Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

X
HomeSaúdeBaixa Imunidade: Sintomas, Causas, Tratamento, O que tomar

Baixa Imunidade: Sintomas, Causas, Tratamento, O que tomar

A baixa imunidade pode ser um problema para você, pois isso irá te trazer doenças indesejáveis e pode causar sérios problemas. Por isso, aprenda como aumentar a sua imunidade e quais os sinais e sintomas que você deve ficar de olho!

imunidade-baixa-gripe

Você é aquele tipo de pessoa que costuma adoecer demais? Qualquer mudança no tempo, você já está gripado? Então, muito provavelmente, você possui uma baixa imunidade, você sabia?

bcaa growth supplements

Baixa imunidade é quando o sistema defensivo do corpo está em baixo funcionamento. Chamado de sistema imunológico, é composto de linfócitos e anticorpos e funciona em conjunto com outras partes do corpo, como baço, timo, medula óssea e muito mais. É de longe a função mais complexa e envolvida em todo o corpo humano.

O sistema imunológico, uma vez reconhecendo as bactérias invasoras ou o vírus como uma ameaça, trabalha para eliminá-los  antes que o dano aumente. É a principal defesa do corpo contra as bactérias e vírus que continuamente martelam nosso corpo. O sistema imunológico combate essas doenças, mantendo-nos saudáveis ​​e capazes de continuar nosso dia. Quando sua imunidade está baixa, ele não é tão capaz de realizar as defesas tão bem, aumentando o risco de doença.

Tudo a partir de um resfriado para a gripe para uma pneumonia deve primeiro passar pelo sistema imunológico antes de infectar o corpo, por isso se você está tendo doenças que estão sempre evoluindo, a sua imunidade com certeza esta baixa.

Por isso, neste artigo vamos aprender algumas maneiras de otimizar a nossa imunidade, fazendo com que ela fique sempre em alta e evitando que peguemos doenças. Vamos aprender também como identificar sinais de baixa imunidade e fatores que possam contribuir para que isso ocorra.

O que é Baixa Imunidade?

Baixa Imunidade é quando o seu sistema imunológico esta mais fraco e debilitado, fazendo com que ele não consiga combater os vírus e bactérias que todos os dias tentam entrar em seu corpo.

Quando seu corpo esta assim, o risco de você pegar uma doença é muito maior, e também há o risco de sua doença evoluir e se transformar em algo pior e muito mais complicado de tratar.

Por isso, manter a imunidade sempre em alta, é um ponto essencial se você não quer ficar muito doente e correr riscos de vida.

E existem várias maneiras de você manter a sua imunidade alta, mas primeiro precisamos entender quais são os motivos que podem nos levar a ter uma imunidade baixa.

Sinais e Sintomas da Baixa Imunidade

Consequências, Tratamento e Causas da Baixa Imunidade

Sinais de baixa imunidade incluem: resfriados frequentes, dores de cabeça, infecções crônicas e dores nas glândulas linfáticas. Embora às vezes estes possam ser sinais de problemas mais sérios, muitas vezes as doenças recorrentes são resultado de ter baixa imunidade.

Quando uma pessoa tem baixa imunidade, isso significa que seu sistema imunológico não está funcionando em sua capacidade total, permitindo que substâncias perigosas deslizem e infectem o resto do corpo, causando dores, inchaço, vermelhidão, congestão e outros sinais comuns de doença. Às vezes, isso pode levar a problemas mais sérios. Por exemplo, certos tipos de câncer, como a leucemia, são uma infecção do próprio sistema imunológico.

Existem algumas doenças que baixam a imunidade do nosso corpo, como a AIDS, lúpus, anemia, desnutrição e obesidade.

Muitas dessas doenças atacam o sistema imunológico, deixando o corpo vulnerável a doenças secundárias que originalmente seriam de pouca ameaça, mas neste caso representariam uma ameaça perigosa. Em alguns casos, o próprio sistema imunológico se torna uma ameaça. Alimentado pela própria doença que o infectou, ele se vira e começa a atacar o corpo humano.

bcaa growth supplements

Uso de medicamentos também podem fazer com que a nossa imunidade abaixe, medicamentos como: dipirona, corticoides, medicamentos utilizados após transplante de órgãos e etc.

