• Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas

    Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

  • Anabolismo X Catabolismo: Entenda um pouco mais a respeito


    Você sabe o que é Anabolismo e Catabolismo? Sabe a diferença entre estes dois termos? Muito se ouve de praticantes de musculação: “Preciso evitar o estado de catabolismo” ou “Preciso me manter em estado anabólico”… Porém muitos não sabem o que realmente cada um destes termos significa.

    E é por isso, que muitas vezes a parte teórica, apesar de chata para muitos, é de uma importância tremenda, para que não fiquemos como papagaios repetindo o que os outros falam sem saber o que realmente estamos falando.

    Termogenico

    Portanto vamos entender o que significa Anabolismo e Catabolismo e entender a importância de cada um destes estados fisiologicos.

    O anabolismo

    O anabolismo, a grosso modo, diz respeito a tudo o que é aumentado em tamanho. De uma forma geral, imagine que quaisquer tecidos que sofrem crescimentos em suas células, sofrem um processo anabólico.

    Este processo anabólico faz as organelas das células crescerem e o volume daquele dado tecido também crescer num processo conhecido como hipertrofia. Porém, há uma segunda forma de anabolismo a qual é conhecida como “hiperplasia” que, na realidade nada mais é do que o aumento não no tamanho das células daquele tecido, mas no número delas. Através de alguns hormônios, como é o caso do GH, células “inativas” são transformadas em células iguais ou próximas daquele tecido muscular.

    Muitas vezes, pensamos em anabolismo unicamente no tecido muscular, mas vários outros tecidos sofrem anabolismo, como os ossos, as cartilagens (em adolescentes e crianças), tecidos de órgãos, entre outros. Esse anabolismo todo é influenciado diretamente por hormônios de diversos tipos os quais promovem sinalizações nas células para que elas se desenvolvam de tamanho e para que possam crescer.

    Basicamente, os hormônios ligados ao anabolismo promovem um significativo aumento na síntese proteica, e esta síntese resulta no crescimento de células para que se tornem iguais, ou próximas, daquele tecido. Para que isso ocorra, é importante salientar que deve haver uma significativa disponibilidade de nutrientes necessários para tal.

    Whey Protein

    Claramente, temos que entender que o anabolismo pode ser benéfico ou maléfico. Ele é benéfico quando, por exemplo, estamos buscando aumentar a nossa quantidade de massa muscular. Porém, ele é maléfico quando ele é presente em células cancerígenas, por exemplo. Portanto, não vamos entender o anabolismo como sendo algo unicamente benéfico ou maléfico, mas sim, como um fato o qual será uma resposta de crescimento a um determinado estímulo.

    Entre os principais hormônios anabólicos presentes no corpo estão a testosterona, o GH, a insulina, o IGF-1 (fator de crescimento semelhante à insulina), entre outros.

    Como entrar em estado anabólico?

    Se o seu intuito é fazer com o que seu corpo entre em estado anabólico, ou se mantenha em estado anabólico, você precisa estimular os hormônios anabólicos do seu corpo.

    A melhor forma de fazer isso é utilizando anabolizantes, pois eles irão injetar hormônios sintéticos em seu corpo. Porém para os que não são a favor do uso, a outra boa forma é uma nutrição adequada, que possa fazer com que seu corpo consiga estimular ao máximos os hormônios anabólicos.

    Uma nutrição rica em proteínas e aminoácidos, que leve em consideração alimentos de alto valor biológico é o ideal. Porém não só isso, deve-se também pensar nos lipídios e nos carboidratos, de forma equilibrada e que vá suprir as necessidades do seu corpo.

    O catabolismo

    O catabolismo, por sua vez, faz menção direta a degradação de algum tipo de tecido ou de alguma substância. De uma forma geral, o catabolismo degrada algumas estruturas formadas, como as proteínas presentes no tecido muscular, o glicogênio armazenado no tecido hepático, entre outros. Da mesma forma que o anabolismo, o catabolismo é estimulado por alguns hormônios.

    O catabolismo pode ocorrer em vários tecidos, mas normalmente é ligado ao muscular, o que é um erro. Lembre-se de que hormônios estão circulantes no sangue e atingirão diversas partes do corpo.

    O catabolismo muitas vezes é entendido como algum ruim (justamente porque as pessoas o veem como sendo responsável pela perda muscular), mas ele também é importante para a nossa vida e mesmo para a obtenção de resultados estéticos.

    No caso da vida, ele auxilia na manutenção da glicose, por exemplo, auxilia no fornecimento de energia ao corpo em déficits energéticos grandes e auxilia na perda de gordura corpórea, afinal, para que a gordura seja usada como fonte de energia pelo corpo, é necessário que ela antes seja degradada, ou sofra um processo de catabolismo, entre outros.

    Entre os principais hormônios catabólicos do corpo estão a adrenalina, a noradrenalina, o cortisol, algumas outras catecolaminas, o glucagon, entre outros.

    Como evitar o estado catabólico?

    Para nós, praticantes de musculação, evitar o estado catabólico é uma tarefa que devemos estar sempre buscando, principalmente o estado ativo de catabolismo, que é aquele em que ocorre uma alta taxa de catabolismo, pois ele pode degradar estruturas importantes que buscamos, com o tecido muscular.

    Para evitar este estado, o melhor é trabalhar o seu estado anabólico, com nutrientes corretos para que seu corpo possa manter um estado de anabolismo propicio ao ganho de massa muscular.

    Além disso, é importante que você tenha procolos corretos de treinos e de descanso, pois se você treinar demais (mais do que 60 minutos na academia) o risco de entrar em estado catabólico é maior… E se não descansar corretamente, também.

    Praticantes de Musculação devem se manter em estado sempre anabólico?

    Muitas vezes, pessoas imaginam que estar em estado anabólico o tempo todo é interessante, mas isso não é verdade.

    O que precisamos é nos manter em um equilíbrio de acordo com nossas necessidades e objetivos. Por exemplo, imagine que você faça uso de drogas ergogênicas e mantenha-se em estado anabólico o tempo todo. Lembre-se que a gordura corpórea começa a aumentar em estado de anabolismo, lembre-se que células cancerígenas podem ser multiplicadas em estado de anabolismo, entre outros. Será que isso é interessante para seu objetivo?

    Por outro lado, é claro que não queremos degradações em tecidos específicos no corpo, em processos catabólicos.

    Para que esse equilíbrio seja estabelecido, faz-se necessário o seguimento de bons protocolos nutricionais, de atividades físicas e protocolos os quais possam garantir hábitos saudáveis de vida, que estão também diretamente ligados aos processos de anabolismo e de catabolismo no corpo humano.

    Conclusão:

    O termo anabolismo e o termo catabolismo vão muito mais além do que as generalizações hoje trazidas pela mídia. E é importante ter uma boa definição do que cada um deles nos traz para absorver adequadamente as informações e, portanto, auxiliar em nossa busca por conhecimento.

    Bons treinos!

    Whey Protein





    /* */