sexta-feira, agosto 19, 2022
Promoção Suplementos Mais Baratos
InícioNoticiasANVISA proíbe a comercialização de quatro suplementos

ANVISA proíbe a comercialização de quatro suplementos

Tempo de Leitura: 2 minutos

Nesta segunda-feira, 17/02/2014, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) resolveu proibir a comercialização de quatro suplementos no Brasil. Suplementos estes que antes foram liberados pela própria ANVISA, mas que a partir de agora estão proibido. Os suplementos são: Carnivor da MuscleMeds, IsoFast da MHP, Alert 8-hour da MHP e Probolic-SR da MHP.
O primeiro deles, o Carnivor, foi suspenso pois continha altas doses de vitamina B12 e B6, bem acima do que é recomendado como ingestão diária. Continha também glutamina alfa-cetoglutarato (GKC), ornitina alfa-cetoglutarato (OKG), alfa-cetoisocaproato (KIC), substâncias essas que não foram avaliadas por testes de segurança em alimentos.
O segundo, IsoFast, foi suspenso por conter BCAA e não se enquadrar em nenhuma das classificações da agência.
O terceiro, Alert 8-hour, foi suspenso, pois em sua fórmula continha a Taurina.
O quarto e ultimo, Probolic-SR, foi suspenso, pois não há nenhuma comprovação de segurança em seu uso.
As empresas importadoras dos produtos foram notificadas dessa proibição e disseram que irão correr atrás para adequar o produto junto as normas da legislação brasileira e da agência. Porém afirmaram que todos os produtos foram submetidos a testes e os mesmos produtos são liberados para consumo e venda em diversos países e eram liberados, inclusive, no Brasil.

Opinião do autor do artigo:

Na minha opinião essa proibição não passa de uma boa palhaçada. Não sei os motivos, não se é politico, se é financeiro ou outro qualquer, mas que é uma piada, isso deve ser. Vamos aos fatos:
– O IsoFast foi proibido por conter BCAA? Então ter BCAA na fórmula do suplemento é proibido? A suplementação com BCAA é proibida? Então precisamos tirar MUITOS outros suplementos das lojas, pois hoje em dia quase que todos os produtos contém esses aminoácidos tão importantes.
– O Alert 8-hour foi proibido por ter Taurina em sua composição? Então precisamos proibido 90% dos suplementos vendidos e produzidos no Brasil, pois quase todos tem Taurina. E as bebidas energéticas? Elas também contém essa substância.
– O Probolic-SR foi constatado agora que ele não tem comprovação de segurança? E nos últimos 3 anos que estava liberado pela ANVISA e foi comercializado em todo o Brasil, o pessoal que usou pode processar a agência por autorizar um produto que não tinha comprovação de segurança?
– O Carnivor a mesma coisa, estava liberado e só agora que constataram esse problema?
Enfim, tudo me parece muito suspeito… Mas essa é uma opinião minha.
Artigo escrito por Tarsis Almeida

Sobre o Autor do Post

Artigos Relacionados

2 COMENTÁRIOS

  1. Na minha opinião a Anvisa é só politicagem influenciada por Laboratórios Farmacêuticos e outras entidades que se incomodam muito quando entram aqui no Brasil suplementos superiores em preço e qualidade e ai acontecem essas palhaçadas, forçando assim um aumento da procura por suplementos de fora do Brasil

  2. Que motivos vagos! Que indecência esse órgão sujo! É sempre a mesma coisa nesse país.. DINHEIRO! Quando as indústrias importadas conversarem na língua que todos intendem, aí esses produtos voltam a ser permitidos! #paisdacorrupcao

Deixe um comentário para Juliano Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui




Enter Captcha Here :

Mais Recentes

Comentários Recentes