As grávidas também precisam ficar muito atentas, pois quando se esta em gestação, a sua imunidade pode abaixar naturalmente, pela maior disposição de nutrientes que o seu corpo necessita.

E um outro fator é o uso de cigarros, que com o tempo faz com que você fique mais fraco, naturalmente.

Maneiras de curar problemas de baixa imunidade

Em geral, a baixa imunidade é resultado de não ter os nutrientes adequados que estimulam o sistema imunológico e é facilmente tratável. Hoje em dia a alimentação da população tem sido cada vez pior e por isso, muitos possuem a imunidade baixa, não por doença, mas por não se alimentar direito. Por isso a dieta é fundamental!

Uma dieta saudável por si só pode impulsionar o sistema imunológico, impedindo uma ampla gama de doenças. Simplesmente adicionar ou remover certas substâncias alimentícias fornece ao corpo os nutrientes adequados de que ele precisa para se desenvolver, enquanto remove os produtos químicos que o suprimem, permitindo que ele tenha um desempenho muito melhor.

Açúcar

O açúcar faz com que os glóbulos brancos do sistema imunológico funcionem vagarosamente. O açúcar afeta um tipo de célula chamada neutrófilo, que combate as bactérias ao engoli-las e depois destruí-las. Sua eficácia é reduzida em até 40% em duas horas de ingestão de alimentos contendo açúcar.

Diminuir o açúcar em uma dieta pode melhorar significativamente a eficiência do sistema imunológico. Como existem diferentes tipos de açúcar, isso pode ser aplicado mais especificamente ao adoçante artificial. Os açúcares naturais, como os encontrados nas frutas, podem ser bastante benéficos para aumentar a energia e o vigor, se tomados com moderação.

Proteína

Muitas vezes reconhecida como uma parte necessária da dieta para um diabético, a proteína é boa para qualquer outra pessoa também. Comer alimentos que são ricos em proteínas, como carnes magras como peixes e aves, estimula o sistema imunológico, reduzindo o risco de doenças.

Esse elemento é absolutamente essencial para a criação de glóbulos brancos, anticorpos e outras partículas do sistema imunológico do corpo.

whey protein growth supplements nova versao

Gorduras / Colesterol

Muitos alimentos são ricos em gordura saturada e colesterol. Pessoas que sofrem frequentemente de gripes ou resfriados geralmente têm uma dieta rica em gordura, bem como o que é conhecido como triglicérides, semelhante ao colesterol. Altos níveis dessas substâncias suprimem o sistema imunológico.

Ajustar a dieta para reduzir esses níveis faz muito para diminuir o risco de doenças.

Água

Facilmente o mais importante e mais fácil de obter nutrientes para o nosso corpo, muitas vezes é também o mais negligenciado. A água é vital para o crescimento e a manutenção da vida humana, mas a maioria das pessoas não recebe o suficiente dela.

Água pura e fresca não apenas fornece bons nutrientes, mas também elimina as toxinas nocivas que infectam o corpo. Beber muita água, tanto quanto 1,5 a 2,5 litros por dia, por conta própria pode ter um efeito perceptível.

Astrágalo

A cultura chinesa é frequentemente reconhecida pelo seu amplo conhecimento de ervas e remédios. Oficialmente listada entre as ervas fundamentais que são usadas na medicina tradicional chinesa, a planta Astralagus tem muitos usos, como auxiliar na cicatrização de ferimentos.

A raiz é seca e depois usada para fazer um chá de ervas ou sopa, muitas vezes em conjunto com outros remédios de ervas. Além de estimular os glóbulos brancos, a planta também ajuda na produção de um composto específico, chamado interferon, que é produzido para combater os vírus.

Proteção contra vírus e bactérias

Chá verde

O chá verde é bem conhecido por seus benefícios para a saúde do corpo humano. Originário da China, tem sido comumente associado a muitas culturas asiáticas e nos últimos anos tornou-se popularmente aceito no mundo ocidental.

O chá verde é feito com as folhas da planta Camellia sinensis e contém uma substância química chamada polifenol. Polifenol verifica os radicais que têm um efeito nocivo sobre o sistema imunológico.

