Pré-Treino Que Vai Mudar Sua Forma de Treinar: +ENERGIA, +FORÇA, +RESISTÊNCIA, +FOCO e +MÚSCULOS!

BAIXE DE GRAÇA: Livro Digital com 20 Receitas Fitness e Saborosas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura!

bcaa growth supplements

Artigos Relacionados

Suplementos em Promoção

Receba mais artigos

Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

10 Comentários


  1. Artur Gomes disse:

    Cara, seu blog deveria ser um pré-requisito para inscrição em qualquer academia! hahahaha

    Realmente, frequento a mesma academia diariamente há aproximadamente uns 8 meses e os resultados estão aparecendo na velocidade que se espera (a gordura está aqui ainda, mas está funcionando…)
    Mas eu notei, recentemente, a forma como “os outros” me enxergam na academia… de semanas pra cá boa parte dos “marombas” me aceitou como body builder – apesar de a construção estar mais demorada que a do estádio do Grêmio hahaha –

    Retomando, acho muito “estranho” levar oito meses pra qualquer praticante de um esporte chegar do lado de um iniciante e dizer: “Cára, a postura desse exercício é assim ó, talvez tu devesse modificar isso e isso…”

    A maior parte do preconceito não está de fora (apesar de ser um saco ver as pessoas do “off gym” dizendo “Ah, vc toma bomba agora?!” “Ah, seu pinto vai ficar pequeno!” e outras bobagens que a gnt ouve), mas a maior parte do preconceito está dentro das academias… E preste atenção…70% das pessoas que fala “franguinho” e etc… não treina focado e sim fica jogando peso pro alto e achando que tá arrasando fazendo uma série de 5…4 repetições com um peso exorbitante e com postura errada… Isso é um dos motivos que desmotiva vários iniciantes… e eu ainda me considero um iniciante!
    Pelo menos temos lugares como esse blog pra tirar dúvidas, pra “desabafar” e pra ler “coisas de maromba” sem ter que aturar o maromba te chamando de franguinho!!! hahahaha

    (apesar de eu achar que ser marombeiro é mais estado de espírito do que tamanho de braço!)

  2. Ygor disse:

    Caro Thiago Vieira falou e disse.

  3. Thiago Vieira disse:

    Pessoal, antes de tudo, obrigado pelos comentários.

    Tanto os positivos, quanto as críticas construtivas. Na verdade, gente, compreendo muito bem a questão de que o “frango” que nos referimos é a respeito de pessoas que não compreendem o mesmo espírito que nós. Que pensam que musculação vai dar resultado em pouco tempo, ou que vai dar os mesmos resultados se ele continuar com a mesma vida, comendo as mesmas porcarias, enchendo a cara nos finais de semana e etc.

    O texto, na verdade, é mais um chamativo para que não fiquemos simplesmente reproduzindo este tipo de coisa aleatoriamente. Compreender que o verdadeiro espírito da musculação está na humildade e não na soberba.

  4. Ygor disse:

    Caro Thiago Vieira, acho que você não entendeu a expressão “frango de verão”. O que os blogs e os sites querem criticar são aquelas pessoas que só entram na academia poucos meses antes do verão apenas com intenção de conseguir um corpo de forma rápida sem fazer os movimentos direito, que ficam batendo papo ao invés de treinar serio e buscar melhorar o corpo e a mente. O que você disse é certo todo mundo já foi frango um dia, mas frango pra mim não quer dizer aquela pessoa que ainda não desenvolveu os músculos, mas sim aquela que age como um.

  5. Emerson disse:

    Sabe meu amigo, preconceito existe e sempre vai existir e de ambos os lados. Daqueles que malham serio contra os malhadores de verão e destes contra os que se esforçam interruptamente atrás de um resultado. Sempre comento e tento ajudar os novos “malhadores” e uma máxima que tento colocar na cabeça dos tais é: Você nunca deve competir com o colega do lado, você deve sempre competir com você! Se ontem levantou 5 kg hoje tenta levantar 6 kg e se dane se o cara ao lado levanta 50 kg. Cada um na sua! E quanto esta de treinar ao extremo e depois de um tempo começar aparecer os resultados é assim, treina, treina, dor e mais dor, depois aparece um qualquer e diz: Você toma o quê? Cara bomba vai te matar! E assim vai … Mas voltando ao preconceito contra os Frangos de verão é que de dez um fica e olha lá a maioria vem disposta a tomas anabolizante sem precisar malhar, vem pra conversar no aparelho ou ver as meninas, desrespeitam o magro que se esforça realmente e busca resultados concretos e pior ainda com os gordinhos que tentam emagrecer de maneira sadia… Mas faz parte se nem no trabalho, escola e família gostamos de todo mundo quem dirá no ginásio de musculação. O que resta é treinar, treinar e fortificar o corpo e purificar a mente!

  6. E.Junior disse:

    Muito booom ! Estou deixando a fase “franguinho” e também NÃO PRETENDO PARAR

  7. Rufus O Lenhador disse:

    Querido, quando falamos Frango, não nos referimos ao iniciante ou ao magrelo. Nos referimos a cabeça fraca, ao cara que critica ou julga os marombas (verdadeiro preconceito), ou o cara que chega na academia faltando 2 meses pro carnaval querendo ficar gigante, atrapalhando muito quem treina de verdade.

  8. jkl disse:

    Gostei muito do post. Esse negocio de chamar todos de frango é uma besteira, ate parece que o cara que chama os outros de frango são um ronnie da vida xD

  9. Redd disse:

    Me sinto imensamente feliz em saber que não sou o único que se incomoda com esse preconceito quanto a quem treina para ficar com um corpo legal para o verão ou carnaval, por exemplo.
    É tudo uma questão de escolha. Se o indivíduo fica satisfeito assim, quem sou eu pra julgar a escolha dele? Eu fiz a minha, treino sério, ajudo quem eu posso e gostaria de ver mais disso em outras pessoas na academia.
    O dividir conhecimento e ajudar o próximo é gratificante. As pessoas ficam incomodadas por terem que esperar e dividir aparelhos com quem treina a menos tempo. Faz parte da vida.

    Força, Foco e Fé!

  10. Roeds disse:

    Olah!!! Gostei muito quando vc disse: “A essencia da musculacao: Vc pode mudar tudo aquilo na sua vida, desde que vc tenha força, fé e foco.”!!! E isso é verdade. E verdade tambem eh que o destino, a vida, se curva diante de nossas firmes, mas firmes mesmos, DECISOES. A destino se dobra diante de nossas decisoes. Gostei muito do artigo. Estou tambem numa fase que estou ficando bombadinho rssss… Abraco!!!!

Deixe o seu comentário!