Ashwaghanda

Este pequeno arbusto é cultivado na área e em torno da Índia. A planta contém uma substância que funciona como um adaptógeno, que ajuda a resistência do corpo ao trauma emocional, estresse, cansaço e outros sintomas. Níveis excessivos de ansiedade e tensão sobrecarregam o sistema imunológico, tornando-o mais vulnerável a doenças.

Os efeitos calmantes de Ashwaghanda ajudam a combater o estresse, aliviando o corpo de pressão adicional e ajudando-o a resistir à doença.

Echinacea

A Echinacea , também chamada de equinácea, é nativa de várias partes da América do Norte, mais especificamente do leste e do centro, onde a terra é aberta com um equilíbrio justo entre a umidade e a seca. É comumente caracterizado pelas flores brilhantes e arrojadas que florescem no verão.

Esta planta aumenta a função linfática, bem como estimula os glóbulos brancos, os quais são vitais para a funcionalidade do sistema imunológico. Pode ser facilmente obtido em sua forma original ou tomado como um extrato em uma cápsula.

Mumio

Mumio é uma substância natural encontrada nas altas montanhas da Rússia e arredores. Ela se infiltra nas fendas da rocha e é formada por uma combinação de produções de abelhas, como mel fossilizado, cera de abelha e ninhos de abelhas. É resinoso na textura e aparência, e pode ser tomado em forma de cápsula.

Esta substância tem uma gama muito ampla de capacidades que têm um efeito positivo no corpo. Tem um alto teor de propriedades anti-sépticas, anti-inflamatórias e imuno-moduladoras, o que fortalece o sistema imunológico.

Medicamentos Tradicionais

Além de ervas e remédios naturais, também existem soluções encontradas no departamento farmacêutico. Certos medicamentos podem ser tomados para ajudar o sistema imunológico, mas geralmente não é recomendado tomá-los regularmente, já que bactérias e vírus tendem a desenvolver sua própria imunidade a esses medicamentos, e podem até usá-los para ter o efeito oposto no corpo.

No entanto, apesar desses e de outros riscos associados aos medicamentos de farmácia, devidamente atribuídos, eles podem fornecer sua própria gama de benefícios. Embora muitos possam ser obtidos em uma farmácia local, é importante que se consulte um médico antes de tomar qualquer medicamento. Alguns desses medicamentos não estimulam especificamente o sistema imunológico, mas a maioria deles ajuda no combate à infecção.

Isoprinosina

Esta droga é frequentemente usada em pacientes com câncer e aqueles que sofrem com o HIV ou outras doenças auto-imunes. Durante a doença, reduz a gravidade dos sintomas e reduz a duração da doença. Aumenta o sistema imunológico de modo a torná-lo mais forte e mais capaz de combater as doenças, reduzindo assim não só a gravidade e a duração da doença, mas também diminuindo a frequência de ocorrência.

Tal como acontece com a maioria das drogas farmacêuticas, a isoprinosina pode causar efeitos colaterais em um paciente, incluindo sintomas como tonturas, dores de estômago ou irritação da pele. Estes não devem ser vistos com alarme, mas se o problema piorar, o médico deve ser consultado e a dose deve ser interrompida até que seja dado mais aconselhamento médico, particularmente na possibilidade de uma reação alérgica, como problemas respiratórios ou dores no peito.

Ingerir Medicamentos para Aumentar Imunidade

Zithromax

Zithromax, também conhecido como azitromicina, é um antibiótico macrolídeo que é eficaz contra uma ampla gama de bactérias. Funciona interferindo na capacidade da bactéria de produzir proteína. Como a bactéria é incapaz de produzir a proteína, ela não pode crescer, retardar ou até mesmo deter os efeitos da doença. O Zithromax é utilizado no tratamento de doenças, como bronquite, amigdalite, pneumonia e muitas outras.

Zithromax só deve ser tomado com o estômago vazio; pelo menos duas horas após uma refeição, ou uma hora antes. Não deve ser tomado com antiácidos como Pepcid Complete ou Rolaids. Os efeitos colaterais desta droga incluem problemas de estômago, como dor abdominal, náusea e diarreia; no entanto, em geral, esses efeitos são apenas muito leves ou, em alguns casos, moderados.

Tamiflu

Este medicamento antiviral é muito eficaz contra o vírus da gripe, impedindo a produção do vírus à medida que se espalha de célula para célula. Desta forma, ajuda o sistema imunológico a combater doenças que podem ser mortais, especialmente em idosos ou aqueles que já sofrem de um sistema imunológico fraco e, portanto, mais vulneráveis ​​a ataques virais.

Se administrado em breve após ser exposto à gripe, o Tamiflu pode ser utilizado para prevenir o aparecimento da doença, mas mesmo depois de uma pessoa já ter contraído a doença, ainda ajuda a diminuir os sintomas e a duração. Pode ser administrado como xarope ou como cápsula.

Existem muito poucos medicamentos, se houver, que podem ser tomados sem a devida cautela. Tamiflu não é uma exceção. Pacientes que são administrados com a droga devem ser advertidos de que certos efeitos colaterais, embora ainda não comprovados para estarem diretamente relacionados à droga, podem ocorrer. Estes incluem reações alérgicas potencialmente mortais na forma de uma condição da pele chamada síndrome de Steven-Johnson, bem como alguns eventos neurophachiátricos e, em poucos casos, a morte.

Ciprofloxacina

A ciprofloxacina é um antibiótico usado para combater bactérias no organismo. Ela ajuda o sistema imunológico a lutar contra as doenças prejudiciais que infligem o corpo, aliviando parte do estresse do sistema imunológico. A droga interfere no DNA da célula infectada, impedindo que ela se copie e espalhe a doença.

Embora não seja verdade em todos os casos, sabe-se que a ciprofloxacina está associada a um risco mais elevado de tendinite, que é uma inflamação dos tendões. Isso enfraquece os tendões do músculo, às vezes levando a uma ruptura muito dolorosa do tendão. Isto é especialmente verdadeiro para aqueles idosos em idade, ou aqueles pacientes que antes receberam transplantes de órgãos do pulmão, rim ou coração.

Vídeo: Como aumentar a Imunidade!

A Larissa Scharf é uma estudante de nutrição que tem muito conteúdo pra passar! Apesar de ainda estar na faculdade, ela estuda sobre a área muito antes da faculdade e por isso ela tem um super canal no Youtubne, onde passa dicas de forma simples e direta.

Veja abaixo o que ela fala sobre como aumentar a sua imunidade.

Conclusão

Sendo o sistema imunológico a principal fortificação entre o corpo humano e o enxame de germes, bactérias e vírus que habitam todos os ambientes, a baixa imunidade pode ser um sério fator de risco.

No entanto, com algumas medidas simples – a maioria das quais pode ser facilmente resolvida com uma ida ao mercado local -, esse risco pode ser drasticamente reduzido. Uma dieta adequada e suplementos de ervas e, em alguns casos, tratamento farmacêutico, podem ajudar a impulsionar o sistema imunológico para garantir que esteja em boas condições de funcionamento.

Quando isso acontece, o resto do corpo geralmente segue, não sendo mais martelado com todo tipo de doença.

LEIA TAMBÉM:

Seta para ChamadaVEJA: Como Utilizar Anabolizantes de Forma Correta e Segura e Aumentar Sua Massa Muscular em Poucas Semanas

Seta para ChamadaOBTENHA: Treinos, Dieta e Protocolos de Suplementação Prontos para Serem Usados e Colocados em Prática: Um Guia Completo Para Hipertrofia!

Seta para ChamadaCONHEÇA: O Pré-Treino Que Vai Mudar Sua Forma de Treinar: +ENERGIA, +FORÇA, +RESISTÊNCIA, +FOCO e +MÚSCULOS!

Seta para ChamadaBAIXE DE GRAÇA: Livro Digital com 20 Receitas Fitness e Saborosas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura!

whey protein growth supplements nova versao

Artigos Relacionados

Suplementos em Promoção

Receba mais artigos

Ganhe de GRAÇA um E-book com 20 receitas.

Coloque seu e-mail ao lado e receba um e-book com 20 receitas para Ganho de Massa Muscular e Perda de Gordura.

Deixe o seu comentário!